Tamanho do texto

O açúcar refinado é um vilão para a saúde e também para quem quer emagrecer. Veja dicas para eliminá-lo do cardápio sem perder o sabor doce

Vire e mexe um alimento ou outro ganha a fama de vilão, mas o açúcar refinado já está nesta categoria há tempos. É comprovado que o consumo em excesso desse item traz diversos males para a saúde e também para a silheuta. Por isso, vale a pena pensar em opções para substituir o açúcar do dia a dia. 

Leia também: Como eliminar de vez o açúcar de sua vida e emagrecer

Substituir o açúcar refinado por outros itens é uma mudança simples, mas que traz mais saúde para sua rotina
shutterstock
Substituir o açúcar refinado por outros itens é uma mudança simples, mas que traz mais saúde para sua rotina


"A grande questão por trás do açúcar refinado é que para ele ficar branco e fino, ele passa por muita química o que, além de sequestrar os nutrientes, é maléfica quando acumulada em nosso corpo", diz o fitoterapeuta Daniel Alan Costa. Por isso, ao substituir o açúcar por outro item mais saudável, você deixa de consumir um produto altamente processado para dar lugar a outro mais bem natural. 

Daniel explica também como toda a química do açúcar e o excesso de produto fazem mal ao organismo. O corpo tem um sistema interno complexo para que fique em equilíbrio e funciona da seguinte maneira: nas refeições, recebe energia dos alimentos e, aquela que não é utilizada, é armazenada  pelas células adiposas em forma de ácidos graxos (gorduras). Quando falta energia, o corpo busca esse estoque nas células, quebrando o ácido graxo em moléculas de glicose, liberando açúcar no sangue. 

"O consumo de grandes quantidades especialmente do açúcar refinado atrapalha esse sistema e o corpo não consegue mais gerenciar de forma adequada a quantidade de açúcar circulante no sangue, surgindo assim o diabetes", fala o especialista. 

Além da doença, o excesso de energia vira gordura acumulada no corpo, e com isso podem surgir aquelas dobrinhas e aqueles quilos a mais que tanto incomodam. 

O que usar para substituir o açúcar no cardápio?

Maçã, coco e tâmara estão na lista de itens que podem substituir o açúcar
shutterstock
Maçã, coco e tâmara estão na lista de itens que podem substituir o açúcar

Esses contras já são um bom motivo para mudar de hábitos e tentar deixar esse vilão da dieta de lado. Quem não abre mão do sabor doce pode pensar que substituir o açúcar é quase impossível, mas há uma série de itens que também conseguem adoçar pratos e receitas sem pesar para a saúde. 

Daniel dá oito opções fáceis de serem encontradas: 

1. Purê de maçã

Preste atenção aos rótulos de alguns produtos, como sucos. Muitos dizem que são adoçados com maçã . A fruta tem essa capacidade graças ao teor de frutose, um açúcar natural e muito melhor que os industrializados e, segundo o especialista, considerado mais biodisponível e mais fácil de ser sintetizado. 

Meia maçã já o suficiente para adoçar sucos e outros preparos e ainda adicionar vitaminas e minerais às bebidas. 

2. Tâmaras

A tradição de usar tâmaras para adoçar receitas é antiga e vem dos orientais, que apostavam na fruta quando o açúcar ainda era um produto difícil de ser encontrado. Além disso, para os chineses, as tâmaras são um verdadeiro tônico para o sistema digestório e para o sangue. 

De acordo com Daniel, essa fruta possui propriedades antioxidantes e que ajudam a modular os níveis glicêmicos (quantidade de açúcar no sangue). 

3. Coco

É mais uma fruta de sabor naturalmente doce e, assim como a tâmara, atua no controle dos níveis glicêmicos. Para completar, o coco é considerado uma fonte de gordura boa para o organismo. 

4. Óleo de coco

O produto derivado da fruta também é bem-vindo em uma dieta balanceada e confere um sabor levemente adocidado aos preparos. Ele é um antioxidante e um protetor vascular. 

Entretanto, vale tomar cuidado com esse item. O  óleo de coco virou o queridinho das dietas porque, entre os benefícios, ainda contribui para aumentar a energia, equilibrar os hormônios, estimular a glândula tireoide e aumentar a atividade do metabolismo. 

Por outro lado, e bastante calórico e uma fonte de gordura saturada. Se consumido em excesso pode resultar em ganho de peso e problemas de saúde, já que essa gordura está ligada a doenças cardiovasculares. 

5. Leite de amêndoas

Está cada vez mais fácil encontrar os chamados leites vegetais, aqueles feitos de sementes e outros itens que não são de origem animal. O leite de amêndoas já é bastante popular e também está na lista para substituir o açúcar. 

Segundo o fitoterapeuta, esse produto tem uma série de vantagens. Ele é um antioxidante natural, previne além do diabetes, o colesterol alto e é uma excelente fonte de sais minerais. 

6. Alcaçuz

Mais um item da lista que remete os orientais, o alcaçuz é encontrado na maioria das fórmulas magistrais da fitoterapia chinesa. Ele é visto como um tônico para o corpo, além de ser um alimento nutritivo e que fortalece os sistemas do organismo. 

Daniel diz ainda que o sabor do alcaçuz se aproxima muito do açúcar e, atualmente, é fácil encontrá-lo em pó, o que facilita o uso. 

7. Stevia

"Esta planta é simplesmente maravilhosa para esta finalidade", comenta o profissional. E nem é preciso usar uma grande quantidade para obter o sabor doce. Daniel diz que uma pequena folha já tem alto poder adoçante, com a vantagem de não conter os aditivos do açúcar. 

Entretanto, para obter os benefícios dessa troca é preciso usar a planta de fato e não os adoçantes à base de stevia. Esses produtos não são recomendados por terem substâncias sintéticas acrescidas em suas fórmulas. 

8. Xilitol

Para o fitoterapeuta, é a opção para quem busca um sabor doce intenso, mas também deve ser usado com moderação. 

Mais dicas para uma dieta mais saudável

Além de substituir o açúcar por outros itens, vale pensar em escolhas mais saudáveis para manter a dieta em dia
shutterstock
Além de substituir o açúcar por outros itens, vale pensar em escolhas mais saudáveis para manter a dieta em dia

Além de tentar buscar alternativaspara o açúcar refinado que você utiliza no dia a dia, Daniel indica prestar atenção aos rótulos dos produtos que compra. Muitos contêm açúcar na composição e você pode estar consumindo uma grande quantidade desse produto sem nem se dar conta. 

Para completar, além de substituir o açúcar, o fitoterapeuta fala em manter hábitos regrados de alimentação. Ele lembra que estudos mostram que essa rotina contribui na prevenção do diabetes. "Portanto, comer sempre nos mesmos horários, sem grandes períodos de jejum, é de suma importância", indica Daniel. 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.