Tamanho do texto

Não é normal acontecer isso depois da relação, mas não se preocupe! Com o diagnóstico correto de um ginecologista, é possível reverter o problema

Women's Health

Não há nada como uma maratona de sexo para fazer você chegar lá. Isso é, até vocês descolarem os corpos, rolarem um para cada lado da cama para relaxar, e então você percebe que algo está diferente lá embaixo. É normal ficar com a vagina inchada depois do sexo?

Leia também: Secreção vaginal é sempre ruim? Entenda a diferença entre muco e corrimento

vagina inchada
shutterstock
Ficar com a vagina inchada depois do sexo não é algo normal; mas com o diagnóstico correto, é possível reverter o problema

Assim como você já deve ter imaginado, a resposta é não. Mas não há razão para enlouquecer por isso. Apesar de você e suas amigas não falarem sobre o assunto, isso é bem comum e o problema é fácil de resolver (Ufa!).

Então o que significa uma vagina inchada após o sexo? Há muitas razões para ela ficar um pouco mais ‘gordinha’ pós-coito.

Leia também: Sinto dor na penetração, por que isso acontece? Delas responde

6 razões para sua ficar com a vagina inchada depois do sexo

1. Sexo vigoroso

Lá vai: todas as vezes em que você fica excitada, sua vulva e vagina começam a inchar em razão de todo o sangue que flui na área, segundo a Cleveland Clinic (EUA).

Mas se você notar outros sintomas, como pequenos cortes na abertura da vagina – junto com o inchaço – o motivo pode ser sexo vigoroso. Se esse é o seu caso, você também pode experimentar um pouco de sangramento e a área estar um pouco escura ou azulada, explica Alyssa Dweck, ginecologista de Nova York (EUA) e coautora do livro “V is for Vagina” (V é para vagina, em tradução livre).

Não há razão para parar de fazer se o sexo vigoroso for seu estilo. Para reduzir o inchaço, tome um analgésico, ou faça um banho de assento. Sentar em uma banheira cheia de água morna por 15 a 20 minutos também funciona, diz Alyssa.

2. Reação alérgica

Você nota que sua vagina, além de inchada, apresenta uma assadura. É muito possível que sua vagina esteja passando por um processo alérgico ou sensibilidade a algum produto, como o látex da camisinha, ou, até mesmo, o esperma, diz Alyssa. (Uma alergia a sêmen é uma reação alérgica rara às proteínas encontradas no líquido que pode causar vermelhidão, dor, coceira e ardência na área genital).

Muito mais frequente é que o inchaço após o sexo seja resultado de uma sensibilidade do seu corpo ou alergia a produtos como espermicidas, fragrâncias e látex. Para descobrir o que está acontecendo, Alyssa recomenda primeiro eliminar possíveis agentes e, depois, observar como o corpo responde.

Leia também: 5 dicas para melhorar a lubrificação e diminuir o desconforto no sexo

3. Infecção por fungos

Palavras que quase todas as mulheres vão ouvir uma vez na vida. Mas desculpe, garota, se está inchada lá embaixo, candidíase pode ser a resposta.

Primeiro, um lembrete: causada por um fungo chamado candida (que é naturalmente encontrado na sua vagina), essa infecção por fungos é conhecida por seus sintomas comuns, como coceira intensa ao redor da vagina.

Outros sintomas incluem:

  • Dor ao urinar ou durante o sexo
  • Ardência
  • Vermelhidão e inchaço
  • Uma pequena assadura
  • Corrimento espesso e esbranquiçado sem odor

Se suspeita que esse seja seu caso, procure um ginecologista.

4. Vaginose bacteriana

Essa condição acontece quando há uma quantidade muito grande de uma certa bactéria na sua vagina, segundo o Centers for Disease Control and Prevention (EUA).

Enquanto ela traz sintomas similares aos da candidíase (dor, coceira, ardência e, sim, inflamação e inchaço), a vaginose bacteriana tipicamente causa um corrimento acinzentado, ralo e com cheiro de peixe, diz Alyssa. Isso dito, também pode ser assintomática (deixando apenas a vagina inchada).

Tecnicamente, a vaginose bacteriana pode desaparecer sem qualquer tratamento. Mas se você está experimentando algum dos sintomas descritos acima, é bom se consultar com um médico, que pode prescrever medicamentos para tratar o problema.

5. Ressecamento vaginal ou atrofia

Transar com a vagina seca pode deixá-la inchada e dolorida. A razão pode ser a falta de preliminares, mas baixos níveis de estrogênio em razão da menopausa, perimenopausa, lactação ou alguns anticoncepcionais podem trazer ressecamento vaginal e atrofia .

Se for o último caso, sua vagina também pode dar a sensação de estar com menos elasticidade.
Para curar, comece levando lubrificante para o seu quarto, para simplesmente reduzir a fricção, que acaba causando o inchaço. Se isso não ajudar, considere visitar um médico para avaliar a possibilidade de suplementar estrogênio.

6. Infecções sexualmente transmissíveis

Certas infecções sexualmente transmissíveis causam inflamação no tecido vaginal, como a clamídia e a tricomoníase, o que resulta em inchaço.

Enquanto a clamídia frequentemente não causa sintomas, a tricomoníase vem acompanhada de vermelhidão, vulva inchada e sangramentos após a relação, além de irritação, odor e um corrimento amarelo acizentado com odor de peixe.

Se sentir qualquer um desses sintomas, procure o seu ginecologista.