Infográfico sobre a maternidade no Brasil mostra que o Rio Grande do Sul é o líder em mães mais velhas

Guilherme Lara Campos/Fotoarena
Leonardo e Marilena, com uma foto de quando o filho era bebê: "tomei um susto"
A maternidade está envelhecendo no Brasil. Mapeamento inédito feito pelo Delas – com base nas últimas informações do Ministério da Saúde – mostra que, diariamente, 12 mulheres com mais de 40 anos viram mães no País.

As informações, feitas com o cruzamento do número de nascidos vivos e a idade materna registrados em 2010, apontam que o Rio Grande do Sul é líder neste quesito.

Veja o infográfico: A maternidade no Brasil

Das 4.384 mulheres com mais de 40 anos que viraram mães no País, 266 entraram em trabalho de parto nas maternidades – particulares e públicas – gaúchas.

Neste Estado, 3% das novas mães de 2010 estão nesta faixa-etária, fenômeno impulsionado não apenas pela priorização da carreira e do mercado de trabalho, mas pelo maior acesso às técnicas de fertilização assistida.

Leia as reportagens: Gravidez após os 40 é tendência social e Fertilização mais barata chega ao País

Essas duas condições, afirmam os especialistas, possibilitam que a população feminina ajustar – para mais tarde – o relógio biológico da gravidez .

Os mesmos dados revelam que, no último ano mapeado pelo Ministério, 297 mulheres deram à luz após o 50 anos de idade, uma média de quatro partos a cada 5 dias.

Além das gaúchas, as paulistas, as fluminenses e boa parte das mulheres do Nordeste – Rio Grande do Norte, Ceará e Bahia – também têm vivenciado a experiência da maternidade tardiamente.

A chamada gestação tardia impõe alguns cuidados, já que os riscos de doenças típicas da gestação são mais frequentes .

O pré-natal , imprescindível em qualquer grupo etário, precisa ser ainda mais cauteloso, em especial para evitar o diabetes gestacional e a hipertensão .

Leia o especial sobre maternidade tardia

Um guia para quem quer engravidar
Ser mãe aos 40: “Fiz um acordo com os cosmos”

Mãe e avó de uma só vez
Prazeres e desafios de ser mãe aos 50 anos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.