Com preços atraentes, sites de compras coletivas para noivas ganham adeptas e são boa alternativa para itens de segundo plano

O desejo da turismóloga Rubya Santos está prestes a se realizar. De casamento marcado para novembro deste ano, ela queria fazer uma sessão de fotos externa antes da festa. Depois de pesquisar bastante e concluir que não seria possível arcar com o custo do pacote de fotos em uma compra tradicional, Rubya conseguiu sua sessão em um site de compras coletivas voltado para noivas.

Bem-casados: campeões dos sites de compras coletivas para noivas. De Fátima & AC Bem-casados
Edu Cesar/Fotoarena
Bem-casados: campeões dos sites de compras coletivas para noivas. De Fátima & AC Bem-casados

Fechou negócio depois de se cercar de cuidados. “Entrei em contato com a fotógrafa para me certificar de que ela poderia fazer as fotos antes do meu casamento e resolvi comprar a oferta. Sem essa promoção eu não teria conseguido”, afirma.

A analista de sistemas Vanessa Ferreira Faria Avi escolheu suas lembrancinhas em um site de compra coletiva para noivas. Satisfeita com o resultado, ela também comemora o desconto que viabilizou o negócio. “Tive um pouco de receio, mas eu queria muito uma caneca personalizada e era o melhor preço. Aquela promoção trouxe exatamente o produto que eu queria.”

Leia também:
50 lembrancinhas de casamento em cinco estilos
Lembrancinhas para encantar os convidados

Produtos populares

Ofertas como essa que atraiu Vanessa são as campeãs de vendas, segundo Denise de Souza, gerente de vendas do site Ofertas para Noivas. “O que faz mais sucesso são lembrancinhas, mas também é possível comprar vestido ou buffet, por exemplo”. Nestes casos, nem sempre as ofertas contemplam um produto final: às vezes, as noivas podem comprar descontos para usar em uma loja ou fornecedor.

Lembrancinhas, como canecas de porcelana com caricatura dos noivos, também estão entre as ofertas mais procuradas. De Carinhas Personalizadas
Divulgação
Lembrancinhas, como canecas de porcelana com caricatura dos noivos, também estão entre as ofertas mais procuradas. De Carinhas Personalizadas

“A gente percebe que a noiva fica mais segura ao comprar produtos. Os serviços no mercado de casamento dependem muito de indicação e acaba saindo menos. Lembrancinhas em geral, como sandália personalizada, caneca e bem-casado vendem muito bem. Especialmente se forem de empresas conceituadas e conhecidas”, afirma Leandro Figueiredo, sócio e fundador do site Noiva Urbana.

Cuidados essenciais

Os preços acessíveis, entretanto, não podem ser a única preocupação das noivas. Alguns cuidados essenciais precisam ser tomados para se fazer uma compra consciente. Checar se existem reclamações recorrentes na internet envolvendo aquele fornecedor é atitude obrigatória. Verificar qual o valor do frete também é indicado.

“Não vejo problema em compra coletiva se a noiva conhecer a marca ou, pelo menos, procurar saber se é idônea. Além disso, é preciso comprar com antecedência para ter tempo hábil de refazer a compra do item se algo der errado. Outro cuidado é calcular todos os custos de entrega do produto. Em muitos casos acaba sendo o mesmo preço da loja que a noiva já conhece”, ensina a assessora de casamento da Coordinare Tamara Barbosa.

Veja ainda:
Agenda da Noiva - o que fazer mês a mês
Guia do Casamento: ideias, dicas e soluções para a noiva planejar o grande dia
Calcule quanto gastar com cada item do seu casamento 

Problemas

Mesmo conhecendo a loja e tendo visitado o local para se certificar que tinha um traje do seu agrado disponível, o empresário Jean Jaques não teve uma boa experiência em site de compra coletiva. “Comprei um cupom para aluguel de traje do noivo, pajem e daminha com validade de 12 meses. Também tinha prazo para validar o cupom no site e eu não tinha visto essa exigência”, conta.

Depois de procurar a dona da loja e entrar em um acordo com ela, Jean se surpreendeu ao saber que o site não estava disposto a repassar o valor da compra para a comerciante. “Se a loja aceitou, qual o problema? Eu tive que resolver de outro jeito. Aluguei outras peças e acabou dando certo. Eu deveria ter lido as regras, mas mesmo sabendo disso não penso em comprar novamente naquele site até porque tive outros problemas antes”, afirma.

O erro que Jean cometeu ao não ler atentamente as regras da promoção que constavam no site é comum, de acordo com Maurício Vargas, presidente e fundador do site Reclame Aqui. “Tem que ler as regras. As pessoas não costumam ver essa parte da compra com atenção. Além de ler as regras, o consumidor deve procurar se informar sobre a reputação tanto do site de compra coletiva quanto da empresa da qual vai comprar algo.”

Serviço:

Noiva Urbana - www.noivaurbana.com

Ofertas para Noivas - www.ofertaparanoivas.com.br

Leia ainda:

Buquês para todas as estações

Brigadeiro, o doce queridinho das noivas


Teste: que tipo de festa de casamento mais combina com você?


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.