Posição sexual tradicional pode facilitar a gravidez

Embora sem prova científica, médicos sugerem o papai e mamãe para casais em busca da gestação. Mas outros fatores influenciam resultado

Renata Losso, especial para o iG São Paulo |

Getty Images
A melhor posição seria aquela que permite aos espermatozóides atingir o útero com mais facilidade
Se você já se sente preparada para ser mãe mas o teste ainda não deu positivo, deve se lembrar que um casal fértil pode levar até um ano para engravidar. No entanto, se você está disposta a contar com toda e qualquer ajuda, pode experimentar mudar a posição na hora do sexo.

Leia também
- 6 atitudes que ajudam a induzir o trabalho de parto
- Mioma pode dificultar a gravidez?

De acordo com o ginecologista Eduardo Motta, especialista em reprodução humana da Unifesp, não há provas científicas da existência de uma posição mais eficiente para engravidar. Mas, por experiência, muitos médicos recomendam o tradicional papai e mamãe. “A posição ideal seria aquela em que o espermatozóide fica mais represado no fundo da vagina, e o famoso papai e mamãe proporciona isso”, diz Eduardo.

O ginecologista e obstetra Malcolm Montgomery, autor de “Mulher: um Projeto sem Data de Validade” (Integrare Editora) e outros livros relacionados ao tema, concorda. Segundo ele, a posição papai e mamãe favorece, anatomicamente, a fisiologia da fecundação. “Para a mulher engravidar, o espermatozóide precisa percorrer um caminho que, ao homem, corresponde à aproximadamente 10 quilômetros de nado”. Se as águas estiverem turbulentas, fica mais difícil alcançar o objetivo final, o útero. O período fértil da mulher significa águas calmas. “Fora desse período, fica ainda mais difícil do espermatozóide chegar”.

Ajuda da gravidade

Segundo Malcolm, se a gravidade colaborar é melhor ainda. “Se a mulher está deitada de costas pra baixo, a vagina serve como um tobogã para o espermatozóide alcançar o colo do útero”, diz ele. “Quando a mulher fica de pé, por exemplo, está em uma posição em que o útero fica para cima e a barriga para baixo, tornando mais fácil para o sêmen descer”, completa.

Segundo o ginecologista e obstetra Flávio Garcia de Oliveira, especialista em reprodução humana da Clínica FGO, em São Paulo, a posição realmente colabora para o útero “sugar” o sêmen depositado na vagina. Mas, segundo ele, a posição papai e mamãe pode não beneficiar as mulheres com útero fora da posição habitual. “Para mulheres com útero retroverso , a melhor posição é deitada de bruços”, diz. A relação sexual não precisa ser necessariamente nesta posição: o que vale é ficar deitada de bruços por algum tempo depois.

De acordo com Eduardo Motta, o hábito comum de se levantar e ir ao chuveiro logo depois do sexo também pode dificultar a concepção “Se ficar deitada por aproximadamente 40 minutos depois do sexo, a mulher facilita a migração do espermatozóide para dentro do útero”, diz. O ginecologista Flávio Garcia de Oliveira concorda. Como o sêmen demora por volta de 30 minutos para se liquefazer, o ideal é permanecer um tempo deitada.

Getty Images
Ansiedade também pode atrapalhar no resultado positivo
Outros fatores


Segundo o ginecologista e obstetra Gustavo Kröger, especialista em reprodução humana da Clínica Genics de Medicina Reprodutiva e Genômica, em São Paulo, não há realmente uma posição ideal para a mulher engravidar com maior facilidade. “Há orientações gerais a serem seguidas para a saúde melhorar e a gestação possa acontecer mais facilmente, mas nenhuma posição aumenta a possibilidade da gravidez”, diz. “O ideal é que o sexo seja confortável para a mulher”, completa. E saber do que pode dificultar a chegada da gravidez, como fumar e ter o peso muito acima ou muito abaixo do indicado.

Ainda, de acordo com o obstetra Mario Burlacchini, do Hospital das Clínicas de São Paulo, não é necessário levar em consideração a posição sexual. “Se a mulher for fértil, de qualquer maneira ela irá engravidar”, diz. Mas a frequência influencia. “Se o casal tiver relações sexuais apenas uma vez por mês, fica mais difícil. Se estiver em busca da gravidez, é melhor ter de duas a três vezes por semana”, afirma. Segundo o especialista, problemas de fertilidade possíveis de vir à tona não serão superados pela posição sexual. “O que vai ajudar mesmo é estar tranquila no momento”, comenta.

Para ele, o casal que deita na cama querendo ter um filho acaba direcionando a relação sexual para a futura gravidez, mas isto não pode se tornar uma obrigação. “Senão o sistema límbico, responsável pelas emoções, é capaz de bloquear a gravidez”, diz. Mario aconselha ficar mais ligada às questões básicas de saúde e fertilidade do que atenta somente à posição sexual. E relaxar. Mas tentar com o papai e mamãe de vez em quando mal não faz.

Leia também

Apimente a relação com 30 posições sexuais
Posições sexuais para chegar ao orgasmo


    Leia tudo sobre: posição sexualsexoengravidargestaçãofertilidade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG