Veja os locais mais bacanas no Brasil e no exterior para passar as férias com a garotada

Quando se tem filhos, organizar uma viagem nem sempre é tarefa fácil. Para aonde ir? Em que hotel ficar? O destino tem coisas para distrair as crianças? Para que tudo corra bem nos dias de folga com os pequenos, os pais precisam fazer um planejamento mais detalhado, verificar a infraestrutura de hospedagem e alimentação, considerar as atrações locais e o tempo de deslocamento.

O primeiro passo é, portanto, definir o destino. Seja no Brasil ou no exterior, é necessário levar em conta o estilo dos pais: se preferem mais comodidade, se são mais aventureiros ou se querem relax total. “Na verdade, são os adultos que vão escolher o local. Se eles gostam de tudo à mão, os resorts são boa opção. Já se preferem explorar mais a cidade, podem contar com um lugar sem uma superinfraestrutura, mas com boa pousada, por exemplo”, diz a blogueira Patricia Papp, do site Coisas de Mãe e autora do livro “Como Viajar Com Seus Filhos Sem Enlouquecer” (Pulp, 2010).

Dentro do Brasil, os destinos no Nordeste estão entre os mais procurados para viajar com as crianças. De acordo com o consultor de viagens Afonso Louro, diretor da operadora Visual Turismo, Praia do Forte, na Bahia, Porto de Galinhas, em Pernambuco, e Fortaleza, no Ceará, são lugares bastante requisitados. “Geralmente, famílias com filhos procuram por pacotes que ofereçam boa estrutura, como hotéis e resorts com sistema all inclusive e equipes de monitores para a criançada”, explica.

Recentemente, o Ministério do Turismo lançou uma enquete nas redes sociais sobre os destinos nacionais mais desejados para ir com os pequenos. O local campeão foi Fernando de Noronha, com 20% dos votos, seguido por Fortaleza, com 11%. Em terceiro lugar, empatados, apareceram Gramado (RS), Natal (RN) e Penha (SC), onde fica o Parque Beto Carrero, com 6%.

Fora do Brasil, Orlando – com os famosos parques temáticos da Disney e da Universal – continua na preferência disparada dos brasileiros, segundo Afonso Louro. Nova York, Paris e Londres também são bem procuradas, especialmente por conta das inúmeras opções culturais e de entretenimento, tanto para os pais como para a garotada.

Confira sugestões com os melhores destinos para ir com crianças.

Fortaleza possui boa rede hoteleira e diversas atrações para os pequenos
Divulgação/Visual Turismo
Fortaleza possui boa rede hoteleira e diversas atrações para os pequenos

>> BRASIL

Maceió (AL)
Com excelente infraestrutura de hotéis e restaurantes, Maceió é um ótimo refúgio de férias para pais que desejam maior conforto. Com mares de tom esverdeado, há várias opções de praias urbanas para aproveitar, com barracas e tudo à mão em Pajuçara, Sete Coqueiros, Ponta Verde e Jatiúca. À noite, vale um passeio gostoso pelo calçadão da orla de Ponta Verde e pela feirinha de artesanato. Aos domingos, o local fica fechado para o trânsito de carros e se transforma em uma espécie de parque de diversões, com cama elástica, pula-pula e piscina de bolinha.
Idade recomendada: a partir dos seis meses.

São Miguel dos Milagres (AL)
Quem quer fugir do agito, a pequena e paradisíaca São Miguel dos Milagres, a cerca de 100 quilômetros de Maceió, é ideal. Com praia de areia branca, mar calmo de águas transparentes e simpáticas pousadas “pé na areia” dão o tom ao destino. Patricia Papp indica o local. “Lá, tem tempo bom o ano todo, comida leve, gostosa e muitas frutas para as crianças”, conta. Ela recomenda fazer passeio de jangada até os corais, mergulho de snorkel para ver peixinhos, conhecer o projeto de conservação do peixe-boi e andar de bicicleta até a vila da cidade.
Idade recomendada: a partir dos seis meses.

Praia do Forte (BA)
O fácil acesso é uma das principais vantagens de ir para a deliciosa Praia do Forte, que fica na cidade de Mata de São João, na Bahia, a apenas 60 quilômetros de Salvador. Além das belas águas, o destino tem uma excelente infraestrutura de hotéis, resorts e restaurantes, um prato cheio para pais que querem completa comodidade. Para passear, à noite ou de dia, a vila é ótima pedida, pois a rua principal é fechada para carros e tem muitas lojinhas e sorveterias. Outro programa imperdível para levar os pequenos é o Projeto Tamar, no qual as crianças podem ver (e tocar) peixes, tartarugas e outras espécies marinhas.
Idade recomendada: a partir dos seis meses.

Porto de Galinhas (PE)
Considerado um destino “amigável” para crianças, Porto de Galinhas, no litoral de Pernambuco, proporciona um contato imenso dos pequenos com a natureza. Além das águas tranquilas da praia principal, ainda dá para fazer o passeio de jangada até as piscinas naturais para ver e alimentar os peixinhos – prefira ir no horário de maré baixa, para curtir mais o local. O passeio de bugue até a praia de Muro Alto também é bem divertido. Aproveite para ficar o dia todo por lá, principalmente se tiver com crianças menores, já que o local tem muitas piscinas naturais. E não deixe de tirar fotos com as “galinhas” de palha de coqueiro espalhadas pela cidade.
Idade recomendada: a partir dos 3 anos.

Fernando de Noronha (PE)
Um dos arquipélagos mais bonitos do Brasil, Fernando de Noronha também oferece opções de lazer para as crianças. Entre as praias, as mais indicadas são a do Porto, com boa faixa de areia, e Sueste, de onde frequentemente se vê tartarugas – sem falar dos inúmeros passeios de barco para ver golfinhos. Além da diversão na água, o local conta ainda com o Museu do Tubarão, onde estão expostas arcadas dentárias do peixe em vários tamanhos, e o Projeto Tamar, com réplicas de animais marinhos feitos de fibra.
Idade recomendada: a partir dos 3 anos.

Natal (RN)
A começar pelas belas praias, Natal é um destino delicioso para ser aproveitado em família. As crianças curtem bastante ir à Ponta Negra, que tem longa faixa de areia e águas claras, para ver as velas de kitesurfe e passear pelo calçadão cheio de quiosques e restaurantes. Filhos a partir dos seis anos certamente vão gostar de fazer um passeio até o Forte dos Reis Magos, uma fortaleza construída no século 16, na época do Brasil Colônia. Outra opção, ali pelos arredores, é a praia de Genipabu. Cheia de dunas (algumas atingem 40 metros de altura), oferece passeios de bugue e de dromedário.
Idade recomendada: a partir dos 3 anos.

Fortaleza (CE)
A capital cearense é outra boa pedida para os pais que preferem férias mais cômodas e confortáveis, já que o destino possui boa rede hoteleira e diversas atrações para os pequenos. A Praia do Futuro é a que conta com melhor estrutura de serviços, embora o mar não seja tão apropriado para as crianças. Na Praia de Iracema, o legal é aproveitar o fim de tarde para andar de patins e bicicleta na orla. Um pouco mais longe, a 20 minutos da capital, o parque aquático Beach Park faz a alegria da garotada, com suas piscinas, boias e toboáguas.
Idade recomendada: a partir dos seis meses.

Gramado (RS)
Quem quer fugir um pouco do cenário de praias e piscinas, Gramado é o lugar ideal. Seja no inverno, com atrações próprias da temporada, ou no verão, quando acontece o famoso Natal-Luz, a cidade mais famosa da Serra Gaúcha agrada muito os pequenos. Isso porque atrações bacanas não faltam: tem zoológico, parque de diversões com montanha-russa e tirolesa, fábrica de chocolate, vila com a casa do papai noel, passeio de pedalinho e parque com miniaturas de monumentos e construções históricas.
Idade recomendada: a partir dos seis meses.

Caldas Novas (GO)
Caldas Novas e arredores têm muitos parques de águas quentes, um passeio e tanto para a criançada. Piscinas de águas termais que chegam a impressionantes 50 graus, além de toboáguas, arvorismo, mergulho, caiaque e muitos outros programas geralmente são oferecidos pela ampla rede de hotéis e resorts da região. Um dos mais famosos é o Rio Quente Resorts, localizado a 25 quilômetros de Caldas Novas.
Idade recomendada: a partir dos seis meses.

Rio de Janeiro (RJ)
Andar de bondinho no Pão de Açúcar ou ver a cidade maravilhosa do alto do Corcovado, do lado do Cristo Redentor, são programas imperdíveis tanto para os adultos como para a criançada. Mas se quiser fazer um programa mais infantil, a dica é ir ao Planetário, com projetor que mostra um céu com 9 mil estrelas e a formação das galáxias. Ao ar livre, dá para aproveitar o dia nas praias da Barra, Ipanema e Leblon, ou mesmo dar uma volta pelo belo Jardim Botânico. Na Lagoa Rodrigo de Freitas, a diversão fica por conta dos pedalinhos ou passeios de bicicletas alugadas.
Idade recomendada: a partir de 3 anos.

Foz do Iguaçu (PR)
Considerada uma das sete novas maravilhas da natureza, as Cataratas do Iguaçu é um passeio gostoso para toda a família. Além de ver as quedas d’água, no Parque das Cataratas, as crianças vão observar quatis e tatus que muitas vezes cruzam o caminho. Se os filhos forem um pouco maiores, a opção é o Macuco Safári, uma trilha seguida de uma volta pelo rio que chega bem pertinho das águas – e deixa todos os passageiros ensopados. Outro passeio legal para fazer com as crianças é o Parque das Aves, que reserva trilhas e viveiros bem bacanas, com diversos tipos de pássaros.
Idade recomendada: a partir de 4 anos.

Balneário Camburiú e Penha (SC)
Balenário Camburiú é uma cidade extretamamente acolhedora, especialmente para as crianças. Além das praias (que dá para curtir melhor em períodos mais quentes do ano), há playgrounds espalhados por muitos lugares, como o que imita uma embarcação naufragada, na Barra Sul. O Parque Unipraias é outra atração bacana. No local, aproveite para andar de trenó ou passear de teleférico. Próximo dali, a 37 quilômetros, já na cidade de Penha, fica o famoso parque temático de Beto Carrero World, com brinquedos para crianças de todas as idades. Vale a visita.
Idade recomendada: a partir de 2 anos.

Veja também:
Guia rápido para curtir a Disney com crianças pequenas
Viajar para destinos exóticos com os filhos é um projeto possível

A blogueira Patricia Papp levou os dois filhos pequenos para passear em Bangcoc, na Tailândia
Arquivo pessoal
A blogueira Patricia Papp levou os dois filhos pequenos para passear em Bangcoc, na Tailândia

>> EXTERIOR

Orlando (EUA)
Destino muito procurado por brasileiros nos Estados Unidos, Orlando é o paraíso do entretenimento – tanto para adultos como para crianças de todas as idades. Os parques da Disney e da Universal são a grandes atrações, nos quais a garotada encontra seus personagens favoritos, brinca em montanhas-russas, assiste a espetáculos de baleias, toma café da manhã com o Mickey, entre muitos outros programas deliciosos. Seja para ficar nos resorts dos parques ou nos hotéis locais, a cidade tem excelente infraestrutura hoteleira, de restaurantes e de compras. O ideal é alugar um carro para explorar melhor a região.
Idade recomendada: a partir de 1 ano.

Nova York (EUA)
Andar de barco até a grandiosa Estátua da Liberdade, subir a mais de 400 metros no Empire State Building, ir ao famoso Museu de História Natural e conhecer o zoológico do Central Park (aquele do filme Madagascar) são apenas algumas das atrações mais famosas para levar as crianças em Nova York. Entre os passeios menos concorridos, vale uma visita ao superinterativo Museu das Crianças de Manhattan, um prédio de cinco andares onde se pode brincar, literalmente, com as peças das exposições, mesmo sem saber falar inglês. Outro programa imperdível é assistir a um musical infantil na Broadway. A criançada vai adorar.
Idade recomendada: a partir de 6 anos.

Buenos Aires (Argentina)
Apesar de geralmente ser visto como um destino para casais, Buenos Aires é, sim, uma excelente cidade para explorar com as crianças. Pertinho do Brasil, com voos diretos, tem muitos atrativos para a garotada, como o Museo de los Niños, o Zoológico de Lujan, a patinação no gelo no Polarcity e a Casa da Barbie. “É bacana, um lugar gostoso para passear e para começar a mostrar aos filhos outras culturas, outros costumes”, indica a blogueira Patricia Papp.
Idade recomendada: a partir de 3 anos.

Bariloche (Argentina)
No período de inverno, muitas famílias costumam procurar destinos de neve, como Bariloche, na Argentina. Sendo assim, hotéis com estações de esqui são excelentes opções para curtir o frio com os filhos e se divertir em atrações para diferentes idades, como passeios de trenó, brincadeiras no gelo e trilhas na neve. “Bariloche é o lugar ideal para pais com crianças um pouco mais velhas e que querem fazer a experiência de ver neve, de aprender a esquiar”, relata Afonso Louro, diretor da Visual Turismo.
Idade recomendada: a partir de 6 anos.

Cancun (México)
Clima quente, povo hospitaleiro e ótima relação custo-benefício são alguns dos atrativos para visitar Cancun em família. Com muitos hotéis e resorts, os pequenos têm menus especiais nos restaurantes e atividades recreativas. Mas nem era preciso, já que as belas praias são suficientes para entreter os pequenos. Mas quem quiser fazer algo diferente, pode ir ao Interactive Aquarium, onde é possível passar a mão em arraias ou mergulhar com golfinhos. Outro passeio bacana, pertinho dali, é o X-Caret, uma mistura de parque arqueológico e temático, com rios subterrâneos, lagoas, piscinas naturais e apresentações culturais.
Idade recomendada: a partir de 4 anos.

Londres (Inglaterra)
Tem muita coisa legal para fazer com as crianças em Londres, seja qual for a época do ano. A cidade tem uma oferta enorme de programas culturais – alguns de graça, como os museus de Ciências e o de História Natural. Outra maneira fácil de se divertir é entrar em um parque bacana, fazer piqueniques e alimentar esquilos. Os pais também não podem deixar de fora do roteiro as atrações mais famosas, como uma volta na roda-gigante London Eye e uma visita ao museu de cera Madame Tussaud. “Londres é uma cidade que vibra em todo cantinho. As famílias encontram um pouco de tudo”, afirma a jornalista Thais Caramico, moradora de Londres e autora do guia de viagem “Londres e Paris com Crianças” (Pulp, 2013).
Idade recomendada: a partir dos 2 anos.

Paris (França)
As crianças certamente ficarão impressionadas com o tamanho da Torre Eiffel, principal ponto turístico da capital da França, cidade que se constitui numa verdadeira obra de arte a céu aberto. Mas não são somente os monumentos que encantam a garotada. Passeios simples, como uma ida ao parque, pode render um piquenique delicioso. “O Jardin du Luxembourg, por exemplo, tem um lago ao lado de um parquinho que é dividido por idade. Nele há ainda um teatro de fantoches que funciona às quartas e sábados”, indica Thais Caramico. Ainda em Paris não deixe de ir à Cidade das Crianças, um museu interativo onde é possível aprender tudo sobre a água, a energia e os movimentos. Se tiver tempo, vale também dar um pulinho na EuroDisney, em Marne-la-Vallée, a 30 quilômetros de Paris.
Idade recomendada: a partir dos 2 anos.

Tailândia
Quem quer uma opção mais diferente – e também não se importa com a distância –, a blogueira Patricia Papp sugere Bangcoc, na Tailândia, para aonde levou os dois filhos, em 2010. Ela afirma que o destino tem estrutura de primeira linha, além de ser um lugar de natureza deslumbrante. “Até mesmo a alimentação por lá é bem tranquila, tem pratos de arroz com legumes e muitas frutas, o que certamente vai agradar as crianças”, conta. Além das lindas praias, na Tailândia, ainda dá para levar a garotada mais aventureira para curtir passeios exóticos, como andar de elefante, entrar na jaula de um tigre e conhecer fazendas de cobras.
Idade recomendada: a partir dos 6 anos.

Fontes: Patricia Papp, autora do blog Coisas de Mãe  e do livro “Como Viajar Com Seus Filhos Sem Enlouquecer” (Pulp, 2010); Afonso Louro, diretor da operadora Visual Turismo  e Thais Caramico, autora do guia de viagem “Londres e Paris com Crianças” (Pulp, 2013).

Leia ainda:
Turismo em família nos vizinhos do Mickey
Mães dão dicas para viajar com os filhos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.