Após agitar o mercado editorial americano e alavancar as vendas dos sexy shops, o polêmico “Fifty Shades of Grey” ganha versão em português

O ousado “Cinquenta Tons de Cinza” acaba de chegar ao Brasil e está disponível para pré-venda nas livrarias. Lançado originalmente nos Estados Unidos, “Fifty Shades of Grey”, título original da obra em inglês, vendeu mais de 10 milhões de exemplares e emplacou na lista de best-sellers do jornal The New York Times. Descrito pela imprensa internacional como “pornô para mamães”, o romance virou livro de cabeceira até das americanas mais recatadas – ou aparentemente contidas.

O livro deve virar filme em breve. A Universal adquiriu todos os direitos da obra. Scarlett Johansson e Selena Gomez foram cotadas para o papel principal
Getty Images
O livro deve virar filme em breve. A Universal adquiriu todos os direitos da obra. Scarlett Johansson e Selena Gomez foram cotadas para o papel principal

A obra vem provocando tanta polêmica que foi proibida de circular em vários estados do território norte-americano. A censura, no entanto, só faz crescer a curiosidade dos leitores e o lucro dos sexy shops, que estão vendendo seus “brinquedinhos” como água para mulheres. Em entrevista ao The New York Times, Lyss Stern, uma fã absoluta da obra, declarou: “Está reacendendo o fogo em vários casamentos”.

A história gira em torno da tímida Anastasia Steele, uma estudante universitária que é iniciada no sadomasoquismo pelo experiente Christian Grey, um empresário bem-sucedido e obsessivo por controle e poder.

Autora do livro, a inglesa E. L. James usou toda sua imaginação para criar cenas de sexo embaladas por chicotes, algemas (que não são de pelúcia), correntes e cordas. O “bondage” – ato de dominar e amarrar o parceiro durante o sexo – é ingrediente principal das aventuras do casal na cama.

Especialista em “shibari”, prática que mistura “bondage” com técnicas elaboradas de amarração japonesa, Toshi-san fala sobre o fetiche pouco popular no Brasil. “O prazer reside no fato de ter uma pessoa presa sob o seu domínio, imóvel ou com restrição de movimentos. Ela está lá e não tem como resistir às suas investidas e brincadeiras”, diz o administrador de empresas de 39 anos.

Já sob o foco do dominado, ele explica que o prazer está na entrega total e incapacidade de defesa. O jogo, contudo, deve ser consensual. Além disso, alguns cuidados são tomados, como não amarrar as cordas em locais com pouca proteção muscular e muitas veias, por exemplo.

“Cinquenta Tons de Cinza” - Autora: E. L. James Editora Intrínseca, 480 páginas
Divulgação
“Cinquenta Tons de Cinza” - Autora: E. L. James Editora Intrínseca, 480 páginas

Este é o primeiro romance de E.L. James, mãe de dois adolescentes e executiva de um canal de televisão. Dizem que “Fifty Shades of Grey” faz sucesso porque a linguagem é simples e corajosa, mas é provável que ele tenha mais do que isso, talvez seja a tradução do desejo de milhares de mulheres comuns pelas mãos de uma mulher comum. 

“Cinquenta Tons de Cinza”, o primeiro livro de uma trilogia, será lançado oficialmente no Brasil em 1º de agosto. “Cinquenta Tons Mais Escuros” e “Cinquenta Tons de Liberdade”, que compõem a coleção, chegam às livrarias nos meses subsequentes.

LEIA MAIS EM AMOR E SEXO:
69 posições sexuais ilustradas
A vida sexual em quadrinhos
Lições para um sexo oral mais gostoso
Dúvidas sobre sexo anal respondidas
Brinquedos eróticos para apimentar 
Orgasmo também se aprende

CURTA O DELAS NO FACEBOOK


    Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.