Segundo especialista, um beijo ruim no primeiro encontro indica ao outro parceiro que o sexo do casal não será bom

Um beijo mal dado pode acabar com as chances daquele primeiro encontro se transformar num namoro promissor. É o que indica uma pesquisa feita pelo site de relacionamentos Par Perfeito com 2.200 de seus usuários. A porcentagem de homens e mulheres que têm essa percepção é similar.

87% das mulheres e 86% dos homens consideram a qualidade do beijo para decidir se vão ou não levar adiante a relação. Frederico Mattos, consultor de relacionamentos do site, diz que esse carinho funciona para as pessoas como um indicativo de como será o sexo do casal. Em outras palavras, quem beija mal indica para o outro que não é bom de cama.

Maioria usa o beijo no primeiro encontro para decidir se relação tem futuro
Thinkstock Photos
Maioria usa o beijo no primeiro encontro para decidir se relação tem futuro


“Parece que tanto os homens quanto as mulheres entendem que o beijo é muito importante, afinal ele manifesta a intensidade, a força, o entrosamento do prenúncio do sexo. É como se fosse um pré-aviso da temperatura emocional do casal, já que é ali que demonstram que confiam, admiram e desejam um ao outro”, explica Mattos.

O site também fez perguntas para avaliar o que atrapalha a relação dos casais na cama. A falta de carinho prejudica o sexo para 57% das mulheres. 49% dos homens apontam este motivo. A desconfiança e o ciúme em excesso aparece em segundo lugar para elas e eles, respectivamente com 30% e 32%.

O estresse aparece em terceiro lugar como item que mais atrapalha o sexo dos casais. 14% dos homens apontam este motivo contra 7% das mulheres. Por último, aparece a questão excesso de trabalho. 7% delas e 6% deles reclamam disto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.