Tamanho do texto

Após compartilhar casos de pessoas que tiveram problemas ao fazer compras pela internet, o Delas também separou algumas dicas essenciais

Comprar roupas online está se tornando um hábito cada vez mais comum, mas nem sempre é algo que dá certo. A jovem Bethanie Moore, de Wolverhampton, Inglaterra, é um exemplo de quem já tentou fazer compras pela internet e acabou  tendo problemas

Ao comprar roupas online, Bethanie Moore recebeu uma peça completamente diferente da que a loja mostrava no site
Reprodução/Twitter/Divulgação/PrettyLittleThing
Ao comprar roupas online, Bethanie Moore recebeu uma peça completamente diferente da que a loja mostrava no site

Bethanie comprou o vestido pela internet e, quando foi experimentá-lo, percebeu que havia algo de errado, já que a peça mal cobria suas pernas. Ao compartilhar uma foto no Twitter, ela também afirmou que já havia pedido um tamanho maior do que costuma usar exatamente para não ter problemas ao comprar roupas online  .

"Precisei usar um emoji para cobrir a minha dignidade (ou o que ainda restou dela)", completou no post.

Ao portal britânico Daily Star  , a jovem contou que a compra custou dez libras esterlinas (cerca de R$48 reais) no site da varejista PrettyLittleThing. "O design do vestido que recebi é completamente diferente do que estava sendo mostrado online e, como é possível ver na foto, o tamanho também está bastante errado."

"Infelizmente essa loja já é conhecida por entregar roupas em tamanhos menores do que o normal, então já pedi um maior. Realmente acredito que mexe com a confiança de uma garota ter que pedir uma peça maior do que costuma usar e acho que é muito importante que esse tamanho esteja correto para que as meninas não se sintam mal nem pressionadas a emagrecer para conseguir entrar em um vestido como esse", comentou. 

Segundo ela, essa não foi a única peça que comprou e veio errada. "Comprei um vestido verde que não consegui nem passar pelos meus ombros, tive que trocar por um tamanho maior. Como o design dessa peça já é diferente da foto, nem quis fazer a troca e pedi reembolso."

O caso da compra de Bethany não foi o único que deu errado porque a peça recebida tinha o tamanho errado ou era completamente diferente da que estava sendo mostrada pela internet  . Confira outras compras desastrosas  nesta matéria

4 dicas para não errar ao comprar roupas online

Antes de comprar roupas online, é importante prestar atenção em fatores, como detalhes do produto, pagamento e entrega
shutterstock
Antes de comprar roupas online, é importante prestar atenção em fatores, como detalhes do produto, pagamento e entrega

Mesmo com essas histórias de compras desastrosas, você já deve ter, pelo menos, cogitado fazer um pedido pela internet, seja para economizar o tempo de ir à loja física, depois de ver uma propaganda nas redes sociais ou simplesmente porque descobriu que sua loja favorita estava dando desconto exclusivos.

Mas apesar de ser muito cômodo olhar as vitrines pelos sites, é um fato que fazer compras online exige um pouco mais de atenção do que ir à loja. Foi pensando em te ajudar a evitar problemas e conseguir receber o produto que você comprou com segurança que o Delas separou algumas dicas; confira:

1. Verifique todas as informações sobre os produtos

Verificar as informações sobre o produto ao comprar roupas online é importante para que não haja surpresas na entrega
shutterstock
Verificar as informações sobre o produto ao comprar roupas online é importante para que não haja surpresas na entrega

De acordo com a estilista especialista em moda praia e consultora de moda e estilo Viviani Severin, a principal dica para quem quer comprar roupas online é ficar muito atenta ao tamanho descrito e às medidas. Primeiro, verifique quais são os tamanhos disponíveis daquela peça e veja as medidas na tabela de medidas fornecidas pela loja .

Apesar dessa tabela existir, é importante mencionar que nem todos os fabricantes mostram as informações do mesmo jeito e usam as mesmas proporções para suas peças.

Assim, a profissional recomenda confirmar as suas medidas em centímetros para evitar qualquer erro com o tamanho. A dica é usar uma fita métrica para medir algumas partes do seu corpo, como largura dos ombros, cintura, quadril, busto e até seus pés, se quiser comprar sapatos. 

Além disso, aproveite aqueles sites que têm a opção de um provador virtual e verifique qual o tamanho que a própria loja te recomenda, veja também qual o tamanho que a modelo está vestindo para saber como aquela roupa fica no corpo e nunca tente comprar algo que não é do seu tamanho! Isso pode ser útil para não ter dor de cabeça trocando o produto depois. 

Mais uma questão muito importante é analisar as outras informações, como material, cores disponíveis, cortes e detalhes. "É sempre bom ficar atenta à descrição dos materiais, pois nas compras online as fotos muitas vezes enganam. Leia sempre a composição do tecido para ter certeza do que você está comprando e pelo que você está pagando", afirma Viviani. 

2. Saiba de onde está comprando

Ao comprar roupas online, procure todas as informações necessárias sobre a loja para realizar o pagamento de forma segura
shutterstock
Ao comprar roupas online, procure todas as informações necessárias sobre a loja para realizar o pagamento de forma segura

Não compre roupas online em uma loja que você não conhece. Para saber se o local é confiável, é importante verificar algumas informações, como se existe um endereço fixo, quanto tempo está no mercado e os comentários e avaliações de outros clientes nas redes sociais.

"Hoje em dia temos muitas plataformas de vendas online e as compras podem ser realizadas via Instagram, site e até pelo Whatsapp", diz a consultora.

Assim ela indica ficar atenta a algumas questões:

  • Características do site: "Fique atenta aos códigos de segurança que aparecem no início da URL. O símbolo do cadeado, por exemplo, indica que o site é seguro para comprar", afirma. 
  • Formas de pagamentos oficiais: "Meios de pagamento como Pague Seguro, PayPal, etc, vão garantir a você uma maior credibilidade e segurança."
  • Compras pelas redes sociais: "Muitas meninas fazem compras pelo Instagram ou pelo Whatsapp com pagamentos via depósito. Nesse caso, o ideal é checar a rede social e observar a conduta do vendedor, se ele responde rápido, se a resposta é pessoal ou automática, e conversar com alguém que já tenha comprado o produto".

Se houver qualquer tipo de reclamação nos comentários do Instagram, por exemplo, evite realizar a compra.

"Também vale perguntar detalhes técnicos do produto quando a compra é feita pelo Instagram ou Whatsapp e verificar a boa vontade do vendedor em tirar suas dúvidas. Além disso, sempre verifique como funciona em caso de troca e burocracias", recomenda.

"É importante priorizar sempre sites seguros e Instagram que possuam loja online, com ferramentas de segurança que mostram que aquela plataforma é criptografada para que seus dados não sejam salvos em cookies", completa. 

3. Escolhendo sua forma de pagamento

Não comece a ter dívidas por comprar roupas online! Veja a melhor forma de pagamento e busque por cupons de desconto
shutterstock
Não comece a ter dívidas por comprar roupas online! Veja a melhor forma de pagamento e busque por cupons de desconto

Depois de ver que está tudo certo com as questões de segurança e você quer finalizar a compra, descubra qual a melhor forma de pagamento para o seu bolso. Comprar roupas online pode ser uma benção só enquanto a fatura do cartão não chega!

Por isso, veja se vale a pena pagar frete ou se, dependendo da localização, você consegue ir retirar na loja física. Caso esteja comprando em sites internacionais, veja todas as informações sobre impostos e taxa na alfândega. Além disso, é sempre importante saber que você não vai se endividar ao parcelar as compras, certo? Então não ultrapasse seu limite caso não precise.

Também existem diversos sites que oferecem cupons de desconto na primeira compra, fazem promoções especiais para quem compra pela internet e até devolvem parte do dinheiro gasto ao consumidor. Pesquisar o nome da loja e o termo "cupom de desconto" no seu buscador também pode te ajudar e economizar algum dinheiro. 

4. Atenção à entrega e ao prazo de trocas

Ficar atenta à questões como entrega e trocas também pode evitar problemas ao comprar roupas online, já que existe prazo
shutterstock
Ficar atenta à questões como entrega e trocas também pode evitar problemas ao comprar roupas online, já que existe prazo


Compra feita e pagamento confirmado? Então é hora de esperar seus produtos chegarem em casa. Alguns sites, principalmente os internacionais, vão demorar para entregar. Para driblar a ansiedade e ficar sempre atenta aos prazos de entrega prazos de entrega, existem aplicativos de rastreio que podem ser úteis e evitar problemas de extravio. 

Quando suas compras chegarem, aproveite! Experimente e teste as possibilidades para saber que tomou a decisão certa, mas se quiser trocar, é preciso ser fazer isso logo. O Código do Consumidor no Brasil dá um prazo de sete dias para pedir reembolso pela compra e algumas lojas permitem trocas em até 30 dias, com a etiqueta e a nota fiscal. 

"Caso o produto chegue até a sua casa seja totalmente diferente do que você comprou, tenha algum defeito ou está no tamanho ou cor errada, recuse e devolva imediatamente com todos os itens intactos e dentro da embalagem. Se isso acontecer, escreva um email à loja informando a devolução e o motivo", alerta Viviani.

A experiência de comprar roupas online x lojas físicas

Comprar roupas online nem sempre é uma experiência que dá errado, mas é algo que deve ser realizado com atenção
shutterstock
Comprar roupas online nem sempre é uma experiência que dá errado, mas é algo que deve ser realizado com atenção

É um fato que comprar na loja física não tem muito erro. Você escolhe a peça que gostou, experimenta e decide se vai levar para casa. Mas apesar de haver casos desastrosos ao comprar roupas online  , não significa que essa  experiência seja ruim . "Tendo atenção a todos esses detalhes mencionados, ao pagamento com segurança e ao prazo de entrega, é provável que você não tenha muitos problemas", finaliza a profissional. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas