Influenciadora conta que filho autista tem dificuldade de se matricular em escolas
Instagram/Reprodução
Influenciadora conta que filho autista tem dificuldade de se matricular em escolas

Verônica Oliveira, que se tornou influenciadora após começar a criar conteúdo sobre a sua experiência como faxineira no seu perfil @faxinaboa compartilhou uma situação de preconceito com o seu filho autista. Como está começando mais um ano letivo, Verônica foi atrás de uma escola para matricular Panda, de 12 anos, que tem autismo, mas relatou que a escola se negou a aceitar o menino.

"Pra variar, mais uma vez eu fiz todo o processo de matrícula da escola do meu filho, a escola foi super solícita, eu entreguei a lista de documentos que eles pediram e coloquei na ficha de saúde o laudo dele dizendo que ele é autista. Fiz o pagamento de todas as mensalidades do ano e comprei o material escolar, quando cheguei para assinar o contrato a escola devolveu tudo dizendo que magincamente enquanto eu não tinha vindo assinar o contrato acabaram as vagas", diz ela, em vídeo publicado no Instagram. 

Verônica também relata que outra escola do bairro em que mora também falou que não haviam mais vagas após ela citar que seu filho era autista. "Eu não sei até quando essas coisas vão acontecer. É muito difícil, é muito difícil todo santo dia isso", finaliza ela.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários