Um comentário feito pela namorada do humorista Léo Lins acabou ganhando grande repercussão por soar ofensivo. Tudo começou na segunda-feira (21), quando a ex-panicat Aline Mineiro postou stories em que dizia que o namorado parecia autista por estar sentado em um canto sozinho. A publicação foi criticada por mães de crianças com esse transtorno e prints de conversas em que o funcionário do SBT teria rebatido seguidores de forma agressiva começaram a circular nas redes sociais.

Léo Lins
Reprodução
Léo Lins é acusado de discriminação nas redes sociais

A coluna do jornalista Léo Dias divulgou os prints que seriam de conversas que Léo Lins teve com seguidores que criticaram sua namorada pelo comentário feito. Uma pessoa teria mandado: “Aconselhe a sua namorada a se retratar. Autismo não é adjetivo”. A resposta do humorista teria sido a seguinte: “Eu tentei, eu até pedi para ela aconselhar vocês a enfiarem um pênis gigantesco na boca”.

A repercussão do assunto só aumentou e tanto ONGs quanto mães de pessoas autistas movimentaram as redes sociais, tanto que o assunto chegou a ser um dos mais comentados do Twitter. Caso ele seja denunciado e for comprovado que realmente houve discriminação as pessoas com essa deficiência, ele pode pagar multa e cumprir uma pena de reclusão que varia de um a três anos. Léo Dias procurou pelo humorista, mas ele não se pronunciou.





    Veja Também

      Mostrar mais