Tamanho do texto

A mulher, que está grávida, afirma que quer "estar preparada para o pior cenário" durante o parto e abre polêmica na internet; entenda a história

Uma mãe começou uma discussão nas redes depois de revelar pelo fórum Reddit um pedido que fez ao marido. Segundo relato, ela e o marido tiveram uma conversa antes do nascimento da filha do casal e, com medo que qualquer coisa pudesse dar errada durante o parto, a mulher pediu ao marido que, se tivesse que escolher, salvasse a vida dela e não a do bebê.

Leia também: Truque caseiro de mãe para abaixar febre do filho viraliza no Twitter; aprenda

mulher grávida arrow-options
shutterstock
A mulher foi acusada de 'querer matar o próprio filho' por pedir para que o marido salvasse a vida dela no parto

No texto, a mãe explica que esse pedido foi feito há dois anos atrás e o marido concordou com o pedido. Na época, ela soube que tinha diabetes gestacional e precisaria fazer um parto cesárea. Recentemente, o assunto voltou a ser tópico de discussão quando ela contou para as amigas que estava tentando ter mais um filho. 

"Em uma festa de Natal minhas amigas começaram a falar sobre bebês. Outra amiga também está tentando engravidar, então ficamos falando sobre isso por algumas boas horas. Eu contei que disse ao meu marido de novo que estava com medo de alguma coisa acontecer comigo no parto e na esperança de dar um irmão para minha filha eu poderia deixá-la sem mãe. Então o nosso acordo inicial de escolher a minha vida ainda continuava", relata. 

"Minhas amigas ficaram enojadas com a minha forma de pensar e falaram que eu estava sendo uma v**** por perguntar ao meu marido basicamente para matar seu próprio filho (essas foram as palavras que elas usaram), que eu era uma pessoa muito negativa e que precisava repensar."

Concluindo o texto, ela pediu ajuda aos demais pais e mães do fórum: "Eu sou uma pessoa que gosta de estar preparada para o pior cenário, mas continua esperando o melhor. Eu não quero que o meu marido não saiba tomar essa decisão e tenha que responder no calor do momento. Ninguém gosta de pensar o que pode dar errado, especialmente sobre gravidez, mas eu preciso pensar em todas as possibilidades que podem acontecer."

Leia também: Bebê de pai roqueiro faz sinal de rock'n'roll no ultrassom e causa espanto; veja

Internautas opinam sobre caso 

A maioria das pessoas no fórum concordaram com a mulher, afirmando que ela tinha o direito de escolher a própria vida. "Você pode fazer outro bebê, mas não tem como fazer outra você. Além disso, seu marido concordou, então não é da conta de ninguém", escreve um. 

"Um pai viúvo com duas crianças vai ter uma qualidade de vida muito menor do que uma mãe saudável e um pai com apenas um filho. Eu não estou falando mal de pais solo! Só penso que a família seria mais feliz se a mãe estiver viva. Eles podem escolher ter outros filhos no futuro, mas não existe forma de trazer a mãe de volta se ela morrer", comenta outro.

Uma terceira internauta conta ter passado por uma experiência semelhante: "Tive a mesma conversa com meu marido antes da nossa filha nascer, mas falei para ele escolher a vida dela se fosse preciso. Ele me disse não e explicou isso de não poder me trazer de volta. Nós podemos ser pais, mas sem você não existe um nós", relata. 

Leia também: Pai entrega "pior presente de Natal" à filha e reação da menina surpreende

"Meu pai quase esteve nessa situação quando eu nasci e, sendo muito honesta, entendo porque ele escolheria minha mãe em vez de mim, mesmo que não tenha sido necessário chegar a esse ponto no final das contas", diz uma quarta pessoa 

    Leia tudo sobre: gravidez