Tamanho do texto

A mãe da criança diz ter sido enganada pela “embalagem fofa” do produto

Tamra Lerum, mãe de Finn, 3 anos, teve uma surpresa ao comprar brinquedo para a criança. Em sua página no Facebook, a norte-americana de Minnesota conta que ficou feliz ao passar em frente uma loja e ver que os produtos estavam com grandes descontos após o período de Páscoa.

Leia também: Surpresa no parto! Mãe fica em choque ao ver que bebê é, na verdade, um menino

Reprodução/Facebook/Tamra Lerum
Tamra Lerum diz que foi enganada pela "embalagem fofa" do brinquedo; ela compartilhou a história no Facebook


A mãe relata que o brinquedo  estava muito barato e, por isso, deixou o filho à vontade para pegar alguns. “Finn decidiu que ele tinha que pegar essas bananas! Elas são super macias, e eu percebi que tinham uma embalagem fofa e é um bom brinquedo sensorial para uma criança”, diz ela na publicação.

Em seguida, Lerum questiona: “Eu estou tendo problemas com eles... Alguém pode adivinhar por quê?”.

Ocorre que, para a surpresa da mãe, esse produto é usado por adultos para esquentar a relação, não para entreter crianças. Ela declarou ter sido enganada pela embalagem do objeto.

Leia também: Irmãs são expulsas de escola dos Estados Unidos porque a mãe "vive em pecado"

“Eles são embalados de forma fofa e atraente para as crianças... Então você abre o pacote e os descasca! Dentro é uma surpresa!”, comenta a mulher, que revela o espanto em ver seu filho de 3 anos brincando com um artigo de adultos.

“Ele tirou do bolso do casaco enquanto buscávamos o irmão dele na escola. Eu disse para ele não levar. Na hora eu gritei: 'Tira isso da sua mão’. Para informação: a pré-escola que meu filho está fica em uma igreja”, conta a mulher.

A publicação tem mais de 105 mil curtidas e passou de 59 mil comentários, se tornando um viral nas redes sociais. Alguns internautas questionaram quantos produtos ela havia comprado. A mãe respondeu que levou um de cada coleção, visto que custavam 50 centavos.

Lerum ressalta que compartilhou a situação em que ela confunde um produto para esquentar a relação com um brinquedo de criança para evitar que outras pessoas passem pela mesma coisa.

Leia também: Será que a moda pega? Castigo “capitalista” para crianças viraliza no Twitter

“Eu imaginei que deveria avisar qualquer um que pudesse se deparar com esse ‘  brinquedo  ’ no futuro. Eu odiaria que alguns pais os comprassem como um presente para a festa de aniversário do filho ou algum amiguinho dele”, afirma ela. “É horrível”, completa a mãe.