Tamanho do texto

Olivia e Zoe são prematuras e só se encontraram 27 dias após o nascimento

Uma foto das irmãs gêmeas Olivia e Zoe está emocionando no Instagram. Nascidas prematuras na 28ª semana de gestação, as filhas do casal australiano Ann Le e Jason Poon só se conheceram 27 dias após virem ao mundo. E quando o encontro aconteceu, elas imediatamente se abraçaram, emocionando toda a família.

Leia também: Irmãos gêmeos podem estudar na mesma turma da escola? Tire suas dúvidas

As irmãs gêmeas Olivia e Zoe nasceram prematuras e só se conheceram 27 dias após virem ao mundo
Reprodução/Instagram
As irmãs gêmeas Olivia e Zoe nasceram prematuras e só se conheceram 27 dias após virem ao mundo

“Meu coração instantaneamente se derreteu. Depois de todas aquelas semanas difíceis mantendo-as separadas, eu fiquei tão aliviada que, quando elas puderam ser reunidas, já tinham um laço estabelecido”, lembra Ann, mãe das irmãs gêmeas , ao “Today” .

“Olivia foi colocada no meu peito primeiro, seguida da Zoe, que estendeu seu braço esquerdo para abraçar a irmã. Elas só deitaram ali e se aconchegaram uma na outra por um tempo. Tudo ficou perfeito, nós finalmente nos sentimos uma família”, completa.

Leia também: Conheça mitos e verdades sobre irmãos gêmeos

Gestação das irmãs gêmeas

As irmãs gêmeas nasceram de 28 semanas e precisaram ficar um tempo na UTI para se recuperar até se conhecerem
Reprodução/Instagram
As irmãs gêmeas nasceram de 28 semanas e precisaram ficar um tempo na UTI para se recuperar até se conhecerem

A gestação das pequenas foi do tipo gemelar monocoriônica-monoamniótica, ou seja, Olivia e Zoe são “ gêmeas momo”, que dividiram a bolsa amniótica e a placenta durante toda a gravidez, o que foi de alto risco para a mãe.

Ann conta que os médicos monitoraram as pequenas de perto durante todas as 28 semanas que estiveram na barriga da mãe. Em janeiro, os especialistas detectaram complicações e decidiram que o melhor era fazer um parto emergencial, meses antes da data prevista.

Leia também: Tudo igual: É certo vestir os filhos gêmeos com roupas idênticas?

O parto correu bem e, a partir daquele momento, as irmãs foram colocadas em incubadoras na UTI neonatal para que pudessem desenvolver seus pulmões e aprender a respirar. Apenas quase um mês depois os médicos consideraram seguro tirar Olivia e Zoe do local para que elas tivessem o primeiro contato.

Hoje, as meninas seguem saudáveis e já até apresentam desentendimentos comuns entre irmãos. “Elas se amam e ficam felizes de curtir uma soneca juntas durante a tarde, mas, às vezes, irritam uma à outra e acabam se empurrando. É bem engraçado de se ver”, fala a mãe das irmãs gêmeas .