Tamanho do texto

Apresentadora diz como a amamentação a ajudou a recuperar o corpo de antes da gravidez de Zoe; nutricionista explica porque isso acontece

Quem vê Sabrina Sato plena nos ensaios da Gaviões da Fiel, escola em que foi coroada Rainha de Bateria depois de 15 anos desfilando, nem imagina que a apresentadora não pôde contar com os mesmos preparativos para o Carnaval de todos os anos. O motivo, no entanto, é bastante nobre: o nascimento de sua filha Zoe, há dois meses.

Sabrina Sato fala sobre os cuidados com o corpo para o carnaval na inauguração da Casa de Praia Gillete Venus
Manuela Scarpa e Iwi Onodera/BrazilNews/Divulgação Gillette Vênus
Sabrina Sato fala sobre os cuidados com o corpo para o carnaval na inauguração da Casa de Praia Gillete Venus

Em entrevista ao iG Delas , Sabrina Sato conta que realmente não teve nenhum cuidado especial neste ano para encarar o Sambódromo, ou melhor, até teve: “Minha preparação foi dar de mamar para a Zoe ”, fala. “Amamentar emagrece muito! Acho que eu perdi uns 20 quilos amamentando”, brinca.

A nutricionista Sinara Menezes, especializada da Nature Center, já havia afirmado ao iG Delas que a perda de peso na amamentação é mais do que normal. "A amamentação é um dos principais responsáveis pelo emagrecimento inicial da mulher”, ressalta.

Mamãe de primeira viagem, Sabrina Sato fala como a amamentação ajudou a perder peso após gravidez
Reprodução/Instagram @sabrinasato
Mamãe de primeira viagem, Sabrina Sato fala como a amamentação ajudou a perder peso após gravidez

O fato de perder peso pode ser explicado por esse processo ser o maior responsável pelo gasto calórico e eliminação de gorduras da mulher no período materno. "O corpo queima gordura para produzir o leite, principalmente nos primeiros meses. Então, quanto mais o bebê mamar, mais peso será eliminado. Estima-se que em cada mamada a mãe pode queimar cerca de 380 a 600 calorias", explica a nutricionista.

"Nessa fase, a produção de hormônios é estimulada e isso faz com que os órgãos reprodutivos iniciem o movimento de regressão para voltar ao seu estado normal", diz Sinara. A ocitocina, por exemplo, auxilia o processo de contração do útero, o que contribui para a redução do perímetro abdominal.

Sabrina Sato fala sobre outros cuidados

Pela primeira vez após o parto, Sabrina Sato posa de biquini e compartilha clique em seu Instagram
Reprodução/Instagram @sabrinasato
Pela primeira vez após o parto, Sabrina Sato posa de biquini e compartilha clique em seu Instagram

Sem poder voltar a malhar, já que o parto da pequena Zoe foi cesárea, e ela só foi liberada para  praticar exercícios há poucos dias. Também sem tempo para conseguir retomar a antiga rotina por dedicar seu tempo aos cuidados da filha, Sabrina conta que tem se virado como pode. “Não dá para fazer dieta porque temos que nos alimentar bem por causa da amamentação. Só não precisa comer tanto igual eu estava comendo na gravidez. Mas dá uma fome…”, conta.

Segundo Sinara, o aleitamento materno exige que as mulheres não façam nenhum tipo de dieta restritiva. Essa é uma fase que pede atenção, já que as mamães precisam de uma quantidade maior de energia para a produção de leite. "Parte dos nutrientes ingeridos pela mãe através da alimentação são direcionados ao bebê por meio do leite", comenta a profissional.

Por esses motivos, a principal prioridade da mulher em relação à alimentação deve ser a qualidade do cardápio e não a quantidade. Com uma dieta equilibrada e saudável, a mãe conseguirá a energia necessária para produzir o leite, e o bebê receberá os nutrientes necessários para o desenvolvimento.

Leia também: O que os relatos sobre amamentação nos ensinaram em 2018

Além dos cuidados com a alimentação, Sabrina Sato ainda diz que há outros hábitos simples que estão ajudando a voltar à forma antiga, e dá dica para as mamães que estão tentando perder os quilos que ganharam com a gravidez. “Tem que tomar bastante líquido, tem que se hidratar muito, dar de mamar e caminhar. Só isso já ajuda bastante”, finaliza.