Uma mãe de Zagreb, na Croácia, foi visitar seus dois bebês gêmeos, de cinco meses, no hospital e ficou surpresa ao descobrir que a enfermeira responsável por eles havia amarrado um bebê no berço. Além disso, ambos estavam com as fraldas sujas. Acredita-se que a enfermeira tenha feito isso para poder ir tomar café com tranquilidade.

Leia também: Bebê contrai herpes e mãe faz desabafo na web após morte da recém-nascida

Mãe encontrou seu bebê com as pernas amarradas e fraldas sujas em um hospital na Croácia; enfermeira foi a responsável
Reprodução/Facebook
Mãe encontrou seu bebê com as pernas amarradas e fraldas sujas em um hospital na Croácia; enfermeira foi a responsável

“Fiquei sem fôlego e profundamente chocada. Os órgãos genitais do meu bebê estavam vermelhos e pareciam feridos... Eu pensei: Deus o que é isso?”, diz a mãe Ana Trescec, de 39 anos, ao site “Mirror”. Segundo ela, as fraldas das crianças estavam cheias e as roupinhas manchadas de urina e fezes.

Ela conta que quando conseguiu encontrar a enfermeira , ela estava tomando uma xícara de café e deu uma resposta rude à Ana, ironizando a mãe perguntando se ela esperava que as crianças fossem trocadas a cada cinco minutos.

Você viu?

Alemka Markotic, chefe do hospital , pediu desculpas à Ana pelo o que aconteceu e insistiu em dizer que os bebês receberam cuidados apropriados. No entanto, após a divulgação do caso pela mãe na mídia local, o Ministério da Saúde decidiu fazer uma inspeção no hospital para tentar entender o que aconteceu e se realmente os cuidados que os bebês receberam estavam certos.

“Eu ainda não consegui me recompor ao lembrar aquela cena, dos meus filhos sujos e um deles amarrado”, fala Ana.

Leia também: Grávida se recusa a induzir o parto e perde bebê na 45ª semana de gestação

Bebê tem chupeta presa por esparadrapo

Bebê foi encontrado em hospital com chupeta presa à boca com esparadrapo; imagens causaram revolta nas redes
Reprodução/Daily Mail
Bebê foi encontrado em hospital com chupeta presa à boca com esparadrapo; imagens causaram revolta nas redes

Esse não foi o primeiro caso de uma criança que foi maltratada no hospital. No início do ano, noticiamos no Delas o caso de um recém-nascido que foi encontrado com uma chupeta presa à boca por esparadrapo em um hospital na Rússia. 

Os registros do caso foram feitos por uma suposta mãe que estava no local. “Aqui é um centro perinatal na Inguchétia. Este  bebê  está agora na enfermaria, em uma sala fria, sem aquecedores. A mãe dele não está por perto. A chupeta está presa com esparadrapo, apesar de o garoto ter problemas nos pulmões”, escreve a mulher no vídeo que divulgou. Relembre o caso

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários