Tamanho do texto

Enfermeira teria deixado bebê de cinco meses amarrado para ir tomar café

Uma mãe de Zagreb, na Croácia, foi visitar seus dois bebês gêmeos, de cinco meses, no hospital e ficou surpresa ao descobrir que a enfermeira responsável por eles havia amarrado um bebê no berço. Além disso, ambos estavam com as fraldas sujas. Acredita-se que a enfermeira tenha feito isso para poder ir tomar café com tranquilidade.

Leia também: Bebê contrai herpes e mãe faz desabafo na web após morte da recém-nascida

Mãe encontrou seu bebê com as pernas amarradas e fraldas sujas em um hospital na Croácia; enfermeira foi a responsável
Reprodução/Facebook
Mãe encontrou seu bebê com as pernas amarradas e fraldas sujas em um hospital na Croácia; enfermeira foi a responsável

“Fiquei sem fôlego e profundamente chocada. Os órgãos genitais do meu bebê estavam vermelhos e pareciam feridos... Eu pensei: Deus o que é isso?”, diz a mãe Ana Trescec, de 39 anos, ao site “Mirror”. Segundo ela, as fraldas das crianças estavam cheias e as roupinhas manchadas de urina e fezes.

Ela conta que quando conseguiu encontrar a enfermeira , ela estava tomando uma xícara de café e deu uma resposta rude à Ana, ironizando a mãe perguntando se ela esperava que as crianças fossem trocadas a cada cinco minutos.

Alemka Markotic, chefe do hospital , pediu desculpas à Ana pelo o que aconteceu e insistiu em dizer que os bebês receberam cuidados apropriados. No entanto, após a divulgação do caso pela mãe na mídia local, o Ministério da Saúde decidiu fazer uma inspeção no hospital para tentar entender o que aconteceu e se realmente os cuidados que os bebês receberam estavam certos.

“Eu ainda não consegui me recompor ao lembrar aquela cena, dos meus filhos sujos e um deles amarrado”, fala Ana.

Leia também: Grávida se recusa a induzir o parto e perde bebê na 45ª semana de gestação

Bebê tem chupeta presa por esparadrapo

Bebê foi encontrado em hospital com chupeta presa à boca com esparadrapo; imagens causaram revolta nas redes
Reprodução/Daily Mail
Bebê foi encontrado em hospital com chupeta presa à boca com esparadrapo; imagens causaram revolta nas redes

Esse não foi o primeiro caso de uma criança que foi maltratada no hospital. No início do ano, noticiamos no Delas o caso de um recém-nascido que foi encontrado com uma chupeta presa à boca por esparadrapo em um hospital na Rússia. 

Os registros do caso foram feitos por uma suposta mãe que estava no local. “Aqui é um centro perinatal na Inguchétia. Este  bebê  está agora na enfermaria, em uma sala fria, sem aquecedores. A mãe dele não está por perto. A chupeta está presa com esparadrapo, apesar de o garoto ter problemas nos pulmões”, escreve a mulher no vídeo que divulgou. Relembre o caso