Tamanho do texto

Caso da morte do bebê aconteceu na Rússia e ainda sob investigação

Com apenas oito meses de vida, um bebê morreu no dia 5 de janeiro na Rússia após ter ingerido vodca, segundo os exames realizados para identificar a causa do óbito. De acordo com o site “Daily Mail” , acredita-se que a responsável pela morte de Zakhar tenha sido sua própria mãe, Nadezhda Yarych. Ambos viviam na cidade de Shebekino, na Rússia.

Leia também: Bebê contrai herpes e mãe faz desabafo na web após recém-nascida morrer

Na Rússia, bebê ingere vodca e tem infecção grave, causando a sua morte; acredita-se que a responsável foi a mãe
Reprodução/Daily Mail
Na Rússia, bebê ingere vodca e tem infecção grave, causando a sua morte; acredita-se que a responsável foi a mãe

A história da morte do bebê e de como ela aconteceu chocou a todos, virando notícia ao redor do mundo. Apesar de muito comentado, o caso ainda está sendo apurado e não há declarações oficiais sobre o assunto, apenas informações dos jornais locais.

Morte do bebê

Nadezhda Yarych, mãe do bebê, está sendo investigada pela polícia pela morte do pequeno Zahkar
Reprodução/ DailyMail
Nadezhda Yarych, mãe do bebê, está sendo investigada pela polícia pela morte do pequeno Zahkar

De acordo com a imprensa, a mulher teria dado a bebida alcoólica ao pequeno Zahkar na intenção de que ele dormisse e ela pudesse ir a uma festa típica de início de ano que acontece na cidade onde viviam.

Algumas testemunhas contaram às autoridades locais que dias antes o bebê estava doente e foi levado ao hospital. Os médicos identificaram uma infecção, provavelmente causada pela vodca , e recomendaram a internação do bebê, mas Nadezhda se recusou a aceitar. A mãe falou que preferia tratar o filho em casa. 

Aparentemente, isso teria acontecido cerca de quatro vezes nos últimos meses. Em todas elas, a mulher recusava a recomendação de internação, pois, de acordo com pessoas de sua família, ela não queria ficar dentro de um hospital com o bebê durante o período de festas.

Além de Nadezhda, a polícia local está investigando seu marido, Mikhail Yarych. Padrasto da criança, as pessoas mais próximas afirmam que ele sabia da infecção e da bebida alcoólica que a mulher dava constantemente para a criança, mas não teria feiro nada a respeito.

Leia também: Mãe faz alerta após brinquedo quebrar e filho engolir 13 pedaços de imã

Cuidados com o recém-nascido

Além de nunca dar bebidas alcoólicas ao bebê, alguns cuidados podem evitar complicações e uma possível morte
shutterstock
Além de nunca dar bebidas alcoólicas ao bebê, alguns cuidados podem evitar complicações e uma possível morte

Tudo indica que a infecção do bebê foi causada pela ingestão de vodca. Além de deixar as crianças bem longe de bebidas alcoólicas, alguns cuidados são importantes para evitar complicações e uma possível morte de um recém-nascido. Beijar o bebê, por exemplo, pode ser uma fonte de transmissão de doenças, assim como pegá-lo com as mãos sujas. Soprar a sopinha e balançar também são atitudes que podem ser prejudiciais à saúde. Veja com detalhes o que não fazer com um recém-nascido .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.