Tamanho do texto

Sim, foi isso mesmo o que aconteceu a norte-americana Dacia Pittman. Para completar, era ela quem estava ensinando o caminho do hospital ao marido

Vire e mexe aparece algum relato inusitado de parto na imprensa internacional e não é a primeira vez que uma mulher dá à luz a caminho do hospital , mas a história de Dacia Pittman, de Ohio, nos Estados Unidos, tem detalhes especiais. Ela não deu à luz apenas uma criança, mas duas no carro, diante de toda a família, enquanto o marido estava perdido, tentando encontrar o hospital. 

Dacia e Marcus posam ao lado dos filhos. Depois do parto dos gêmeos no carro, todos passam bem
Reprodução/Facebook
Dacia e Marcus posam ao lado dos filhos. Depois do parto dos gêmeos no carro, todos passam bem


Os gêmeos de Dacia nasceram no começo de novembro e a história do parto no carro ganhou as páginas dos jornais recentemente. Apesar de todo o sufoco, mãe e bebês conseguiram chegar ao hospital, receberam todos os cuidados necessários e ficaram bem. 

Detalhes do parto de gêmeos no carro

Dacia e os pequenos Everett e Amelia no hospital depois do parto no carro em movimento
Reprodução/Facebook
Dacia e os pequenos Everett e Amelia no hospital depois do parto no carro em movimento

A norte-americana conta ao programa "Today" que notou que estava em trabalho de parto depois de uma noite ruim. Ela diz que logo acordou o marido, Marcus Griffin, para que ele a levasse ao hospital pois o nascimento das crianças estava próximo.  

Dacia e Marcus já eram pais de duas crianças, de 8 e 5 anos, e o plano era encontrar a cunhada de Dacia para que ela ficasse com eles. Entretanto, no caminho para o hospital, a mulher notou que não tinha mais tempo. "Oh, Deus, estava acontecendo. Eu falei [para o marido]: 'Amor, acho que não vou conseguir [chegar ao hospital]'", lembra Dacia. Pouco tempo depois ela diz que Everett já havia nascido ali mesmo no carro. 

Leia também: Relembre os partos mais inusitados deste ano

Para complicar ainda mais a situação, Marcus se perdeu e começou a pedir instruções sobre como chegar ao hospital. "Eu tive de ensiná-lo como chegar lá", comenta Dacia. 

10 minutos depois, enquanto a família ainda estava na estrada, foi a vez de Amelia vir ao mundo. E havia um agravante na história: a pequena nasceu empelicada (quando o bebê nasce ainda envolto pelo saco amniótico). "Ela ainda estava na bolsa, eu que estorei", diz a mãe. 

Leia também: Foto de parto viraliza nas redes sociais por detalhe inesperado em bebê

Diante de tudo isso, ela fala que o marido ficou levemente desesperado. "Meu marido estava um pouco em pânico. Ele ficava me perguntando: 'Amor, o que eu faço?'". Por incrível que pareça, a mulher manteve a calma. "Eu falei: 'Eles estão saudáveis, vivos e chorando... Você não precisa acelerar'". 

Eles finalmente chegaram ao hospital e Marcus continuava confuso. Mais uma vez, Dacia conta que foi ela quem teve de explicar ao marido que era preciso, sem desespero, avisar que os gêmeos haviam acabado de nascer no carro. Logo uma equipe médica chegou para atendê-los. 

Everett e Amelia, apesar das circunstâncias adversas do parto , nasceram tão bem que nem precisaram ficar na UTI neonatal. A família teve alta em dois dias. Depois de tudo, Dacia diz que se sente sortuda. "Queria bebês saudáveis. Não queria lidar com UTI e meu maior medo era passar por uma cesárea. Não fiz a cesárea, mas também não esperava tê-los fora do hospital", comenta. 

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.