Tamanho do texto

Nem sempre a mãe consegue se preparar para o nascimento de um filho, e, em algumas vezes, a mulher nem mesmo sabe que está esperando um bebê

Ainda estamos no começo de março, mas mães em diferentes lugares do mundo já nos proporcionaram histórias mais do que inusitadas de parto este ano. Desde mulheres que não sabiam que estavam grávidas até uma mãe que teve seu bebê no estacionamento do hospital, elas provam que, quando o assunto é filho, realmente tudo pode acontecer e não há como se preparar.

Leia também: Birra de menino faz desconhecidas se unirem para ajudar mãe em aeroporto 

1. Parto no depósito do hospital

Com confusão na chegada a hospital, parto de Blake teve de ser sido feito em um depósito
Reprodução/Daily Mail
Com confusão na chegada a hospital, parto de Blake teve de ser sido feito em um depósito


Às vezes a nova mamãe até consegue chegar ao hospital, mas não na sala de parto . Esse foi o caso de Essy van Blerk, de 36 anos. A mulher a Nova Zelândia, segundo informações do jornal britânico "Daily Mail", deu à luz Blake, seu primeiro filho, no dia 20 de fevereiro em uma sala de depósito do Christchurch Hospital depois de Deon, o marido e pai do pequeno se perder pelo caminho. 

Essy diz ao veículo que acordou naquela madruga por volta de 2h da manhã com cólicas e com a bolsa estourada. Um pouco depois, pela manhã, ela começou a sentir contrações fortes e o casal decidiu seguir para o hospital. Aí as dificuldades começaram. O trânsito estava intenso e o caminho que deveria ser percorrido em aproximadamente 27 minutos demorou muito mais que isso. "Estava ali, sentada no banco de passageiro, e sentindo muita dor", diz Essy. 

O trânsito pesado e a agonia da mulher deixaram o marido em pânico. Ele conseguiu dirigir até o o hospital, mas chegando lá não era capaz de achar uma vaga para estacionar o carro. A equipe médica já estava avisada da chegada de Essy, mas no desespero para parar o carro, Deon deixou o veículo no primeiro lugar que encontrou. "Não achávamos nenhuma vaga e eu estava gritando porque eu podia sentir a cabeça do meu filho saindo", fala Essy. O marido e a mulher acabaram entrando no hospital não pela porta principal, mas por uma outra opção, como se fosse um anexo do local. 

O casal cruzou com dois funcionários da administração e eles os levaram a uma sala que era usada como um depósito de cadeiras de rodas. Abriram espaço no local, fecharam as cortinas para dar mais privacidade à mãe porque havia uma certeza: já era a hora do parto. 

Em poucos instantes, a equipe do hospital chegou à sala onde estava Essy e, em cinco minutos, o pequeno Blake veio ao mundo. Instantes após o nascimento, mãe e bebê foram levados para a ala correta do hospital para que todas as medidas e os cuidados necessários fossem tomados. 

Apesar do susto, a mãe também fala ao jornal britânico que ela e o filho estão bem. "Ele já tem mais de uma semana e está se alimentando bem". 

2. Nascimento no corredor do hospital

Parto de Jessica aconteceu no passado, mas mãe e fotógrafa compartilharam a história apenas em fevereiro de 2018
Reprodução/www.littleleapling.com/Max/
Parto de Jessica aconteceu no passado, mas mãe e fotógrafa compartilharam a história apenas em fevereiro de 2018


Jessica Wright Hogan também conseguiu chegar ao hospital, mas não ao centro cirúrgico. Ela que deu à luz no corredor de um hospital dos Estados Unidos. Tudo ficou registrado pelas lentes da fotógrafa Tammy Karin, que já iria acompanhar o parto e compartilhou as fotos no Facebook no início deste mês. 

Em relato, a mãe conta que no dia 19 de julho começou a sentir contrações e foi para o hospital com a família às 5h. As contrações ocorriam a cada três minutos, mas após quatro horas, elas se espaçaram e Jessica voltou para casa. Quase cinco dias se passaram até que, na madrugada do dia 25, ela sentiu uma longa e estranha contração. Ela já sabia: era hora.

A partir disso, foi tudo muito rápido. Ela achou que teria o bebê em casa mesmo, mas o marido a convenceu de que havia tempo para chegarem no hospital. No caminho, Jessica avisou os familiares e a fotógrafa, mas a cada contração sentia o bebê descer cada vez mais. A presença da fotógrafa foi ainda mais importante porque, enquanto o pai corria para pedir por ajuda, a profisisonal ajudava a mãe a sair do carro. 

"Tammy gritava que eu teria o bebê ali no chão. Comecei a tirar as minhas calças porque podia sentir meu corpo empurrando a cabeça de meu filho para fora. Eu abaixei e pude sentir a cabeça dele na minha mão", revela Jessica. 

A mãe fala também que o marido ajudou no parto e logo as enfermeiras do hospital também chegaram para socorrê-la. Apesar de todo o susto e correria, Max, que veio ao mundo apenas 25 minutos da bolsa de Jéssica estourar, é um bebê saudável. Ele é o sexto filho do casal.  Confira a história completa ao clicar aqui

3. Parto no carro e funeral

Kelly fez seu próprio parto dentro do carro que estava no estacionamento do hospital, enquanto o marido pedia por ajuda
Stuff/Reprodução
Kelly fez seu próprio parto dentro do carro que estava no estacionamento do hospital, enquanto o marido pedia por ajuda

Outra história recente é a da neozelandesa Kelly Armstrong, de 31 anos, que nem teve tempo de entrar no hospital para dar à luz sua quarta filha, Acaia. O dia 16 de fevereiro vai, com certeza, ficar na memória para sempre, já que não foi preenchido apenas pelo parto inesperado da menina.

Acontece que este também era o dia do funeral do sogro de Kelly. Em entrevista ao site “Daily Mail”, a mãe conta que por volta das 6h45 a bolsa estourou. Às 7h30, fortes contrações já tomavam conta de seu corpo. Sabendo que não conseguiria estar presente na cerimônia de despedida do pai, o marido de Kelly, Steven, decidiu passar rápido na casa da mãe.

Leia também: Mãe volta à academia apenas dois meses após o parto e é chamada de egoísta

O problema é que as dores do parto só aumentaram, e mesmo que Steven tenha sido rápido em sua despedida, e o casal tenha demorado só nove minutos para sair de casa e chegar até o hospital, o tempo não foi suficiente para Kelly sair do carro. “Basicamente, eu dei à luz sozinha no banco da frente do carro”, revela a mãe. O pai já tinha ido chamar ajuda, e enfermeiras receberam mãe e filha. “Ela estava perfeitamente bem e saudável, só precisou um pouco de oxigênio.”

E não para por aí. Cerca de uma hora e meia depois, os médicos liberaram a família para ir ao funeral do pai de Steven. Ele conta que a presença da pequena Acacia foi ainda mais significante para todos porque o pai dele, Ray, realmente queria uma neta após a chegada de três netos: um de 13, um de três e outro com apenas dez meses.

4. Não sabia que estava grávida 1

Mães que tiveram filhos surpresa acreditavam que não estavam grávidas porque continuaram a menstruar normalmente
Shutterstock
Mães que tiveram filhos surpresa acreditavam que não estavam grávidas porque continuaram a menstruar normalmente

Já outras duas mães tiveram uma experiência ainda mais assustadora que a das mães que mal conseguiram chegar no hospital para ter seus filhos. Na última semana, foi revelada a história de Charlene Fullerton,uma escocesa de 32 anos que acreditou que estava com apendicite, mas, na verdade, estava em trabalho de parto.

O nascimento de uma quarta filha foi tão inesperado que a bebê nasceu no banheiro da casa! Assim como aconteceu com as mães acima, tudo foi muito rápido, mas a diferença é que Charlene só se deu conta do que estava realmente acontecendo quando a criança começou a descer por suas pernas.

O enorme susto não foi vivenciado apenas pelo pai e pela mãe. As duas filhas mais velhas do casal estavam na casa no mento do nascimento da irmã mais nova e acabaram acordando com o barulho que Charlene fez. Assim que ouviram uma criança começar a chorar, elas abriram a porta assustada para ver o que estava acontecendo.  Confira como tudo aconteceu ao clicar aqui.

5. Não sabia que estava grávida 2

Esta mãe ficou tão em choque com o nascimento do filho que até desmaiou
shutterstock
Esta mãe ficou tão em choque com o nascimento do filho que até desmaiou


Já a jovem Quanesha Hulett , norte-americana de 24 anos, achou que estava com uma crise de constipação quando sentiu uma criança sair de sua vagina, cair no banco do carro que a estava levando para o hospital e começar a chorar. O susto foi tão grande que a mulher desmaiou.

Felizmente, a jovem estava acompanhada da mãe, que percebeu que a situação havia saído do controle e ligou para a emergência antes de chegar ao hospital. Esta ação pode ter salvado a vida de seu neto, que, depois de um tempo que nasceu, parou de respirar e precisou ser reanimado.  Leia o relato da mãe ao clicar aqui.

Em ambos os casos, antes do parto surpresa acontecer, as mães continuaram a menstruar normalmente. A escocesa Charlene, inclusive, chegou a fazer testes de gravidez durante o período em que estava grávida sem saber, mas eles deram negativo. Desta forma, fica realmente complicado descobrir que você está esperando um filho.

    Leia tudo sobre: Gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.