Tamanho do texto

A ideia das cartas foi de Tiffany McPherson, mãe de Carter, de 4 anos, pois ela sabe que o filho ama pegar as correspondências na caixa de correio

O Halloween ainda não chegou, mas um garoto da Flórida, nos Estados Unidos já está tendo um feriado memorável. Tudo porque, Tiffany McPherson, mãe de Carter, de 4 anos, em uma tentativa de animar o filho que está passando pela quimioterapia para tratar uma leucemia teve a ideia de pedir para que pessoas desconhecidas mandassem cartões de Halloween para o menino que ama correspondências.

Para animar o filho que está passando por uma quimioterapia, mãe pede cartões de Halloween para desconhecidos
shutterstock
Para animar o filho que está passando por uma quimioterapia, mãe pede cartões de Halloween para desconhecidos


No final de setembro, a mãe usou as redes sociais para pedir às pessoas que mandassem cartões de Halloween para o menino que vai passar anos em tratamento. “Ele ama a caixa de correio”, explica Tiffany que acrescenta que Carter reconhece seu próprio nome e sabe quando uma correspondência é endereçada a ele.

A mãe conta em entrevista ao site “Fox News” que resolveu tomar essa atitude porque este ano ela a família tiverem muitos problemas devido à doença de Carter e fica de coração partido ao ver seu pequeno triste. “Só fico feliz ao vê-lo feliz”, afirma Tiffany.

Carter foi diagnosticado com leucemia linfoblástica aguda pré-células B (LLA) em fevereiro de 2017 e está em remissão desde março de 2017. "Isso não significa que a doença foi eliminada, apenas significa que está contida", esclarece a mãe.

Leia também: Com câncer, noiva emociona em casamento: "Entrar na igreja comoveu a todos"

Segundo a American Cancer Society (ACS), esse é o tipo mais comum de leucemia infantil. “Em cerca de 80% a 85% das crianças com LLA, a leucemia começa nas células B”, diz a instituição. Carter está na fase de manutenção de seu plano de tratamento de três anos que foi recomendado pelos médicos.

Atualmente, ele vai ao hospital para fazer a quimioterapia uma vez por mês e o processo não é tranquilo. “Eu tenho que sentar lá e suportar meu filho chorando.”

Cartões de Halloween animam a família

O menino já recebeu mais de 100 cartões de Halloween e, nesse período, teve gente que foi lá pessoalmente
shutterstock
O menino já recebeu mais de 100 cartões de Halloween e, nesse período, teve gente que foi lá pessoalmente


As cartas oferecem alegria à família. “Por um mês inteiro, ficamos animados e felizes”, diz Tiffany. Carter já recebeu cerca de 100 cartões, além de outros presentes como cestas com doces e guloseimas. Ele também costuma receber cartões de presente que podem ser gastos com o que ele quiser e a mãe diz que é uma grande ajuda quando o filho quer ir tomar sorvete e ela não pode pagar.

Um momento especial para a família foi quando um jovem estudante de medicina, de 19 anos, ficou tão comovido com a história de Carter que foi até a casa para entregar pessoalmente um presente a ele. O futuro médico deu pijamas de super-heróis, um balde do Homem-Aranha e uma fantasia do mesmo personagem – que será usada no Halloween deste ano. “Quem faz isso aos 19 anos?”, indaga a mãe que ficou tocada com o gesto.

Leia também: Com câncer terminal, jovem de 19 anos se casa com amor do ensino médio

A família continuará recebendo os cartões de Halloween até passar essa data comemorativa que é tão popular nos Estados Unidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.