Tamanho do texto

Até ir ao médico, Laura Mulloy descartava a possibilidade de uma gravidez já que realizou testes de farmácia que haviam dado negativo; entenda o caso

Muitas pessoas podem se perguntar: como uma mulher pode não saber que está grávida ? Bom, isso  não é exatamente incomum e foi o que aconteceu com a jovem irlandesa Laura Mulloy. No entanto, para a sorte dela, ela não descobriu a gravidez surpresa na hora do parto, mas poucas semanas antes quando foi ao médico por suspeitar ter contraído uma virose.

Jovem ficou chocada com descoberta de gravidez surpresa pois fez testes de farmácia que deram negativo
shutterstock
Jovem ficou chocada com descoberta de gravidez surpresa pois fez testes de farmácia que deram negativo


À emissora de rádio “RTE Radio 1”, Laura contou a história de gravidez surpresa . Quando ela foi ao médico por conta de um mal-estar que atribuía a uma virose, ela não apresentava nenhum dos sinais óbvios de uma gravidez: sua barriga não cresceu, não sentiu enjoos e continuou menstruando “normalmente”.

A jovem, então com 22 anos, chegou a realizar dois testes de gravidez, um até em frente à medica que a atendeu, que já suspeitava de uma gestação quando Laura descreveu seus sintomas: inchaço, cansaço e dor lombar persistentes - os dois voltaram negativos.

“A médica me explicou que como eu estava com mais de 28 semanas de gravidez, existia a possibilidade de que os hormônios que acusam a gestação nos testes comuns já tivessem saído do meu corpo e por isso ele voltava como negativo”, explicou.

A ficha, entretanto, só foi cair de fato para Laura quando ela realizou um ultrassom e pode ouvir os batimentos cardíacos do bebê - a gestação já estava em sete meses .

Resultado da descoberta da gravidez surpresa

Gravidez surpresa: a barriga de Laura não cresceu pois seu bebê estava localizado atrás da placenta
shutterstock
Gravidez surpresa: a barriga de Laura não cresceu pois seu bebê estava localizado atrás da placenta


Contar para os pais e o namorado que estava grávida não foi nada fácil. Luke, o pai de seu filho de quem Laura é companheira até hoje, ficou totalmente chocado.

“Eu senti que ia desmaiar, o mundo estava girando. Perguntei quantos meses de gestação ela estava e quanto tempo tínhamos. Fiquei muito surpreso”, contou ele à emissora de rádio.

Os médicos explicaram que a razão pela qual a barriga de Laura não cresceu e ela não sentiu os “chutes” do bebê foi porque ele cresceu atrás da placenta dela, algo relativamente comum.

Menos de um mês depois, a jovem deu à luz Finn , que agora tem três anos. Olhando para trás, ela afirma que a gravidez surpresa foi um presente. “Cinco anos atrás, nunca teria imaginado minha vida dessa forma, mas tudo que posso dizer é: não consigo imaginar um mundo sem o Finn e definitivamente não quero nunca ter que viver sem ele”.

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.