Tamanho do texto

Print da briga ganhou as redes ao mostrar mãe dizendo que o jovem pode fazer o que bem entender com o corpo dele: "Marginal é o seu filho"

O carioca João Pedro viralizou ao compartilhar o print de uma conversa do grupo da família em seu Twitter. Na publicação, uma prima dele apareceu criticando suas tatuagens, dizendo que ele se "estragou" com os desenhos na pele e que sua tia deveria levá-lo a um psicólogo o quanto antes. O que realmente chamou a atenção, porém, foi a resposta da mãe de João Pedro, que foi ovacionada na internet.

Leia também: Amor de mãe tem limite? Mulher faz relato sobre filho dormir em sua cama

Só muda de celular: jovens afirmam que grupo da família é sempre igual, e elogiam a mãe de João Pedro pela resposta
Reprodução/Twitter
Só muda de celular: jovens afirmam que grupo da família é sempre igual, e elogiam a mãe de João Pedro pela resposta


“Leve você o seu filho ao psicólogo. Melhor, leve ao psiquiatra. Não é normal um guri bater em todas as namoradas”, disse a mulher, que aproveitou o ensejo para elogiar o filho e dizer para todo o grupo da família que o jovem pode fazer o que bem entender com o seu corpo. “Se ele quiser tatuar o c*, tudo bem, pois o c* é dele”, completou.

Leia também: Mãe amamenta filho durante sexo e diz que "não há nada de errado"

Ao compartilhar o print, João afirmou que sentiu orgulho da atitude da mãe e escreveu que também será assim quando tiver um filho no futuro. Na sequência, ele publicou outro print mostrando uma conversa entre a mãe e a prima e disse que depois das “voadoras”, sua defensora resolveu bloquear Joana no WhatsApp.

Fora do grupo da família, tia do jovem tentou se explicar

Os internautas adoraram acompanhar a confusão no grupo da família de João Pedro, que foi criticado pela prima
Reprodução/Twitter
Os internautas adoraram acompanhar a confusão no grupo da família de João Pedro, que foi criticado pela prima


Na conversa privada, a prima tentou justificar a mensagem anterior, mas não teve jeito. “Você entendeu tudo errado. Gosto do João Pedro e me preocupo com ele”, disse ela, que diz ter abordado o assunto por sentir medo de o jovem não conseguir arrumar uma “namorada de família” por conta das tatuagens . “Daqui a pouco ele vai ficar parecendo um marginal”, afirmou.

Visivelmente irritada, a mãe de João não deixou barato. Segundo ela, quem é marginal é o filho de Joana. “Marginal é quem tem passagem pela polícia. Marginal é quem já foi preso”, assegurou. Em seguida, a mulher também  disse que não é a primeira vez que essa prima implica com o seu filho e ela não vai mais permitir isso.

Leia também: "Ele merece ser tratado bem", diz mãe ao defender filho com autismo


“Da outra vez você falou que ele era gay só porque não namora como o Augusto. O seu filho parece um bicho de fazer sexo. Respeite o Pedro!", encerrou a mãe do jovem, conquistando a web e várias “noras” interessadas em mostrar que a mãe de João venceu no grupo da família .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.