Tamanho do texto

Baby Chanco, do Japão, exibe uma cabeleira bufante que faz sucesso nas redes sociais; médicos afirmam que bebês nascerem cabeludos não é raro

Não é comum ver um bebê cabeludo por aí e é por isso que a pequena Baby Chanco começou rapidamente a arrecadar fãs nas redes sociais com suas fotos exibindo suas madeixas bufantes, com apenas seis meses de idade.

Baby Chanco, o bebê cabeludo, tem mais de 41 mil seguidores no Instagram
Reprodução
Baby Chanco, o bebê cabeludo, tem mais de 41 mil seguidores no Instagram


Com quase 40 mil seguidores no Instagram, Baby Chanco, o bebê cabeludo, é do Japão e suas fotos são tiradas pela mãe, que também decora os fios da filha com laços, fitas e outros acessórios que evidenciam ainda mais a fofura de Chanco.

De acordo com a conta da pequena, onde também foi postada uma foto pouco depois de ela nascer, Chanco já veio ao mundo com a cabeça totalmente recoberta de cabelo - o que deve ter dado uma baita de uma azia na mãe, como já diria o ditado popular.


O sucesso da criança nas redes sociais é tanto que algumas de suas fotos superam as dez mil curtidas, além de sempre terem centenas de comentários de pessoas de todo o mundo, ainda que as legendas da fotos estejam sempre em japonês.

Nas redes sociais, outros bebês cabeludos fazem sucesso, como as meninas  Maya Rattab e Jolee Shead e o pequeno Cox, os três do Reino Unido.

Ter um bebê cabeludo é incomum?

Ter um bebê cabeludo não é incomum, entretanto, normalmente os nenês perdem o cabelo, que cresce depois diferente e com outra cor
Reprodução
Ter um bebê cabeludo não é incomum, entretanto, normalmente os nenês perdem o cabelo, que cresce depois diferente e com outra cor


Nascer cabeludo não é algo exatamente raro. Devido às flutuações hormonais que acontecem dentro do útero, é normal que isso provoque mudanças no bebê, por exemplo fazer crescer cabelo. Entretanto, uma vez fora do útero, quando eles deixam de ser expostos a hormônios, a tendência é que o cabelo pare de crescer.

Inclusive, é normal que os bebês percam suas madeixas e que elas cresçam novamente até com outra cor - normalmente mais escura, mas nem sempre - e outra textura, do liso para o encaracolado e vice-versa. Além disso, os novos fios tendem a ser mais grossos e fortes. Mas pediatras apontam que essas mudanças são completamente influenciadas pela etnia e genética de cada criança.

Leia também: Incrível! Bebê nasce com mecha de cabelo branco exatamente igual à mãe

Entretanto, no caso de Chanco, a mãe afirma por meio das redes sociais que seu bebê cabeludo só vai ficando cada vez mais cabeludo e que os fios da filha não param de crescer. Apesar de lisos, os cabelos da pequena são meio espetados, realmente criando um aspecto bufante na cabeça da nenê.

    Leia tudo sobre: Instagram
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.