Tamanho do texto

A rotina do casal muda totalmente com o nascimento de um filho, mas ainda assim é possível manter o romance e o interesse. Veja como

A chegada de um bebê é um acontecimento especial que vem acompanhado por uma série de mudanças que afetam desde a rotina da casa até a relação a dois. O cansaço e as dificuldades de cuidar de uma criança parecem ganhar cada vez mais espaço, deixando a relação do casal em segundo plano. Diante disso, é possível ser feliz no casamento ?

Leia mais:   As mudanças no casamento com a chegada dos filhos

Respeitar os limites do outro é essencial para ser feliz no casamento
Shuttersock
Respeitar os limites do outro é essencial para ser feliz no casamento

Ser feliz na vida a dois após o nascimento dos filhos é desafio recorrente na vida dos casais, mas é possível superar.  “Mesmo que a gestação tenha sido planejada e que tudo tenha corrido na mais perfeita harmonia, é inevitável que desgastes aconteçam entre o casal nos primeiros anos de vida da criança”, explica a psicóloga Cynthia Boscovich. Muitas vezes, situações  como o excesso de cansaço, insônia e falta de companheirismo e apoio entre os dois são o estopim para que os conflitos aconteçam. 

Leia mais: Por que casais se separam após a chegada do primeiro filho?

O que fazer? 

O cuidado com a relação começa antes mesmo de o bebê nascer. Em primeiro lugar, o casal deve ter planejamento: os dois devem ter claro o motivo pelo qual desejam ter filhos. “Maturidade e autoconhecimento são fundamentais nesse momento e muitas vezes um se encontra em um estágio diferente do outro”, explica Cynthia. 

A rotina diária e a sobrecarga são pontos que devem ser compartilhados entre o casal. “A idéia de que a mulher fica em casa para cuidar dos filhos e os pais são provedores das necessidades materiais da família é um modelo que pode não se encaixar mais nas famílias de hoje”, afirma ela.  

Além disso, é muito importante que haja o alinhamento de opiniões. “A educação dos filhos requer que os pais compartilhem as mesmas opiniões para que eles sintam-se seguros”. E para que a criança sinta isso, também é preciso construir um ambiente confortável, onde mãe e pai respeitam os limites entre eles.

Leia mais: Paixão após décadas de casamento é possível

Além disso, eles não podem deixar de pensar no casal. “Os pais precisam saber que existe um terceiro elemento a ser cuidado: a relação. E essa relação requer momentos isolados do casal”, diza  especialista. 

Para muitos Chyntia, não há segredo para garantir a felicidade em um casamento com filhos. A chave é construir uma relação de parceria e respeito. “Antes mesmo de ser feliz junto, é preciso ser feliz sozinho. Cuidar da relação requer também cuidar do individual de cada um”, finaliza.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.