Sharon Stone teve complicações após realizar um aborto e diz não ter tido apoio
Reprodução
Sharon Stone teve complicações após realizar um aborto e diz não ter tido apoio


A atriz Sharon Stone, 63, lançou no último dia 30 seu livro autobiográfico,The Beauty of Living Twice. Nele, ela revela que passou por um aborto quando era adolescente. Além disso, Stone revela que foi abusada sexualmente pelo avô .

Na obra, ela conta detalhes de como foi realizar o procedimento e que precisou até mesmo esconder roupas cheias de sangue devido complicações. O site norte-americano Just Jared afirma que Stone tomou a decisão após ter engravidado de um namorado da escola, quando ela estava no ensino médio. A atriz residia na Pensilvânia e fez uma viagem até Ohio para realizar o aborto.


No entanto, ela passou por algumas complicações após o procedimento. "Eu estava sangrando muito e era muito pior do que deveria ser, mas isso era um segredo e não tinha ninguém para contar", afirma a atriz em uma passagem do livro.

Para conter o sangramento que ela teve, Stone afirmou que usava lençóis e roupas para  estancar o sangue e, depois, os queimava em um barril para não levantar suspeitas dos familiares e conhecidos.

Após o aborto, a atriz conta que decidiu buscar informações sobre  métodos contraceptivos e passou a se proteger com pílulas anticoncepcionais ."Isso, acima de tudo, me salvou: que alguém, qualquer um, pudesse falar comigo, me educar. Ninguém nunca falou comigo, sobre nada", diz.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários