Rob Lederman
Reprodução
Rob Lederman


Rob Lederman foi demitido e não apresenta mais o programa "Morning Bull', da rádio 97 Rock, da cidade de Buffalo, em Nova York. O radialista, durante uma conversa ao vivo na manhã de quarta-feira (25), comparou a pele de mulheres negras a "torradas queimadas".

"Eu os tenho (configurações da torradeira) para atrair mulheres que considero atraentes. Eu nunca irei para um nível Serena Williams, mas estou muito confortável com um nível Halle Berry", disse. Lederman foi além, se referindo a mulheres negras como "mulatas". 

Ele ainda foi questionado por Chris Klein, um co-apresentador do programa, sobre o âncora da CBS News, Gayle King, que é negro. "Gayle King não está nem no meu nível de torradeira", respondeu Lederman. Klein e um segundo co-apresentador, Rich Gaenzler, foram afastados e o episódio foi amplamente condenado e alguns viram os anunciantes boicotar a estação como resultado.

Gaenzler também foi demitido de seu outro emprego, este como apresentador em uma empresa esportiva que classificou os comentários como "inaceitáveis" e "inadequados". Lederman se desculpou publicamente para o jornal local The Buffalo News e disse que entendeu o quão ofensivo foi.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários