Elisa Fava
Divulgação
Elisa Fava


Vencedora do concurso da Ford Models Curve, Elisa Fava, 24 anos, estreou na última quinta-feira, 21, como a quarta participante desta temporada de Beleza GG - exibido toda quinta-feira, às 22h, no E!. O reality show que acompanha a vida das modelos plus size  está em sua segunda edição. 

Em entrevista exclusiva para o iG Delas, Elisa fala a seguir sobre o início de sua carreira como modelo plus size, o concurso para entrar no reality show e suas expectativas para a temporada. Confira a seguir.





Quase por acaso 


Natural de Piracicaba (SP). Elisa conta que aos 16 anos até tentou trabalhar como modelo. Fez alguns trabalhos na cidade, mas o mercado era escasso, então deixou o sonho de lado e foi fazer a faculdade de Administração. Além da falta de trabalho para modelos plus size no interior, ela conta que também sofria com a pressão estética por ser gorda. 

“Eu sempre sofri isso, até da minha família que falava que era por questão de saúde. Mas eu nunca fui doente e desde quando eu me conheço sempre fui acima do peso”. 

Mesmo tendo uma carreira consolidade no banco em que trabalhava, Elisa sentia que faltava algo. Lembrou do sonho de adolescente que era ser modelo e pensou que estava na hora de tentar novamente. Pediu demissão e se mudou para São Paulo. 

“Eu comecei a trabalhar no banco, mas eu não tava satisfeita como estava minha vida, e esse foi o estopim para eu tentar de novo, para eu correr atrás”, diz. 

Você viu?







Nova cara da Ford Models Curve 


Elisa conta que descobriu sobre o concurso por acaso, soube por um primo que morava na capital Paulista. Ela diz que quando decidiu se candidatara chou que não seria chamada, por isso não tinha expectativas de ganhar. 

 “Eu não achava que ia ganhar, as outras meninas eram maravilhosas, arrumadas, falei ‘O que eu vim fazer aqui?’. Quando foi a seleção, eu não tava bem comigo mesma, não acreditava tanto no meu potencial, agora eu sei que eu posso e a mentalidade mudou”.

Desde que que retomou o trabalho como modelo, Elisa fez algumas campanhas para marcas importantes, como Malwee, Pantys e Avon. Tudo isso sem poder contar para ninguém que tinha ganhado o concurso, pois tinha que aparecer na série. A modelo guardou o segredo durante um ano. 

“Quando eu mudei meu Instagram e postei mais minhas fotos de modelo, e não estava mais no banco, todo mundo vinha me perguntar o que tinha acontecido, como eu tinha conseguido e eu inventava que tinha mandando um e-mail e tinham me chamado. Agora que me viram na TV, já vieram me perguntar como foi ganhar e eu não podia falar”, brinca. 

Além de impulsionar sua carreira, Elisa considera que o reality show também mudou sua forma de lidar com a própria aparência. 

"Antigamente, chegou um momento que eu não queria mais me arrumar, não me sentia bem comigo mesma. A partir do momento que eu comecei a seguir as pessoas certas nas redes sociais e pensar de outra forma, eu mudei. Hoje em dia, eu faço tudo que eu quero, não tenho mais vergonha de usar um short curto ou usar uma blusa de alça, se alguém fala 'você tem um rosto bonito, deveria emagrecer', eu não chego em casa e choro. Eu sou mais que um rosto bonito", finaliza. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários