Patricia Melo relata assédio  em restaurante
Reprodução/Instagram
Patricia Melo relata assédio em restaurante

Patricia Melo registrou um caso de  assédio vivido em um restaurante em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro. Ela contou em um post no Instagram que foi a cidade no último dia 10 para comemorar o aniversário de um amigo e foi a um conceituado restaurante local. Ao receber a comanda, Patricia ficou surpresa ao ver que foi identificada pelos funcionários do local como "moça do peitão" e escreveu o desabafo que viralizou.

"Como mãe, tiro à conclusão que é difícil ser mulher no mundo de hoje. Mundo esse onde nos julgam e até outras mulheres falam das outras, ao invés de se unirem. A falta de empatia é constante", ela escreveu. "Sofri um constrangimento na hora de pagar a conta. Um verdadeiro absurdo como mãe, mulher, consumidora e um assédio para mim como cliente. Estamos vivendo no fim dos tempos", contou.

"Minha indignação é por mim e por tantas mulheres que sofrem diariamente tais abusos e simplesmente se calam. Eu não tenho que me calar. Você não tem que se calar. O desrespeito bate a nossa porta. Não brinque nem ache engraçado, podia ser com você", Patricia continuou.

"Já sofri muito para ficar quieta, sou mulher e mereço respeito. Será que é difícil ser mulher hoje em dia? Só uma observação: o peito é meu", Patricia Melo concluiu. Ao G1, a Ambev, empresa responsável pelo estabelecimento, se pronunciou dizendo que entrou em contato com a cliente para pedir desculpas, garantiu que tomou "as medidas cabíveis com os colaboradores envolvidos" e reforçou que o ocorrido não reflete os valores da empresa.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários