Tamanho do texto

Psicólogas explicam o que deve ser feito para evitar brigas e discussões com algum membro da família durante as comemorações; confira as dicas

No fim de ano, muitas pessoas aproveitam para passar as comemorações ao lado dos familiares, especialmente no Natal. No entanto, nem todos participam das festas de livre e espontânea vontade. É aí que surgem as dificuldades de como agir ao se deparar com aquele familiar com o qual não tem tanta afinidade ou teve conflitos durante o ano. 

Leia também: Confira sete atitudes que ajudam a melhorar um relacionamento desgastado

Natal em família arrow-options
shutterstock
Nas festas de fim de ano, é importante estar em harmonia com os familiares; veja dicas que ajudam nesse processo

Durante as festas , desentendimentos com alguém da família podem repercutir nas pessoas que estão ao redor. Segundo Marina Simas, psicóloga e sócia-diretora do Instituto do Casal, isso acaba gerando uma atmosfera constrangedora que pode não ser adequada para essa época do ano, que, geralmente, é marcada por comoção e reflexões.

“Conflitos em família sempre existem e tem aquelas pessoas que a gente não vê o ano inteiro, mas não tem como evitar nas festas de fim de ano . É importante tentar entrar em consenso durante esse período em prol da harmonia da festa. Afinal, a ideia de reunir familiares é essa”, destaca Marina.

É importante destacar que a forma como a família vê essas comemorações faz toda a diferença na hora de evitar conflitos. "No Brasil, a maioria das famílias quer uma mesa farta e as pessoas reunidas em prol de uma convivência harmoniosa, nem que seja só por uma noite", afirma Denise Figueiredo, que também é psicóloga e sócia-diretora da empresa.

Leia também: 5 fatos que podem destruir o relacionamento no fim de ano e como lidar com eles

Diante disso, nesses casos, a ideia é bater papo, falar das conquistas do ano, relembrar momentos bons de outras ocasiões. Por isso, Denise ressalta que esse deve ser um período de alegria e reflexão. Mas, afinal, como manter o bom humor e a harmonia nas comemorações? Confira quatro dicas: 

1. Tranquilidade em primeiro lugar

Essa dica vale para caso você seja o anfitrião da família ou apenas o convidado. Pense que o momento é de reflexão e boas práticas. Logo, é ideal ficar tranquilo com relação a tudo relacionado à festa. Seja o cardápio, a organização ou até às possíveis expectativas, vá de coração e mente abertos para passar esse momento em harmonia.

2. Aproveite o momento

O momento de união deve ser aproveitado mesmo com as adversidades. Aproveite para bater papo com aquele parente querido que não via há muito tempo. Com o que não tem tanta intimidade, a dica é não se aproximar tanto, mas sem desrespeitá-lo. Nessas ocasiões, as pessoas costumam ficar mais maleáveis e amáveis e é interessante usar isso a seu favor.

3. Saiba enfrentar as críticas

Nessa época, uma das preocupações é com a cobrança, seja no campo amoroso ou na vida profissional, por exemplo. Diante disso, a recomendação é não buscar a perfeição e entender que as críticas existem em qualquer ocasião. O mais importante aqui é saber levar na esportiva e não usá-las como um pretexto para o baixo astral ou a falta de harmonia nas festas.

Leia também: Você sabe receber críticas? Aprenda a ouvi-las e tire proveito em seis passos

4. Tenha empatia em prol da harmonia

Evite discussões desnecessárias e que não levam a nenhuma conclusão durante as festas em família. Busque a empatia entre os presentes para que tudo saia de uma maneira prazerosa durante toda a comemoração. Nessas reuniões, o segredo é apostar no diálogo tranquilo, o respeito entre os presentes e a valorização dos pequenos bons momentos.