Tamanho do texto

Festas e confraternização são ótimas, mas podem reservar armadilhas para o relacionamento. Veja como lidar com isso e chegar bem com seu amor a 2018

O final do ano está chegando, daqui a pouco virão alguns dias de folga, as festas em família, as confraternizações... Segundo a especialista em relacionamento e psicoterapeuta Melissa Ferrari, tudo isso é muito divertido, mas também pode reservar diversas armadilhas para sua vida a dois. 

Leia também: Saiba como lidar com as discussões comuns a uma relação

Relacionamento pode ser colocado à prova nas festas de final de ano. Cuidado!
Thinkstock/Getty Images
Relacionamento pode ser colocado à prova nas festas de final de ano. Cuidado!


Em entrevista ao jornal britânico "Daily Mail", Melissa fala sobre os prós e contras das festas e do clima de final de ano para o relacionamento. Para ela, esse é um momento de comemoração, mas que também gera estresse com encontros familiares, programações que podem dar errado e as situações de estresse prejudicam principalmente o diáologo do casal. 

Para alertar sobre os perigos desse momento e ajudar os parceiros, ela monta uma lista com cinco coisas que podem acabar a relação e dá dicas para conseguir sobreviver a tudo isso e chegar a 2018 feliz com seu amor. Veja todos os detalhes: 

1. Um drinque aqui, uma cerveja ali

Melinda diz que é comum exagerar um pouquinho na bebida nas festas de final de ano e nas confraternizações com os amigos e colegas de trabalho. O problema é que essas reuniões podem mostrar lados desconhecidos de algumas pessoas, ainda mais quando há álcool envolvido. As pessoas, sejam elas amigos ou aquele parente, podem beber além da conta e falar o que não devem e isso pode afetar o casal. Sabe aquele chato que fica perguntando quando vocês vão casar, quando terão filhos ou insiste em se meter na vida de vocês? Pois é, situações como essas acontecem nas melhores famílias. 

"Os dois devem ser estar preparados para comentários e para entender que o vem de fora nã deve afetar a relação", comenta Melissa. 

Por outro lado, beber pode deixar um dos parceiros, ou os dois, depressivos e com reações, digamos, mais devagar. Com isso, pode levar um tempo maior para tentar corrigir algo impensado que foi dito. Tenha calma para lidar com essa situação. 

2. Busca pelo relacionamento perfeito

Ainda na linha de comentários infelizes, não é nada incomum perceber que as pessoas esperam que você tenha um relacionamento perfeito e exiba isso nas festas de Natal e Ano Novo com sorriso no rosto. A dica de Melissa, nesse caso, é não tornar isso uma obrigação ou uma cobrança. 

"A pressão de parecer perfeito não condiz com a realidade de uma relação", fala a especialista. Todos encaram problemas, basta saber enfrentá-los, como vocês já fazem o ano todo. 

Leia também: 10 hábitos que você deve evitar para salvar um relacionamento desgastado

3. Pressão das redes sociais

As fotos compartilhadas dessas festas das redes sociais também ajudam a aumentar a pressão pela perfeição. De acordo com Melissa, todos se mostram felizes nas imagens do Instagram ou do Facebook e isso pode abalar a confiança de alguns casais.

A dica aqui é bem simples. Lembre-se que nem tudo que é exposto nas redes sociais é reflexo da realidade e, mais uma vez, todos passam por problemas e dificuldades em algum momento da vida a dois. 

4. Calor infernal do verão

O clima do final de ano é ótimo para aproveitar uma viagem para a praia ou tardes na piscina do clube, mas esse calorão pode fazer mal para a relação, como na seguinte situação descrita pela psicoterapeuta: "Um gosta de dormir agarradinho e outro precisa manter a distância porque sente muito calor. Isso pode acabar em briga".

É fundamental deixar esse tipo de coisa que pode parece simples bem clara na relação, para que um dos parceiros não se sinta rejeitado quando se trata apenas de uma questão meramente biológica. 

5. Atividades sem fim

Vocês esperaram tanto pela folga do final de ano que marcaram diversos compromissos em poucos dias, afinal, 2017 foi puxado e é essa pausa precisa ser divertida e bem aproveitada. Tem festa, encontro com amigo, ida para praia... Tudo muito divertido, mas com isso não sobrou tempo para vocês curtirem um pouco só os dois. 

"É muito importante que o casal discuta esse tipo de planejamento e negocie o que irá fazer ou pode chegar a diversas dificuldades", alerta Melissa. Por isso, é preciso sempre ter espaço para o diáologo e que um se importe com as vontades e desejos do outro. 

Leia também: 10 brigas que todo casal tem e dicas de como resolvê-las

Dica extra

Segundo a especialista, o final de ano também é uma ótima época para balanços, inclusive sobre o relacionamento e seus planos. "Reflita sobre o que você busca individualmente e como trazer isso para a relação. Seja clara e tente planejar como será o próximo ano de vocês e imaginar com irão negociar e cuidar das situações estressantes juntos. E se sentir que terá dificuldades pela frente, procure a ajuda de um profissional", comenta a especialista em casais. 

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.