Lacey-Jade Christie, de 30 anos, afirma que desde adolescente exercitava o corpo todos os dias da semana e ficava doente para realizar o sonho de emagrecer. A australiana diz ao Daily Star que registrava todas as calorias que consumia e pesava-se várias vezes ao dia, pois acreditava que ser gorda a tornava “doentia e desagradável”.

Leia também: Com estrias à mostra, jovem fala sobre aceitação e amor próprio

Ela sofreu por anos com os padrões de beleza impostos pela sociedade, mas conseguiu dar a volta por cima e amar seu corpo
Reprodução/Instagram/laceyjadechristie
Ela sofreu por anos com os padrões de beleza impostos pela sociedade, mas conseguiu dar a volta por cima e amar seu corpo

Ela ainda aponta que, quando era mais nova, pensou que perder peso era uma maneira de ser aceita entre seus colegas e sofreu com bulimia por oito anos. A blogueira plus size se esforçou ao máximo para alcançar o peso desejado, mas hoje reconhece que, com isso, estava abusando do seu corpo

Leia também: “Ame o seu corpo”, declara australiana ao postar imagens com celulite à mostra 

Na época, ela foi internada duas vezes por desmaio e outra por desidratação, mas a enfermeira que lhe atendeu da última vez disse que era difícil tratá-la porque estava gorda.  Os médicos que atuavam na emergência também expressaram preocupação com o coração de Lacey-Jade, apontando que ela perdesse peso em vez de sugerir consultar um psicólogo.

"O sistema de saúde falhou comigo", escreveu ela em um artigo para o site Mamamia . "Eu estava infeliz e estava me matando", completa Agora, cinco anos depois de procurar tratamento para seu distúrbio alimentar, Lacey-Jade diz que aprendeu a amar suas curvas como elas são.

Lacey-Jade conta que superou as dificuldade e, atualmente, promove body positive a ama suas curvas como são
Reprodução/Instagram/laceyjadechristie
Lacey-Jade conta que superou as dificuldade e, atualmente, promove body positive a ama suas curvas como são

Ela ainda ressalta que ganhou confiança ao deixar de lado os padrões de beleza da sociedade e descobrir que pode ser sexy em qualquer tamanho. Em uma postagem do Instagram, em que aparece em um vestido prateado brilhante, ela diz que não tem mais vergonha do corpo e está vivendo melhor. “Ser assim salvou minha vida”, finaliza. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários