Tamanho do texto

Sophie relatou que a vontade de ter o "bumbum brasileiro" a fez realizar a cirurgia aos 19 anos. Agora com 24 anos, ela quer diminuir as nádegas

Sophie Elise é uma personalidade de TV e youtuber norueguesa que faz muito sucesso no Instagram com mais de 400 mil seguidores. Aos 24 anos, a jovem resolveu ser bem honesta com os fãs e explicou que vai aos Estados Unidos realizar um procedimento para reduzir o tamanho de seu bumbum.

Leia também: Nem tudo é o que parece! Influenciadora fitness mostra a realidade do Instagram

Jovem se arrepende de cirurgia para aumentar bumbum e quer reduzi-lo arrow-options
Reprodução/Instagram/@sophieelise
A jovem youtuber compartilhou seu drama com os internautas e revela mágoa coma cirurgia: "Não parece natural"

O motivo, de acordo com a influenciadora, é que ela fez uma cirurgia "barata" para aumentar o as nádegas na Turquia quando tinha 19 anos, mas o resultado não saiu como o esperado e ela está "cansada de ter um bumbum que não parece natural".

A jovem desabafou sobre a experiência e contou que não estava preparada para um procedimento como aqueles na época, e alerta a todos para a importância de pensar bastante antes de realizar intervenções estéticas.

"Agora que estou mais velha, penso de uma maneira completamente diferente e as escolhas que faço, sejam físicas ou mentais, devem ser aquelas com as quais posso viver para sempre", esclarece ela, segundo informações do Daily Mail .

Leia também: Modelo afirma que ganha mais de R$ 6 milhões por ano para postar fotos sensuais

O barato saiu caro

youtuber quer diminuir tamanho do bumbum após cirurgia arrow-options
Reprodução/Instagram/@sophieelise
Sophie revelou ter feito também cirurgia para reduzir o tamanho dos seios; diminuição do bumbum será em LA

Outro aviso feito por Sophie é o de que nem sempre o mais barato é a melhor opção. Assim como a youtuber , muitas pessoas recorrem a países como a Turquia, México e Polônia para aumentar o tamanho dos seios e conquistar um " bumbum brasileiro ".

Segundo a Associação Britânica de Cirurgiões Plásticos Estéticos, é preciso ter cuidado com esse tipo de cirurgia, uma vez que uma em cada 3 mil pessoas morre em decorrência de intervenções "desnecessárias".

Leia também: Blogueira cobra R$ 14,90 por assinatura do Close Friends e gera polêmica

Um caso fatal recente ocorreu no início de 2019, em que a esteticista Leah Cambridge, da Inglaterra, que morreu após colocar o "bumbum brasileiro" em uma clínica turca. Em 2014, Joy Williams, também da Inglaterra, foi vítima de uma infecção depois de fazer o procedimento para aumentar as nádegas na Tailândia.

Sophie Elise, que também reduziu o tamanho dos seios recentemente, vai diminuir o bumbum em Los Angeles. A personalidade de TV pontua que tem a intenção de manter suas jornadas estéticas privadas e decidiu não compartilhar "foto de antes e depois" nem documentar a experiência cirúrgica nos Estados Unidos.

    Leia tudo sobre: