Tamanho do texto

Virgínia Fonseca irá produzir conteúdo sobre cabelo, maquiagem e treinos, auxiliando fãs que pretendem "bombar" no Youtube e no Instagram

Virgínia Fonseca arrow-options
Reprodução/Instagram
Virgínia Fonseca foi alvo de críticas nas redes sociais

Você pagaria para receber conteúdo exclusivo de um influenciador nos stories do Instagram ? Isso já é moda nos Estados Unidos e Europa, e não demorou muito para que a prática dos Close Friends monetizados fosse importada ao Brasil. Em anúncio nas redes sociais, a blogueira e youtuber Virgínia Fonseca diz que irá lançar uma assinatura de R$ 14,90 para os 500 primeiros fãs que se inscreverem até o fim do ano.

LEIA MAIS: Vestido de madrinha de casamento faz mulher emagrecer 38 kg em um ano

Para receber conteúdo exclusivo dos stories da blogueira, basta fazer um pedido em seu perfil oficial no Instagram - que estará disponível a partir de amanhã (22). De acordo com Virgínia , os fãs terão acesso a detalhes de sua rotina, como cabelo, maquiagem, lifestyle e treinos. Ela também pretende agregar conteúdo aos fãs que desejam “bombar” no Instagram e no YouTube .

O assunto gerou polêmica e blogueira foi parar nos trending topics do Twitter: “acha que vou pagar R$ 14,90 por mês? Já pago a Netflix chorando”, ironiza um usuário da rede social. Confira outras reações abaixo.



Close Friends que agrega ao usuário existe?

André Pilli arrow-options
Reprodução/Instagram
Mais de 500 pessoas pagam R$ 24,90 por mês para receber conteúdos de Andre Pilli

A polêmica dos Close Friends do Instagram ganhou força pelo baixo “valor agregado”. Afinal, existem criadores de conteúdo que publicam vídeos e produzem stories sobre cabelo, maquiagem, rotina fitness e lifestyle sem cobrar qualquer coisa do usuário.

LEIA MAIS: Como você lava o cabelo vai fazer o efeito da chapinha durar mais

O youtuber Andre Pilli ganhou popularidade por seu conteúdo sobre audiovisual, cultura pop e viagens, acumulando mais de 440 mil inscritos na rede e 160 mil seguidores no Instagram. Ao longo de sua trajetória, as produções de alto nível da produtora “Pilli Mídia” acabaram chamando a atenção de marcas como Land Rover, Sony, Amazon e HP. Em meados de julho, André também lançou o suas assinaturas mensais de Close Friends por R$ 24,90, proporcionando conteúdo exclusivo sobre empreendedorismo. 

“As pessoas estão extremamente carentes em busca de referências, heróis ou qualquer um que se diz autoridade em algo.”, escreveu Pilli, em seu perfil no Linkedin. “Me proponho a mostrar o cotidiano do mercado criativo digital, com e-mails, mensagens, prospecções que deram errado e notícias relevantes”. Você pagaria para receber conteúdo exclusivo?