Rihanna se tornou a primeira mulher negra a comandar uma grife de luxo, a "Fenty". Porém, esse não é o único feito da cantora quando o assunto é representatividade, já que ela escolheu um elenco bem diverso para compor a campanha publicitária de sua marca, incluindo uma modelo que está dando o que falar: JoAni Jonhon, de 67 anos. 

Leia também: Aos 53 anos, influenciadora digital quer dar voz para mulheres mais velhas

JoAni Johnson, de 67 anos, é a modelo escolhida para participar da campanha da grife comandada por Rihanna, a Fenty
Reprodução/Instagram/joanijohnson6000
JoAni Johnson, de 67 anos, é a modelo escolhida para participar da campanha da grife comandada por Rihanna, a Fenty



Na "Fenty", a modelo participa das fotos, vídeos e desfiles de lançamento, chamando atenção pelos longos cabelos grisalhos. A história de JoAni com a passarela começou há cerca de dois anos, quando ela e o marido, Peter —falecido em 2018 —, passeavam em Nova York, nos Estados Unidos. Uma fotógrafa os parou na rua e pediu para fotografá-la. 

Você viu?

"Eu não queria, mas meu marido disse 'vamos, deixe ela tirar sua foto'", contou JoAni ao  Refinery 29. Meses depois, ela foi convidada para fazer parte de um vídeo para o site da  Allure sobre a ressignificação de envelhecer e, novamente, foi encorajada por Peter.

A partir disso, JoAni viralizou nas redes e recebeu propostas de diversos veículos conhecidos no mundo da moda, como as revistas  Vogue e a Essence,  e desfilou para outras marcar até chegar à "Fenty", de Rihanna . Atualmente, ela acumula 31,5 mil seguidores no Instagram. 

Leia também: Idosa cria perfil divertido no Instagram, viraliza e ganha exposição em Tóquio

Modelo inspira outras mulheres a aceitarem a idade

A modelo afirma que envelhecer não é um problema e, inclusive, inspira outras mulheres a aceitarem suas idades
Reprodução/Instagram/joanijohnson6000
A modelo afirma que envelhecer não é um problema e, inclusive, inspira outras mulheres a aceitarem suas idades

No vídeo da Allure , JoAni afirma que, hoje em dia, a idade não é um problema, mas aceitar os fios grisalhos foi um processo. "Quando eu tinha 30 anos meu chefe se aproximou e disse: 'Meu Deus, você tem cabelos brancos!'. Eu entrei em pânico e tentei tingir o cabelo. Na época, eu havia conhecido um jovem que odiava o loiro, que é o meu marido."

A modelo conta que recebe comentários de mulheres nas ruas e muitas dizem que gostariam de parar de tingir os cabelos e aceitar os brancos. "Eu digo 'faça isso'". O propósito de inspirar mulheres a perderem o medo de envelhecer . "Eu mudaria algo em mim hoje? Não. Voltaria para alguma idade particular nessa fase da minha vida? Não", finaliza. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários