Tamanho do texto

Mesmo após ter quase morrido durante uma cirurgia, Amanda afirma que está longe de parar e quer realizar o sonho de parecer uma boneca sexual

A finlandesa Amanda Ahola, de 22 anos, já gastou mais de R$66,2 mil em três procedimentos estéticos para aumentar os seios e quase R$19 mil em uma cirurgia plástica no nariz. Também já fez diversas aplicações de botox e  preenchimento nos lábios . Participante do programa "Botched", do canal E!, ela contou que se tornou viciada em modificar o corpo e até sonha em se tornar uma versão de carne e osso de uma boneca sexual. 

Amanda Aloha já fez diversos procedimentos de cirurgia plástica, incluindo silicone, preenchimento nos lábios e botox
Reprodução/Youtube/E!
Amanda Aloha já fez diversos procedimentos de cirurgia plástica, incluindo silicone, preenchimento nos lábios e botox

Amanda começou querer saber mais sobre  cirurgia plástica ainda criança, aos oito anos de idade. Aos 18, decidiu colocar silicone. "Na Finlândia eles não fazem esse tipo de procedimento cirúrgico, então quando eu fiz 18 anos viajei até a Estônia e aumentei meus seios pela primeira vez. Foi um dos melhores dias da minha vida, mas ainda queria seios maiores", disse.

Esse desejo por modificar o próprio corpo fez com que ela quisesse fazer novas cirurgias e, depois de colocar silicone pela segunda vez, percebeu que a prática havia se tornado um vício. "Depois do meu segundo procedimento, ficou muito claro que eu estava viciada porque percebi como aquilo me deixava feliz. Posso dizer com certeza que cirurgia plática é melhor que sexo.... Muito melhor", afirmou ao programa. 

Agora, o objetivo da jovem é ter o corpo de uma boneca sexual e, depois de três procedimentos para  colocar silicone , está usando sutiãs tamanho 48. "É o meu maior sonho, porque todas as características femininas [das bonecas sexuais] são muito exageradas." 

Apesar do desejo, Amanda quase morreu em sua última cirurgia, realizada na Lituânia. "Eu coloquei silicone, mas tive uma convulsão e fiquei vários dias em coma depois disso. Os médicos me falaram que a anestesia foi o problema e eu estive muito perto de morrer. Mesmo com a péssima experiência, ainda continuo viciada", completa. 

Amanda não é o único caso de vício em cirurgia plástica

Vício em cirurgia plástica faz com que Vicky queira fazer mais procedimentos estéticos para ter o corpo de uma atriz pornô
Reprodução
Vício em cirurgia plástica faz com que Vicky queira fazer mais procedimentos estéticos para ter o corpo de uma atriz pornô

A canadense  Vicky Pelletier-Primeau  é mais uma mulher que virou notícia por causa das intervenções no corpo. Ela já gastou mais de R$ 190 mil em modificações. Seu objetivo é ficar com o corpo igual ao de uma atriz pornô e, apesar de já sentir dor por conta da quantidade de preenchimentos que tem, ela não pretende parar.

Ao Daily Mail ,  jovem conta que atua como acompanhante de luxo e que desenvolveu seu vício em cirurgia plástica quando começou a fazer preenchimentos no bumbum aos 19 anos e ver a diferença que faziam em sua aparência.

“Eu nunca fui feliz com o meu corpo por ter sofrido muito bullying na adolescência por conta do meu peso. Sempre gostei de tudo postiço e falso desde que tinha 14 anos: cílios postiços, unhas postiças, extensões de cabelo e mais. Descobri que cirurgias plásticas são a minha cara. É o que eu amo fazer, então por que não fazer mais e ter um corpo que vale a pena?”, disse.

Mesmo depois de fazer preenchimentos no bumbum, duas cirurgias para aumentar os seios, diversas sessões de botox nos lábios, algumas lipoaspirações a laser e injeções de botox em outras partes do rosto, Vicky não pretende parar. 

Ela ainda afirma continuar “melhorando” sua aparência através de procedimentos estéticos e cirurgia plástica por razões pessoais e profissionais. “Eu adoro ficar mais bonita, e no meu trabalho as pessoas não querem uma menina que se pareça com todas as outras. Querem alguém que se pareça com uma atriz pornô", finaliza.