Tamanho do texto

Em vez de aplicar o produto específico para o preenchimento no tecido mole dos lábios de Rachel, a esteticista atingiu uma artéria da boca com a agulha

A britânica Rachael Knappier, de 29 anos de idade, estava em uma "festa do Botox" — evento que oferece tratamentos de beleza mais baratos enquanto você relaxa com os seus amigos — e decidiu que aquele era o momento perfeito para fazer um preenchimento labial. Entretanto, o resultado não saiu como esperado e seus lábios incharam cinco vezes mais do que o normal. 

Leia também: Jovem decide tingir as sobrancelhas em casa e resultado é desastroso

Rachel Knappier fez um preenchimento labial em um festa e ficou com os lábios cinco vezes mais inchado do que o normal
Arquivo pessoal/Rachel Knappier
Rachel Knappier fez um preenchimento labial em um festa e ficou com os lábios cinco vezes mais inchado do que o normal


Em entrevista à revista norte-americana "Cosmopolitan", Rachel disse que a esteticista sabia que o preenchimento labial  tinha dado errado. "Ela me disse que eu estava tendo uma reação alérgica, mas quando cheguei ao hospital, eles me disseram que não era isso e que o produto usado para o tratamento foi administrado de forma incorreta". 

Segundo os médicos, o produto atingiu a artéria labial superior e, se ela não tivesse ido imediatamente ao pronto-socorro, as consequências seriam ainda piores . "Sem tratamento, isso levaria à necrose, que é a morte do tecido mole do lábio — algo irreversível", afirma.

A boca de Rachel voltou ao tamanho normal em algumas semanas, depois de passar por sessões de emergência com produtos para dissolver o preenchedor utilizado no procedimento.

O alerta depois do preenchimento labial que deu errado

Após o preenchimento labial que deu errado, Rachel quer alertar sobre a importância de pesquisar sobre o profissional
Arquivo pessoal/Rachel Knappier
Após o preenchimento labial que deu errado, Rachel quer alertar sobre a importância de pesquisar sobre o profissional

Ao portal "The Sun", a jovem também contou que, depois de tudo, ela descobriu que a esteticista não era licenciada. "Pensei que ela fosse uma enfermeira, devia ter achado estranho quando ela não me pediu nenhum formulário de consentimento. Mas estar em uma festa com os meus amigos tirou toda a seriedade de fazer um procedimento estético no meu rosto."

Agora, ela quer alertar outras mulheres sobre a importância de pesquisar antes de decidir fazer qualquer tipo de tratamento estético . "Eu assumi que todos que fazem preenchimentos e injetam botox são médicos e não pesquisei. A diferença é que se eu tivesse tido essa reação com um médico especialista, ele saberia o que fazer para me ajudar." 

A cirurgiã plástica Beatriz Lassance, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), concorda que deve ser feita uma pesquisa prévia sobre o procedimento e, também, sobre o responsável pela realização. "A técnica deve ser adequada e só profissionais experientes devem executar o preenchimento. A anatomia da boca deve ser bem conhecida para evitar lesão de estruturas importantes como nervos e vasos", diz ao Delas

"O paciente também deve informar o médico sobre seu  histórico referente a alergias , problemas de saúde, e ocorrência de herpes ou outras lesões em lábios. É muito importante que o profissional tenha uma conversa com o paciente antes de realizar procedimentos estéticos como o preenchimento labial ,  tanto para entender as expectativas desse paciente, quanto para explicar os efeitos da técnica", finaliza. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.