Tamanho do texto

Shelly Proebstel não se deixou intimidar e ainda fez um relato nas redes sociais que viralizou falando como isso contribui para os padrões estéticos

Muitas mulheres se sentem inseguras de usar um biquíni na praia porque nunca estão satisfeitas com seus corpos . Shelly Proebstel, que vive na Nova Zelândia, resolveu não esconder suas curvas, mesmo passando por uma situação constrangedora. Ao desfilar pela praia, ela viu rapazes apontando e rindo dela, ao invés de se esconder, ela resolveu fazer um relato empoderador que viralizou.

Shelly Proebstel passou por uma chata situação na praia ao andar de biquíni, mas ela não abaixou a cabeça
Reprodução/Facebook
Shelly Proebstel passou por uma chata situação na praia ao andar de biquíni, mas ela não abaixou a cabeça


A publicação, feita em uma página que Shelly administra no Facebook, fala o que aconteceu e dá um recado para os homens que se acham no direito de olhar para as mulheres de biquíni e tirar sarro por acharem que elas não estão dentro do “padrão”. O relato já soma mais de 33 mil reações e 8 mil compartilhamentos.

No post, Shelly pede desculpa pelo linguajar, mas diz que fod*-se os homens que riram dela na praia e que é por esse tipo de coisa que as pessoas são tão inseguras com sua imagem corporal. Confira os principais trechos do relato.

Relato vai muito além de apenas usar um biquíni 

Shelly pensou em não ficar só de biquíni, mas lembrou tudo que já passou por causa dos
Reprodução/Facebook
Shelly pensou em não ficar só de biquíni, mas lembrou tudo que já passou por causa dos "padrões" impostos


“É por causa de pessoas como você que, especialmente as mulheres, não se sentem seguras ou confiantes ou confortáveis ​​para sair em público com uma peça como um biquíni, um top de colheita (que provavelmente nem devem mais se chamar assim), um vestido curto, ou com a barriga a mostra.

É por causa de pessoas como você que as pessoas passam fome e adoecem na tentativa de manter uma ‘figura de modelo’. É por causa de pessoas como você que as pessoas usam mangas compridas durante todo o ano porque têm medo de mostrar seus braços.

Leia também: Gordofobia: 5 mulheres que viralizaram ao responder comentários sobre peso

É por causa de pessoas como você que as pessoas se tornam anoréxicas, obesas, bulímicas, se automutilam, cometem suicídio... Não, você não é responsável por tudo isso. Mas sim, você tem que assumir alguma responsabilidade.

Então da próxima vez que você ver alguém como eu na praia de biquíni ou em uma situação parecida, antes de rir e apontar, pense um pouco sobre o dano que você pode causar, porque nem toda pessoa, jovem ou velha, do sexo masculino ou feminino, terá aprendido a ser firme, ou a ter resiliência, ou autoconfiança, para se livrar disso depois.


Eu não vou mentir, em uma fração de segundo eu quase me cobri meu corpo novamente e então me lembrei de tudo o que aprendi nessa jornada, eu mantive minha cabeça erguida e coloquei minha barriga para fora e usei aquele biquíni com orgulho”.

No final do relado ela pede para que os pais ensinem seus filhos que não existe um único tipo de corpo, mas sim vários e todos possuem sua beleza. Shelly também coloca que espera que os pais mostrem a seus filhos que é preciso ser gentil com as pessoas independente da aparência dela e que possam se aceitar por aquilo que são.

Leia também: Mulher passa a aceitar o corpo com cicatrizes após reação ao tomar amoxicilina

“Recomendo que você ensine seus filhos a serem modelos para aqueles que estão ao seu redor e não estão sendo ensinados da mesma forma, pois para a mudança ser positiva precisamos ver no mundo, de modo que em cinco, 10 ou 20 anos, as pessoas não sejam apontadas e ridicularizadas pela forma como parecem quando usam um biquíni na praia”, conclui.

    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.