Tamanho do texto

Na foto, Jessamyn Stanley aparece mostrando as gorduras e celulite das costas e do bumbum, algo que ela está "aprendendo a aceitar a cada dia"

A influenciadora norte-americana Jessamyn Stanley compartilhou uma imagem que deu o que falar entre seus 367 mil seguidores no Instagram. Ela fazer um ensaio seminu , ou pelo menos deixando a parte de trás de seu corpo à mostra, para abrir um debate sobre como aceitação do corpo e positividade corporal  são um processo lento. 

A influenciadora Jessamyn Stanley compartilhou uma foto em que aparece semi-nua para falar sobre aceitação do corpo
Reprodução/Instagram/mynameisjessamyn/
A influenciadora Jessamyn Stanley compartilhou uma foto em que aparece semi-nua para falar sobre aceitação do corpo


"Todos os dias estou chegando um pouco mais perto de aceitar a visão desse lado", escreveu na legenda da imagem. Na foto ela está cobrindo a barriga e os seios com um tecido vermelho, enquanto as costas e o bumbum estão aparecendo. "A visão do lado" que ela menciona são as gordurinhas que muitas vezes são um incômodo para pessoas gordas e, por isso, ela fala sobre aceitação do corpo mostrando o lado que muitos consideram ser um "defeito". 

A imagem recebeu mais de 13 mil curtidas nas redes sociais e diversos comentários positivos. "Você é quem me ajuda a me aceitar todos os dias", escreveu uma internauta. "Obrigada por ser tão honesta sobre você mesma. Você é uma inspiração", disse outro. "Você é linda e não precisa ter vergonha do seu corpo", comentou uma terceira. 

Jessamyn Stanley e o discurso sobre aceitação do corpo

Além de influenciadora, Jessamyn Stanley pratica ioga e, segundo ela, o esporte ajudou no processo de aceitação do corpo
Reprodução/Instagram/mynameisjessamyn/
Além de influenciadora, Jessamyn Stanley pratica ioga e, segundo ela, o esporte ajudou no processo de aceitação do corpo



Além de influenciadora digital, Jessamyn também é professora de ioga e mostra que não é preciso ter um corpo magro para conseguir se manter ativa, mas que esse tipo de atividade pode ser um caminho para a positividade corporal. Em uma segunda publicação nas redes, ela fala sobre adaptar as poses de ioga para ficar mais confortável consigo mesma. 

"Isso não parece algo muito importante para algumas pessoas, mas ultimamente comecei a separar minhas coxas mais do que o normal para abrir espaço para a minha barriga, principalmente quando eu me abaixo", escreveu na legenda. 

Ela conta que em vez de trabalhar com um "alinhamento perfeito" do corpo, ela está procurando formas de se manter confortável "encontrando o alinhamento perfeito para si", mas que isso não teria acontecido sem passar pelo processo de aceitação do corpo . "Eu  aceitei minha barriga como uma parte legítima do meu corpo e não tratá-la como uma visita indesejada. Odiei minha barriga por anos, mas o amor próprio me ajudou a mudar isso."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.