Tamanho do texto

A publicação de Jenna no Instagram já rendeu mais de 83 mil curtidas e abriu debate sobre padrão de corpos e como a aparência é o que menos importa

A blogueira americana Jenna Kutcher é casada com o treinador fitness Drew Kutcher. Ela não tem um corpo "dentro do padrão", enquanto ele exibe um abdômen definido nas fotos que publica no Instagram. Por causa dessa diferença física, a mulher recebeu um comentário negativo e decidiu que deveria mostrar que, na realidade, o que menos importa é a aparência. 

Leia também: Modelo plus size rebate comentários gordofóbicos em foto com roupa de ginástica

Jenna Kutcher recebeu um comentário negativo dizendo que
Reprodução/Instagram/jennakutcher
Jenna Kutcher recebeu um comentário negativo dizendo que "não acreditava que ela tinha um marido bonito"


Jenna decidiu publicar uma foto dela e do marido na praia para responder o comentário negativo . "Alguém me mandou uma mensagem dizendo que não conseguia acreditar como eu tinha conseguido arranjar um marido tão bonito quanto o Drew. Honestamente, eu fiquei supresa", escreveu na legenda. 

A partir disso, a blogueira compartilha a jornada de aceitação do próprio corpo, o que ela afirma ter sido difícil também pode causa do porte físico do marido. "Parte das minhas inseguranças com meu corpo começou por causa de meu casamento com o 'senhor tanquinho'. Por eu deveria conseguir isso tendo tantas curvas? Eu me sentia indigna e quando escrevia narrativas na minha cabeça porque não era magra, eu não o merecia"

Ela conta que Drew também foi quem ajudou a superar as incertezas sobre o próprio corpo. "Esse homem aceitou cada curva, celulite, quilo e espinha pelos últimos dez anos e sempre me lembrou que eu sou linda, mesmo quando minha voz interior não dizia o mesmo. Então, sim, minhas coxas encostam uma na outra, meus braços são grandes e eu tenho celulite na bunda, mas tem mais de mim para ele amar e eu escolho o homem que pode aceitar tudo isso (e muito mais!). Eu sou muito mais do que o meu corpo, ele também e você também."

Leia também: Cinco corpos e mulheres diferentes, como suportar a pressão estética?

História viral

A publicação no Instagram tem quase 85 mil curtidas e, por causa disso, o relacionamento de Jenna e Drew viralizou nas redes. A influenciadora decidiu então fazer outras postagens sobre a história do casal e, em especial, sobre o próprio corpo, principalmente porque não quer que suas formas — ou o físico do marido — seja algo que "a rotule". 

"Eu não sou definida por títulos como 'curvilínea' ou 'plus size', Drew não é definido como 'senhor tanquinho'. No fim do dia, nós somos a garota e o rapaz que se apaixonaram e começaram a namorar na faculdade depois que ele perdeu uma aposta que levou ao nosso primeiro beijo — o resto é história", diz em um post.


Leia também: Pernas inchadas não são problema, e modelo prova isso em ensaio sensual

No Instagram, ela ainda escreve que, depois que o corpo se tornou "tópico de conversa ao redor do mundo", essa era uma boa oportunidade para falar mais sobre aceitação. "Você acredita que eu não usava shorts há sete anos porque alguém disse que as minhas coxas são grossas? Ou que eu escondia meus braços das fotos porque os odiava. Você acreditaria que depois do aborto espontâneo eu me senti perdida em meu corpo. Ou que tentei todas as dietas que existem porque acreditava na mentira que se eu perdesse peso, seria feliz..."

"Eu finalmente disse 'basta!' É assim que eu quero passar o resto da minha vida? Me escondendo debaixo de roupas largas, de câmeras fotográficas, retocando cada imperfeição, odiando meu reflexo no espelho? Não foi por isso que eu vim ao mundo. Eu comecei a aparecer, comecei a compartilhar minha luta, eu acendi a luz das minhas inseguranças e minha alma se abriu para além dessa concha."

"Deixe a mídia fazer qualquer comentário sobre meu tamanho 10 (44, no Brasil), mas sou linda, sou real, sou digna e forte e acredito que todas essas coisas também sejam reais sobre você. Você é o bastante e muito linda, nunca se esqueça disso", finaliza

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.