Tamanho do texto

Técnica para nivelamento de altura do piso dos ambientes pode a ajudar a ampliar o espaço para receber familiares e amigos com ainda mais conforto

Integrar o terraço à sala de estar é um dos grandes pedidos do momento e, para dar a sensação de ampliação da área social, uma das técnicas utilizadas é o nivelamento dos pisos, aumentando dessa forma visualmente o espaço do apartamento. Mas o que é isso? 

Praticidade: piso da sala nivelado com terraço
Chris Silveira Arquitetos
piso da sala nivelado com terraço

O terraço entregue pela construtora não possui fechamento de vidro e, para minimizar entrada de água da chuva ou por lavagem da área, tem o nível mais baixo do que a sala (normalmente entre 5 a 10cm a menos), fazendo com que os níveis dessas áreas sejam diferentes. Para realizar essa “compensação” de vazio, existem diversos materiais no mercado. E, para sua correta análise e posterior utilização, consulte sempre um arquiteto ou engenheiro, além de aprovar as devidas modificações no condomínio. 

E qual é a importância da consulta a um profissional? Antes da construção de qualquer edificação, independente do seu porte, são necessários cálculos estruturais e a identificação das cargas que atuarão sobre a estrutura. Qualquer tipo de adição a esse peso existente poderá comprometer toda a engenharia. Por isso é importante conhecer o peso específico de cada material. 

O material mais utilizado para os casos de nivelamento é a argila expandida, com peso por volta de 500 Kg/m³, agregado a um concreto leve, criando desta forma uma “suavidade” na estrutura, mas mantendo a rigidez para suportar o trânsito sobre o novo piso a ser assentado. 

Antes de realizar esse enchimento, o ideal é remover o piso cerâmico ali existente pois conseguimos diminuir o peso para posteriormente agregar a carga de um novo material. Outro ponto que deve ser considerado é a adequação hidráulica dos ralos e canos ali existentes – realizar a complementação – e verificar a situação da impermeabilização do local: recomendamos executar a impermeabilização no mínimo entorno do ralo, a fim de evitar futuros vazamentos para o andar inferior. 

O fechamento da área aberta do terraço com o envidraçamento é item obrigatório para essa nova situação, pois auxilia a proteger, além da nova área de piso, os móveis e objetos de decoração. A empresa deve atender as exigências das normas vigentes e emitir um laudo de resistência dos vidros e da estrutura. Lembre-se que esse é um elemento que ficará na fachada e qualquer precaução é essencial em relação à segurança. 

Dica da Helô: quer mais integração ainda? Além de nivelar o piso, você pode remover a porta balcão que fica entre a sala e o terraço, criando uma sensação visual mais limpa e totalmente integrada. Verifique com o síndico ou administradora de condomínio se é viável essa alteração. E mãos à obra.

Leia também:

Corredor de casa não precisa ser apenas um rito de passagem. 

Saiba como identificar risco de colapso num imóvel; confira dicas e se previna