Tamanho do texto

Colunista do Delas entrevista Claudia Pixu, que é apaixonada por casa cheia e reunir amigos em torno da mesa; confira as respostas da entrevistada

A organização de pequenas recepções em casa para receber amigos e familiares tem se tornado cada vez mais frequente. Seja para comer um bolinho com café, ou apreciar um bom vinho acompanhado de queijo , o ato de abrir sua casa para colecionar bons momentos é contagiante. 

Leia também: A importância de fazer refeições em torno da mesa no desenvolvimento de crianças

mesa com flores arrow-options
Arquivo pessoal
Criativa, Claudia propõe o uso de latas de molho de tomate na composição da mesa

Claudia Pixu é apaixonada por casa cheia e reunir amigos em torno da mesa. Foi editora-executiva da revista Casa e Comida , publicação recheada de dicas e sugestões de como adicionar charme e delicadeza à estes momentos. 

Claudia é co-autora dos livros Receber com Charme 1 e Receber com Charme 2, ambos da Editora Globo Estilo.Livros de leitura obrigatória para quem curte o assunto.Atualmente, ela tem realizado diversos workshops sobre decoração e receber bem em várias cidades do país. Em se perfil no instagram, o @chezpixu, compartilha dicas criativas e cheias de estilo. Convidada para responder algumas perguntas sobre o assunto, vamos conferir suas respostas. 

Leia também: Dicas para receber em casa: como fazer uma mesa para fondue

1- O que a mesa posta representa para você? 

flores na decoração arrow-options
Arquivo pessoal
Na composição, Claudia usou vários tipos de bule como vasos

Sempre gostei de uma mesa bonita e cheia de detalhes. Acho que puxei minha mãe por que ela sempre dizia que uma mesa bem posta agrada à todos, faz seu convidado ou família de sentirem queridos, acolhidos e bem-vindos. 

2- Na sua opinião, o que é ser uma boa anfitriã? 

A boa anfitriã é aquela que se preocupa com detalhes para deixar os convidados  à vontade, sem constrangimentos. Poderia fazer aqui uma lista gigante, mas vou enumerar algumas coisas:

•Em primeiro lugar tentar se programar antes para não ficar o tempo todo de lá para cá pela casa, os convidados ficam em uma posição chata pois querem ajudar e não sabem o que fazer.

•Perguntar se alguém tem alguma restrição alimentar, a pior coisa é você chegar em um almoço ou jantar e servirem algo que você não consegue comer. Se não souber, tente fazer mais de um prato, algo que agrade aos vegetarianos, os que não comem glúten... mas o mais fácil mesmo é ser direto, pergunte, não  ache que é falta de educação. Se for alguém que você não tem intimidade, tente descobrir através de alguém mais próximo da pessoa.

•Caso seu convidado seja alguém fora do grupo conhecido,  tentar enturma-lo com pessoas que tenham interesses em comum;

•Importantíssimo: não esquecer de gelar as bebidas, isso acaba com qualquer festa! 

3- Que dicas você sugere para receber os hóspedes em casa com charme? 

mesa arrow-options
Arquivo pessoal
Que tal usar folha para marcar o lugar de seu convidado à mesa?

Prepare um quarto onde ela possa se sentir em casa: deixe em um papel ou em um quadrinho, o login e a senha do seu Wi-Fi, uma garrafa de água com um copo ao lado da cama, toalhas de banho extras, além do cobertor uma manta  nos pés da cama, Desocupe um espaço no armário para que ele possa acomodar as coisas.  Se ele for de fora de nosso país, fica muito simpático você fazer uma lista dos pontos turísticos da cidade explicando cada um deles, hoje com internet isso fica muito mais fácil em qualquer língua.  

4- Quais peças você considera “curingas” na decoração para recepções intimistas em casa?  

Louças brancas combinam com tudo e você pode misturá-las com qualquer outro aparelho. O que Não pode faltar:  Flores, uma casa fica sem vida sem elas.  

5- Qual seu livro preferido sobre decoração e regras de etiqueta?  

Hoje tudo que pesquiso, vou direto para internet, uso muito Pinterest, não tenho nenhum livro de regras de etiqueta atual. Tenho um antigo que guardo com muito carinho, o da jornalista Olga Krell, de quem fui assistente de produção por alguns anos na revista Claudia, aprendi muito! E Minha mãe, que foi uma mestra no assunto, sou o que sou hoje, graças a ela, que recebia muito em casa e fazia mesas incríveis.  Gostaria muito que estivesse viva para ver que aprendi direitinho!  

Leia também: Neo mint - como usar a cor de 2020 na decoração e na mesa posta

Curtiram as dicas da Cláudia Pixu sobre como receber os amigos em casa com charme?