Tamanho do texto

Nos dias frios, o fondue é protagonista das reuniões em casa, e a colunista Isabela Azevedo te dá todas as dicas para montar uma mesa perfeita

A palavra fondue deriva do verbo francês fondre (derreter ou fundir). A iguaria assim batizada surgiu na Suíça, na região de Jura/Savoi, fronteiriça com a França. A receita mais antiga que se tem notícia está descrita em um livro culinário datado de 1699. Em razão da superprodução de queijos, os produtores da região, no intuito de aproveitar a boa safra e evitar o desperdício, derreteram o queijo com um destilado de cerejas, até que alguém teve a brilhante ideia de provar a mistura com pão. 

Leia também: Como montar uma mesa posta para celebrar o Dia dos Pais?

mesa posta para fondue arrow-options
Arquivo pessoal
Ideia de uma mesa posta para servir fondue de queijo e de carne para uma noite em família

Atualmente, o fondue é protagonista das reuniões familiares ou entre amigos nos meses mais frios do ano. Basta o termômetro marca temperaturas um pouco mais baixas, como em dias chuvosos, que bate aquela vontade de degustar um fondue de queijo acompanhado de vinho.

Se você deseja servir fondue em casa e tem dúvidas sobre como organizar a mesa, que utensílios usar e como se portar, não se preocupe, selecionei algumas dicas valiosas.

1. Utensílios para servir fondue em casa

Em primeiro lugar, é importante conhecer os tipos de aparelho de fondue disponíveis no mercado. Existem modelos tradicionais, chamados também de réchaud, os que funcionam à vela e aqueles elétricos, mais moderninhos.

fondue de chocolate arrow-options
Arquivo pessoal
Fondue de chocolate servido em um réchaud esmaltado aquecido com vela

As panelas dos aparelhos de fondue podem ser encontradas em diversos materiais, como porcelana, cerâmica, inox, vidro e ferro. A depender do material, a absorção de calor varia.

Indica-se o uso de recipientes de inox ou ferro para o fondue de carne, já que absorvem mais calor. Também é comum servir esse tipo de fondue em chapas de pedra, evitando a fritura decorrente do uso de aparelhos elétricos.

Se a ideia for servir o fondue de chocolate , prefira um modelo esmaltado ou de vidro. Os modelos que funcionam à vela também podem ser utilizados para servir fondue de chocolate. Nas lojas de utilidades domésticas, inclusive, é possível encontrar modelos individuais super charmosos.

Cada aparelho de fondue, normalmente, é vendido com 4 a 6 garfinhos, necessários para espetar os acompanhamentos como pães, batatas e carne. Além dos garfos, existem alguns modelos que trazem recipientes para dispor os molhos que acompanham o fondue de carne.

Lembre-se: se a proposta é receber mais de 6 pessoas para a noite de fondue , é aconselhável dispor de ao menos dois aparelhos para que todos consigam se servir confortavelmente. Já imaginou usar um único aparelho de fondue e incluir 8, 10, 12 garfinhos? Desconforto, na certa.

2. Decoração para a noite do fondue

O fondue é um tipo de recepção intimista , onde os convidados reúnem-se em torno da mesa, conversam e degustam a receita escolhida. O ideal é posicionar os aparelhos no centro da mesa, para facilitar o serviço.  Os acompanhamentos, sejam do fondue de queijo ou de carne, podem ser dispostos ao longo da mesa, em recipientes individuais.

Fica super charmoso usar cestos para servir pães (devidamente cortados em tamanhos menores), grissinis e torradas, posicionando-os ao longo da mesa.

Recomenda-se dispor os lugares dos convidados à mesa usando prato raso ou de sobremesa, talheres (garfo e faca), garfinho do fondue,  guardanapo de papel ou tecido e taça de água e vinho. Use sua criatividade e aproveite as rolhas dos vinhos para decorar a mesa, marcar o lugar do convidado e até montar um garfinho de petisco.

mesa posta para fondue arrow-options
Arquivo pessoal
Mesa para fondue decorada com jogos americanos temáticos, velas e flores

Em relação ao garfinho, se a proposta for servir ao mesmo tempo dois tipos de fondue – queijo e carne, por exemplo –, é recomendável dispor dois deles para cada convidado, preferencialmente da mesma cor ou de cores parecidas, para facilitar a identificação.

As velas garantem um clima aconchegante, desde que posicionadas nos lugares corretos e sem incomodar os convidados. Evite modelos grandes que possam causar acidente na hora de servir o fondue.

Caso goste de decoração temática , invista em toalhas ou jogos americanos com estampas que remetam a queijos, vinhos ou motivos invernais. Se desejar usar flores ou plantinhas na composição, opte por modelos menores, que não intefiram na disposição dos acompanhamentos do fondue.

Se a proposta for servir o fondue ao ar livre, em uma varanda ou terraço mais espaçosos e ventilados, que tal disponibilizar mantas e almofadas, criando uma ambiente acolhedor e confortável?

Leia também: Dicas para receber em casa - como montar uma mesa para um "queijos e vinhos"

3. Regras de Etiqueta para comer fondue (sim, elas existem)

Existem regras de etiqueta relacionadas ao fondue e suas particularidades. Uma das mais importantes e comentadas é a respeito do uso do garfinho. Essa peça serve para espetar o acompanhamento escolhido, levar à panela de fondue e dispor no prato o pão com o queijo ou a carne assada/frita. O garfinho NUNCA deve ser levado à boca. Além de ser anti-higiênico, o ato pode causar queimaduras. 

Em relação aos molhos, recomenda-se que sejam postos diretamente no prato. Usar o garfinho com carne diretamente no recipiente do molho não é aconselhável. Enquanto não estiver sendo utilizado, o garfinho pode ser posto em seu prato ou no descanso de talher.

Ao retirar o garfinho do aparelho de fondue, faça pequenos movimentos circulares, como se estivesse enrolando, para evitar que respingue na toalha de mesa. 

Os acompanhamentos como pães, legumes, carnes e frutas devem ser servidos em pequenas porções e cada convidado pode dispor no seu prato as opções escolhidas. 

Se deseja servir em uma mesma noite os fondues de queijo, carne e chocolate, o ideal é disponibilizar um aparelho para cada um deles. Em relação ao de chocolate, fica charmoso servi-lo em recipientes menores, sejam individuais ou para duas pessoas. 

4. Fondue de queijo, carne e chocolate 

Os tipos de fondue mais populares são os de queijo, carne e chocolate ao leite ou amargo, mas não se espante se encontrar versões de frango, carne suína,  frutos do mar, tomate, goiaba, chocolate branco ou doce de leite.

fondue de queijo arrow-options
Divulgação
Fondue de queijo é um clássico e é fácil de ser feito em casa

Leia também: 4 receitas criativas de fondue para fugir da mesmice

Em relação ao tradicional fondue de queijo , normalmente utilizam-se os queijos ementhal e gruyére. Observe o fogo, que deve ser deixado em temperatura baixa, para que não queime o conteúdo. O principal acompanhamento do fondue de queijo são os pães, mas nada impede de usar a criatividade e servir batatas, cenoura, couve flor ou brócolis.

Uma salada refrescante ou batatas – fritas, rústicas ou dauphine – são bons acompanhamentos para o fondue de queijo ou carne.

As principais  carnes utilizadas para fondue são o filé mignon e a alcatra, que devem ser cortados em pequenos cubos e servidos com molhos de acompanhamento. Geléias também são uma boa opção para acompanhar, como as de menta e de frutas vermelhas.

Dica: o ponto de fritura da carne fica por conta de cada convidado. 

fondue de chocolate arrow-options
Divulgação
Fondue de chocolate pode ser servido com frutas, biscoitos e outros doces

O fondue de chocolate é a opção perfeita de sobremesa. Pode ser servido em aparelhos de cerâmica, porcelana, inox ou vidro. Os acompanhamentos mais comuns são as frutas, mas é possível também servir biscoitos e wafles.

Curtiu as dicas? Aproveite a estação mais fria do ano e organize uma noite de fondue, regada a boas conversas e muita animação!