Não há como negar que cozinha é um dos cômodos em que os moradores passam mais tempo no dia a dia e, com isso, é comum que, com o passar dos meses, ela fique desorganizada. No entanto, com algumas dicas simples, é possível deixar o ambiente completamente em ordem e evitar que a bagunça tome conta do local.

Leia também: Móveis planejados para cozinha ajudam a ganhar espaço e trazem conforto

cozinha
shutterstock
Manter a cozinha em ordem é essencial para ter conforto e praticidade no cômodo; personal organizer dá dicas

 Para isso, conforme explica a personal organizer Carol Rosa em entrevista ao Delas , o primeiro passo é escolher qual área da cozinha irá organizar inicialmente. “Não adianta querer fazer tudo de uma vez ou irá cansar e desistir. Vai mexer na geladeira? Na despensa? Nos armários?”, questiona a profissional. 

Comece pela geladeira

De acordo com Carol, como os alimentos têm data de validade, a sugestão é começar pela geladeira. “As modernas já são projetadas para que cada tipo de alimento seja guardado no local adequado. Isso porque vários estudos mostram que, assim, preserva-se a comida por mais tempo e evita-se que ela estrague antes da hora”, diz. 

No entanto, para quem não tem esse eletrodoméstico mais novo, a recomendação é usar as gavetas para armazenar verduras, frutas e legumes. “Uma dica importante é sempre higienizá-los antes de guardá-los”, orienta a personal. 

geladeira
shutterstock
As gavetas da geladeira pode ser usada para armazenar verduras, frutas e legumes, que devem estar higienizados

O que pode ser feito também é, depois de lavar as verduras, passá-las pela centrífuga e guardá-las em sacos bem fechados. “É o que ajuda na conservação por mais tempo. As frutas, após higienizadas, também podem ser colocadas em potes plásticos com tampa ou vasilhas de inox cobertas com papel filme”, afirma Carol. 

Já a prateleira mais alta da geladeira é a parte mais fria. Diante disso, é preciso priorizar lá alimentos que sofrem mais com a mudança de temperatura. Dê preferência aos produtos que você usa com mais frequência e também às carnes e aos laticínios.  

Já na segunda estante e na terceira, é possível colocar os produtos industrializados ou prontos, como legumes cozidos e as sobras de alimentos. “Agora, para evitar que aquela sobra fique ali, esquecida e acabe estragando, vale usar potes transparentes ou de vidro para armazená-las. Assim, você sabe exatamente o que tem dentro e a quantidade”, diz a profissional. 

Dica preciosa para deixar a geladeira em ordem 

Uma dica que merece destaque é a organização dos produtos em cada prateleira. Com isso, vale categorizar tudo e deixar os itens que "combinam" lado a lado. “Por exemplo, o que é de café da manhã: requeijão, queijo, manteiga etc., mantendo sempre um próximo ao outro. Produtos mais altos vão ao fundo e os mais baixos à frente, ou aquele potinho pequeno não vai ser visto e vai acabar esquecido”, orienta Carol. 

Leia também: Cinco truques para aumentar a vida útil da geladeira

“Na porta da geladeira, a recomendação é priorizar os produtos que tombam. Na prateleira menor, vale acomodar iogurte, um item já aberto, molhos, catchup, mostarda... Já na parte inferior e mais alta, opte por jarras de água, refrigerantes, sucos e leites”, continua. 

E na despensa, o que fazer? 

O primeiro passo é tirar tudo do armário. Depois, é preciso verificar quais alimentos estão com o prazo de validade vencido para descartá-los. Para aqueles que já estão abertos, é importante analisar se estão armazenados adequadamente. “A minha sugestão é colocar em potes herméticos, que preservam melhor e por mais tempo o produto”, ensina a personal. 

Nesses casos, é preciso recortar o prazo de validade e colar nos potes com uma fita adesiva. Dessa forma, mesmo fora da embalagem original, você terá o controle de quando vence cada item. Vale também etiquetar cada um dos potes: farinha de trigo, feijão, arroz, farofa, açúcar etc. Se não tiver um etiquetador, vale usar papéis com fita adesiva ou adesivos de lousa.  

pote com adesivos
shutterstock
Os adesivos ajudam a identificar o que contém em cada pote e, assim, facilitar o dia a dia na cozinha

Para organizar tudo, separe os alimentos por categorias: latas, grãos e bebidas. “Coloque os produtos mais usados nas prateleiras de baixo, aquelas que ficam na altura dos olhos. Aí vale outro truque: deixar à frente aqueles mantimentos com prazo de validade mais curto para usá-los antes dos demais”, recomenda Carol. 

“Outra dica importante é deixar num mesmo local os produtos que são consumidos juntos. Em uma cesta organizadora, pode criar, por exemplo, um espaço para produtos do café da manhã, com a granola, o achocolatado, o cereal, o café... Em outro cesto, todas as bolachas. E assim por diante”, completa. 

E os líquidos? Sucos, águas, refrigerantes e leites também devem ser armazenados por categorias. A recomendação da personal organizer é escolher as prateleiras de baixo, uma vez que são mais altas e, por isso, ideais para guardar esses itens.

No caso de potes e panelas, eles devem ser lavados com periodicidade. “É importante secar bem antes de guardar em um local arejado e também limpo. Para colocar os alimentos, a recomendação é usar potes herméticos”, enfatiza a profissional.

“As panelas também devem ser guardadas obrigatoriamente limpas e em local também limpo. A recomendação é evitar lugar de acesso fácil às crianças. Uma dica é colocar forro emborrachado onde for acomodá-las para ajudar a manter as panelas sempre limpas ”, completa.

Cestos, nichos e gavetas podem ajudar  

Carol explica que esses itens são importantes justamente para deixar tudo separado e categorizado. Além deles, nas gavetas, dá para usar ainda os divisores de gavetas, para que garfos, colheres e facas sejam acomodados separadamente.  

Leia também: Quer usar nichos em casa? Veja 6 inspirações e escolha o modelo para sua casa

No armários da cozinha , a dica é parecida à da despensa: itens que são sempre usados devem estar de fácil acesso. Os itens poucos usados podem ficar na parte mais alta ou mais baixa. “Só é preciso ficar atento ao peso dos itens nas prateleiras e também nas alturas para evitar pilhas de objetos e, consequentemente, acidentes domésticos”, recomenda.

    Leia tudo sobre: casa

    Veja Também

      Mostrar mais