Tamanho do texto

Os ácaros são os responsáveis pelas alergias e adoram locais com pouca luz

Invisíveis a olho nu, os ácaros ficam espalhados por diversos cantos da casa, como colchões, sofás, tapetes, carpetes e cortinas, por exemplo. Esses minúsculos seres indesejados podem causar alergias, que ficam ainda mais intensas no inverno, estação do ano em que costumamos deixar os cômodos mais fechados por conta do frio.

Leia também: Mulher tem surpresa desagradável ao limpar o colchão após cinco anos de uso

aspirar o sofá
shutterstock
Os ácaros podem se acumular em colchões e sofás e, principalmente no inverno, eles podem causar alergias respiratórias

Segundo Willian Tamara, fundador da rede Doutor Sofá, os ácaros gostam de umidade, calor e pouca luz e se alimentam de resíduos de células mortas que têm de sobra nos sofás, poltronas, cadeiras de jantar e outros itens da casa. “Os bichos se alimentam desses ‘restos de pele’ e ali mesmo fazem as suas necessidades”, aponta.  

Diante disso, é importante manter os estofados sempre higienizados. Em geral, o ácaro fica retido entre as fibras da peça e não em sua superfície. Para fazer a limpeza do sofá , o ideal é aspirar o local uma vez por semana, pois um simples pó ou resto de comida em contato com o estofado vira fungo e, consequentemente, mofo. 

Leia também: Com qual frequência as roupas de cama devem ser trocadas? Profissional explica

Além disso, é importante deixar o ambiente ventilado diariamente. Outro ponto que merece atenção é em relação ao uso de mantas de sofá. “Elas apenas pioram a situação. Pode-se até utilizar como um item decorativo e trocar a posição frequentemente, mas nunca no sofá inteiro”, ressalta Tamara.

Como limpar o sofá para reduzir os ácaros?

aspirar sofá
shutterstock
A higienização caseira pode ser perigosa e ainda causar manchas ao longo do tempo nos sofás, ressalta especialista

Apesar do morador poder seguir algumas receitas com álcool e vinagre, por exemplo, e fazer sua própria mistura, Tamara ressalta que a higienização caseira é arriscada, pois pode gerar manchas permanentes e irremovíveis com o tempo. Para se ter uma ideia, o vinagre, que é muito utilizado na limpeza , tira o "grosso" da sujeira, mas não desinfeta, como muita gente acredita.

No entanto, em caso de acidentes superficiais, pode-se aplicar uma pequena quantidade de detergente neutro incolor com um pano úmido sobre o local afetado. Em seguida, a dica é retirar o excesso de água com um pano seco ou um papel toalha. “Nunca use esponja ou escovas, pois dependendo da qualidade pode agredir a fibra do tecido ou mesmo migrar a cor”, alerta. 

Para evitar a proliferação dos ácaros , a recomendação é fazer uma limpeza profissional, que abrange o uso de produtos químicos bactericidas específicos, que não trazem prejuízos à saúde. “Com equipamento adequado, conseguimos higienizar até 5 cm abaixo da espuma para eliminar toda a sujeira e, também, possíveis odores penetrados com o tempo de uso", finaliza Tamara.

    Leia tudo sobre: casa