Para dar um toque especial à  decoração da casa e ainda deixar a sala o mais confortável e acolhedora possível, a dica é investir em mantas e almofadas. As peças dão um charme a mais no décor e são úteis para esquentar o ambiente, principalmente em épocas mais frias, como é o caso do inverno. 

Quer transformar a decoração da casa? A dica é apostar em almofadas e mantas para esquentar a sala e embelezar o sofá
shutterstock
Quer transformar a decoração da casa? A dica é apostar em almofadas e mantas para esquentar a sala e embelezar o sofá

Para quem está na dúvida de como usar esses itens na decoração da casa , a reportagem do Delas conversou com Ruth Shammah, consultora da Camesa, que traz algumas dicas importantes. De acordo com a profissional, preencher o sofá com almofadas, mesclando texturas e cores, ajuda a deixar o espaço mais aconchegante.

A almofada é um item relativamente barato na decoração e que pode mudar completamente a cara do ambiente”, aponta. A recomendação de Ruth é apostar em cores vivas e quentes nos períodos de altas temperaturas, como o verão, e em tonalidades mais fechadas, sóbrias e tons terrosos no frio.

Para mesclar estampas sem deixar o cômodo muito carregado, a dica é ter uma cor ou cartela de cores próximas e usar estampas mais neutras, como as listras, o xadrez e o póa. “Também é possível fazer um mix com cores neutras e abusar das texturas, como veludo, linho e tricô”, orienta a consultora. 

Para usar as almofadas, vale mesclar as estampas e ter uma cartela de cores mais próximas, recomenda a consultora Ruth
shutterstock
Para usar as almofadas, vale mesclar as estampas e ter uma cartela de cores mais próximas, recomenda a consultora Ruth

Outra possibilidade é apostar em almofadas neutras e colocar uma peça que funcione como um ponto de luz na sala. “Para saber que tonalidade usar sem errar, procure um tom que apareça em outro lugar no ambiente, como o de uma poltrona, uma cor do quadro e do tapete, por exemplo”, continua. 

Em relação à quantidade, não existe regra pra isso. Quanto maior, mais aconchego transmite. No entanto, é preciso ter cuidado para não exagerar e esquecer dos espaços para sentar. Isso significa que, em um sofá comum, a sugestão é ter um conjunto de duas ou três almofadas em cada canto. Se for mais largo, pode-se colocar mais uma ou duas no meio.  

Você viu?

Para quem está em dúvida  entre os modelos, vale ainda apostar nas peças com capa removível. Dessa forma, é possível limpar com mais facilidade, tirar o enchimento para deixá-lo respirar e até mesmo para trocar e repaginar a decoração de forma mais fácil. Sobre os formatos, isso vai depender do uso.  

“Uma mais decorativa pode ser menor. Se precisa ser usada para melhorar o conforto do encosto, sugerimos as maiorzinhas, mas sempre lembrando de averiguar a profundidade do sofá para não deixar o espaço de assento muito estreito. Para decorá-lo, é legal mesclar vários formatos diferentes, assim o desenho fica com diversas alturas e mais rico”, aconselha Ruth. 

Mantas também são bem-vindas na decoração da casa

As mantas ajudam a decorar todo o ambiente e ainda podem ser usadas para esquentar o corpo durante os dias mais frios
shutterstock
As mantas ajudam a decorar todo o ambiente e ainda podem ser usadas para esquentar o corpo durante os dias mais frios

As mantas também não podem ficar de fora. “A função de uma manta na sala é de decorar, além de poder ser usada para cobrir os pés para assistir televisão, por exemplo. Ela, geralmente, é menor que a que usamos no quarto, pois não precisa cobrir o sofá inteiro, ou uma pessoa por completo. É apenas um toque de aconchego mesmo”, destaca a consultora. 

A dica de Ruth é abusar das texturas e dos materiais que trazem conforto, como o tricô e as peças trançadas. Vale também investir em diversos modelos, como os estampados, os lisos e os com textura diferente. Para usá-la, a indicação é no pé ou braço do sofá ou caída. Pode, ainda, ser enrolada em cestos ou caixas ao lado da mobília. 

Para escolher a manta ideal, é preciso analisar se o morador que sente mais frio ou calor e, assim, verificar sua gramatura. Afinal, quanto mais grossa, mais ela irá esquentar. “É só sentir a textura com a mão, e às vezes, com a ‘bochecha’, que também ajuda muito. É bem sensorial, como a pessoa se sentir mais aconchegante”, aponta a especialista. 

Já sobre os tons, esse ponto vai variar de acordo com o gosto pessoal e o estilo de decoração da casa de cada um. No inverno, geralmente, usa-se os mais neutros e sóbrios. No entanto, uma sala mais neutra pode receber muito bem uma manta com cor mais forte que vai funcionar como um ponto de luz dar uma “quebrada” no ambiente. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários