Brunna Gonçalves
Reprodução/Instagram
Brunna Gonçalves

Já pensou em ter aquele tão cobiçado abdômen tanquinho? Ou os músculos do braço, e o famoso “tchauzinho”, totalmente definidos e bem modelados, e isso - a princípio - sem precisar se esforçar tanto na academia pegando peso? Pois é, com a medicina avançada e suas técnicas maravilhosas, ter esse corpo esculpido (literalmente) já é uma realidade. É a chamada lipoaspiração de alta definição, também conhecida como lipo LAD ou lipo HD.

“Nessa modalidade de lipoaspiração, além de realizarmos a retirada da gordura, como acontece na lipo tradicional, buscamos também modelar a silhueta trabalhando as camadas de músculos e pele. Com essa técnica é possível dar ao corpo formas mais definidas, evidenciando os contornos musculares”, explica a cirurgiã plásticaThamy Motoki.

De acordo com a especialista, o procedimento tem se tornado cada vez mais procurado nos consultórios. Várias celebridades, aliás, já aderiram à técnica e adoraram os resultados. A cantora Ludmilla e sua esposa, Brunna Gonçalves, atual participante do BBB 22, e digitais influencers como Virgínia Fonseca, Flay, Viih Tube, Rafaella e Lucas Guimarães, são alguns dos que já fizeram o procedimento.

A especialista diz que na lipo lad o foco é, além de retirar a gordura, definir os contornos musculares de várias partes do corpo, de acordo com o desejo do paciente. “Utilizamos nesse procedimento tecnologias como laser, radiofrequência e vibrolipo, que ajudam a tornar o método mais eficaz”, pontua Thamy, acrescentando que esse tipo de cirurgia é mais demorado do que uma lipo convencional já que diversas camadas de tecido são trabalhadas para esculpir o corpo de forma minuciosa. O cirurgião acaba, mesmo, tornando-se um escultor!

Cuidados pós-operatório

Esse tipo de procedimento é indicado para homens e mulheres que desejam não apenas a retirada de gordura, mas também uma definição dos grupos musculares e da silhueta corporal como um todo.

É possível fazer a lipo lad em várias partes do corpo, mas segundo Thamy Motoki as regiões preferidas pelos pacientes são os braços e o abdome. E numa mesma cirurgia é possível mexer em mais do que uma região do corpo.

Leia Também

Leia Também

Assim como todo procedimento cirúrgico, os cuidados pós-operatórios garantem boa parte do sucesso nos resultados. No caso da lipo lad, a dra. Thamy alerta que é imprescindível o uso de malhas cirúrgicas compressivas e acompanhamento adequado com sessões de fisioterapia para obter melhores resultados. “O período de repouso também é essencial e deve ser respeitado conforme recomendação médica. Em média o tempo de recuperação é de 7 dias”, esclarece a cirurgiã.

Mantendo os resultados

E depois da cirurgia o paciente, claro, fica radiante ao ver a região abdominal trincada, os bíceps e outros músculos marcados, mas... Não é um milagre. Para manter esse resultado é preciso dedicação e cuidados importantes.

A especialista alerta que no caso de ganho excessivo de peso ou mesmo gestação após o procedimento, os resultados da lipo lad podem ser comprometidos. “O ideal é que o paciente mantenha o peso corporal, sem grandes variações, além de uma alimentação adequada. Aqueles que já realizam exercícios físicos e continuam no pós-operatório têm resultados ainda mais satisfatórios”, pontua.

Segundo a médica, quem já realizou a lipoaspiração convencional e deseja passar por esse procedimento mais detalhado, para definir os músculos, é possível, mas desde que haja condições adequadas da pele e da gordura remanescente para o procedimento. “Uma avaliação detalhada com cirurgião plástico capacitado é sempre importante antes de qualquer decisão”, alerta a profissional.

Apesar de a lipo LAD ser bastante procurada nas clínicas, para alguns pacientes, especificamente, esse tipo de intervenção cirúrgica não é recomendada e é preciso ficar atento a isso para evitar correr riscos desnecessários. “A lipo lad é contraindicada para pacientes fora do peso corporal adequado, pacientes com doenças sistêmicas  (hipertensão, diabetes, lupus etc.) ou dermatológicas descompensadas (dermatites, psoríase, ictiose etc.), gestantes, lactantes e menores de idade”, explica Thamy ressaltando sempre a importância de consultar médicos especializados para uma orientação certa sobre cada caso. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários