cuidados cmo as maos
Pexels/Ron Lach
cuidados cmo as maos











rotina de skincare vem sendo cada vez mais aderida, principalmente quando o assunto é cuidados com a pele facial. No entanto, engana-se quem pensa que essa região é a única que precisa de cuidados. Muitas áreas do corpo são negligenciadas no momento de planejar o skincare, uma delas é a pele das mãos.

As mãos são os membros mais expostos e até mesmo os mais agredidos do corpo, afinal elas estão sempre em contato com fatores climáticos, resíduos, bactérias e produtos que podem machucar a pele, como os de limpeza. Além disso, a dermatologista Cláudia Merlo explica que a região é naturalmente mais ressecada, condição que, durante a pandemia do coronavírus, se intensificou devido ao uso intenso de álcool em gel.


"Muitos pacientes associam skincare apenas aos cuidados com o rosto, no entanto, cada região do corpo e a respectiva pele apresentam demandas específicas. É preciso criar o hábito de estender os cuidados também para essa região", indica a médica. Cuidar da pele das mãos não é uma tarefa difícil e, para que isso seja feito, basta adequar a rotina e tomar algumas precauções extras na rotina.

Hidratação

Cláudia afirma que muitas pessoas pensam que higienizar as mãos com muita frequência é a chave para manter as mãos bonitas e saudáveis; mas isso está errado. “A solução não é higienizar menos, pelo contrário: a higienização é uma etapa importante no cuidado com qualquer pele”, reforça a médica.

O melhor para a saúde da pele das mãos é mantê-la hidratada e seca, principalmente entre os dedos. “A hidratação vai além de buscar maciez, ela também é uma forma de proteção”, afirma.

A dermatologista Luciana Garbelini explica que qualquer hidratante é indicado para a região e pode-se priorizar os corporais e cremes mais densos. “Produtos com um viés mais de tratamento, como  vitamina C ou antioxidantes, e até alguns ácidos, também podem ser aplicados na região. No caso dos ácidos, é preciso indicação médica”, diz.

Cláudia reforça a necessidade de manter as mãos sempre hidratadas. "Vale deixar o hidratante na mesa de trabalho e passar sempre para que a hidratação não seja só um efeito momentâneo ou pouco duradouro".

(continue lendo logo abaixo)

Você viu?


Pré-hidratação com cremes corporais e para o rosto

As médicas afirmam que pode-se potencializar a função dos hidratantes para as mãos ao aplicar os cremes para o corpo ou para o rosto também nas mãos. “Ao usar as mãos para aplicar qualquer produto, uma quantidade, mesmo que mínima, acaba sendo absorvida pelas mãos”, aponta Luciana.

Por exemplo, o dorso das mãos já recebe hidratante corporal devido à aplicação do creme corporal nos braços. Quando um creme é colocado em excesso nas mãos, por exemplo, é natural que se espalhe o restante sobre as mãos.

“Essas atitudes associadas com a aplicação frequente de um hidratante próprio para as mãos faz com que ocorra um ‘acúmulo’ de hidratação, o que só traz benefícios para a derme da região”, afirma. Para intensificar ainda mais a hidratação, Cláudia indica aplicar hidratante próprio para as mãos antes de dormir.

Proteção solar

Assim como o rosto, as mãos também precisam de proteção aos raios solares. “Dê preferência aos protetores à prova d’água. Aplique também no dorso da mão, principalmente quem dirige”, indica Cláudia.

Outra opção é usar luvas com tecido especial, capazes de bloquear os raios solares. Luciana explica que são tecidos feitos para refletir a radiação, o que impede que os raios penetrem na pele e causem danos. “As mais interessantes e eficientes são aquelas que contam em sua composição com material que promove proteção UV e apresentam tecnologia de bloqueio solar”, orienta. Há opção de luvas que protegem apenas as palmas, tornando mais fácil a mobilidade dos dedos.

Esse tipo de luva é mais indicada para precaução após realização de tratamentos na área das mãos ou em casos em que a proteção precisa ser ainda mais intensa.

Cutículas

A região das cutículas também merecem atenção especial. Cláudia explica que isso pode ser feito de forma simples: basta aplicar o hidratante e massagear de forma cuidadosa a cutícula e também as unhas, principalmente quando não estiverem esmaltadas. “Isso ajuda a regenerar a pele e a deixar a unha mais resistente”.

Máscara de hidratação e esfoliação

Assim como no skincare para pele facial, as mãos também pedem por cuidados que vão além da hidratação. A esfoliação também proporciona benefícios para a pele das mãos, isto porque acelera a retirada de células mortas e acelera a renovação celular. “É recomendado fazer a esfoliação com uma frequência quinzenal, pelo menos, para que a pele ganhe estímulo regenerativo”, afirma Luciana.

A esfoliação pode ser feita tanto com esfoliantes comuns como com misturas caseiras e naturais. Luciana recomenda a combinação mel e açúcar. “É um ótimo esfoliante. Além de promover uma fricção suficiente para essa renovação celular, ambos são ativos hidratantes.”

No caso da máscara, a dermatologista afirma que pode ser feita com aplicação de creme mais denso ou camadas mais espessas. “Se houver a necessidade de intensificar a hidratação, é possível colocar uma luva descartável para evitar que os emolientes aplicados saiam tão facilmente. Deixe essa combinação agir por um tempo maior. Depois, retire a luva e espalhe o creme normalmente pelas mãos”, indica.

Produtos manipulados

Luciana explica que, por serem muito agredidas no dia a dia, as mãos talvez possam precisar de produtos mais potentes. Para isso, é possível que o médico especialista indique que o paciente adquira produtos manipulados.

Luciana explica que os cremes manipulados são indicados por possuírem a quantidade correta de ativos para cada caso. “Eles já levam em conta os danos que essa área sofre e contam com combinações mais adequadas na busca de recuperação e manutenção”, explica.

Cláudia complementa ao afirmar que é possível fazer uso de ácidos e outras substâncias na região. Geralmente, as substâncias usadas são de uso noturno para evitar a proliferação de manchas causadas por raios solares.

Combate ao envelhecimento

Assim como qualquer outra parte do corpo, a pele da mão pode ser bastante impactada pelo envelhecimento. Devido a sua constante exposição e à falta de oleosidade característica na mão, Cláudia explica que a pele vai perdendo gordura gradualmente. Ela reforça que o skincare nessa região é importante para prevenir o envelhecimento, já que não existe indicação de cirurgia rejuvenescedora nesta região.

"A qualidade da pele das mãos entrega muito a idade da pessoa. A derme pode sofrer com manchas, seja por contato com algum alimento fotossensível ou por ficar muito exposta aos raios solares. Essa degradação também leva à flacidez, que contribui para que estruturas anatômicas acabem sendo ressaltadas", explica a médica.

Luciana explica que a realização de cuidados como uso do filtro solar e hidratante já são ótimos aliados para ajudar a manter a pele jovial. “Evite exposição solar, principalmente ao manusear alimentos fotossensíveis, e busque usar luvas de proteção quando for lidar com produtos mais agressivos, como itens de limpeza”, indica.

Manter a continuidade do uso de produtos skincare é ideal, já que os resultados são construídos a longo prazo. “Se necessário, é possível realizar tratamentos em consultório para que os efeitos sejam muito mais eficientes em uma pele que já vem sendo cuidada”, aponta Luciana.

Para intensificar ainda mais o skincare das mãos, Cláudia indica o uso de bioestimulantes de colágeno, já que promovem preenchimento e impactam nas estruturas da pele que podem incomodar. “Com o tempo, essa substância vai estimulando colágeno e melhorando gradativamente a flacidez, dando mais estrutura para a pele desgastada”, explica.

Por fim, procedimentos como peeling e lasers podem ser realizados para intensificar o skincare. Os lasers são usados especificamente para a remoção de manchas senis. Os dois procedimentos também cumprem com a função de estimular o colágeno na região das mãos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários