Por causa da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), muitas pessoas estão em isolamento social, sem contato com o mundo externo e com serviços estéticos, como os de depilação

depilação arrow-options
shutterstock
A depilação em casa pode ser feita, mas com segurança


Muitas mulheres não estão conseguindo se depilar corretamente. A dermatologista Gina Matzenbacher diz que é possível manter a depilação em casa com lâmina, por exemplo. “É o método mais seguro, mas não é eficaz, porque os pelos voltam no dia seguinte”, diz Gina.

Leia também: Depilação - Conheças as diferentes técnicas e veja qual é a melhor para você

Então, para alertar as mulheres na hora da depilação em casa durante o isolamento social, a dermatologista lista oito dicas e verdades para manter uma rotina de cuidados em casa.


1. A depilação a laser está perdida!

depilação a laser arrow-options
FreePik/azerbaijan_stockers
A depilação a laser, por ter uma periodicidade, perde os efeitos quando há um intervalo muito longo entre sessões


A dermatologista aponta que tratamentos a laser ou por fotodepilação correm o risco de perderem o resultado pelo grande período de intervalo entre uma sessão e outra, devido a quarentena. No futuro isso vai ter que ser compensado com mais sessões .


2. Tenha cuidado com a cera caseira

depilação arrow-options
shutterstock
Cuidado com a cera quente e fria, para não ter irritações e dermatites


Se você tem costume de fazer depilação com cera em casa, é válido continuar durante a quarentena . Mas se você faz com um profissional e quer tentar em casa, a dermatologista sugere outro método, como a lâmina, já que os riscos de queimaduras na região com cera quente, e alergias e danos com a cera fria, podem ocorrer caso você não tenha prática.

3. A lâmina pode ser amiga da virilha!

depilação arrow-options
shutterstock
A lâmina é o método mais seguro para depilar a virilha


Gina aponta que um dos melhores métodos para a região da virilha é o uso da lâmina. Ela recomenda utilizar uma lâmina nova e que deve ser trocada pelo menos uma vez por semana. “O único cuidado é de cortes ou resíduos de pele no local, onde fungos podem ser colonizados”, diz a dermatologista. 

Ela lembra que a depilação íntima deve ser feita na frente do espelho ou no banho, com a pele molhada e ensaboada para que a lâmina deslize facilmente.


4. Seu pelo não vai ficar mais grosso se usar lâmina

depilação com lâmina arrow-options
shutterstock
A lâmina não deixa a pele depilada por muito tempo, mas não engrossa os pelos


Com uma rotina de depilação diária, o pelo não irá ficar mais grosso ao utilizar uma lâmina. A dermatologista diz que o  mito se dá por causa do crescimento logo no dia seguinte e que esse pelo inicial é mais grosso.


5. Cremes depilatórios devem ser usados com cuidado

creme depilatório arrow-options
shutterstock
cremes depilatórios contém muita química, por isso, é necessário um teste de irritabilidade na pele


Como os cremes depilatórios contêm muita química, os pelos são amolecidos para retirar. Por isso, é necessário ver se a pele consegue se adaptar bem ao creme para não gerar irritações . Na região íntima, Gina não indica o uso, já que a pele é mais fina e tem alto grau de irritabilidade.


6. Cuidado com receitas caseiras da internet!

depilação arrow-options
shutterstock
Os tratamentos caseiros podem trazer resultados insatisfatórios


Muitas receitas viralizam na internet, principalmente usando limão e mel para a depilação. A dermatologista desaconselha o uso, pois dependendo do caso, pode haver queimaduras, hiperpigmentação pós-inflamatória e manchas na pele. 


7. Se depile com segurança

lâmina arrow-options
shutterstock
A lâmina é o melhor para quem não é acostumado com cera


A dermatologista recomenda o uso da lâmina em casa para quem não tem familiaridade com outros produtos e cera pronta para quem é acostumado com o procedimento.

Leia também: 3 dicas para evitar bolinhas na pele depois de fazer depilação com lâmina


8. Para o pelo encravado, esfolie!

esfoliação arrow-options
Imagem pública
A esfoliação ajuda a soltar os pelos


Na hora de depilar, Gina Matzenbacher recomenda esfoliar a pele, para individualizar os pelos, soltá-los e deixá-los menos encravados . “Esfolie o corpo e depois passe a lâmina com bastante creme ou espuma de sabonete. Importante também é de depilar sempre no mesmo sentido”, diz Gina. 

Outra dica que ela dá é de usar um creme à base de corticoide, normalmente prescrito por um dermatologista no pós-depilatório, para desinflamar a pele.

    Veja Também

      Mostrar mais