Tamanho do texto

Sim, você vai ficar com um cheiro de cerveja nos cabelos, mas pode ser uma boa ideia usar essa bebida para ficar com fios mais brilhantes e volumosos

Já imaginou usar cerveja no cabelo para deixá-lo hidratado? Esta receita caseira ficou popular na internet por causa da promessa de resultado: fios mais brilhantes, macios, fortes e com volume. Mas será que essa alternativa de hidratação realmente funciona? 

Leia também: Pessoas estão passando xixi no rosto para manter a pele jovem; mito ou verdade?

cerveja no cabelo
shutterstock
cerveja no cabelo

Segundo o tricologista João Gabriel Nunes, a bebida possui nutrientes, vitaminas e uma alta concentração de proteína que serve para auxiliar a saúde capilar. "Graças a grande quantidade de complexo B de vitaminas e proteínas, a  cerveja no cabelo vai garantir que o fio adquira uma maior flexibilidade e que o brilho dure mais”, explica.

Assim, a Puro Malte, as mais escuras como a Ipa, Pale Ale e a de trigo, conhecida como Weisse, possuem uma quantidade muito grande de pequenos aminoácidos facilmente absorvidos pela fibra do fio, sendo eficazes na reestruturação e na hidratação de cabelos quebradiços.

Como aplicar a cerveja no cabelo

No modo de usar, o expecialista diz que a  bebida deve ser aplicada após a lavagem do cabelo com shampoo em uma temperatura morna para fria. "A cerveja deve ser aplicada em forma de máscara, que deve ficar no cabelo por 5 a 10 minutos", diz.

O uso regular como máscara no cabelo garante uma hidratação extra, além de impedir que as fibras fiquem danificadas pelo sol ou pelo aumento de cloro da água do chuveiro, já que ela forma uma espécie de barreira de proteção no fio, quebrando as pontes dissulfeto — que são os espaçamentos entre as fibras do cabelo.

Os contras da cerveja no cabelo

Apesar dos bons resultados, não é indicado usar demais o produto nos fios. A recomendação para esse tipo de hidratação é fazê-la, no máximo, de 15 em 15 dias e, preferencialmente, com os tipos de cerveja já mencionados. 

"As cervejas pilsen, mais populares e vendidas em larga escala, não são indicadas, porque não possuem os nutrientes importantes para o cabelo, como a malte em alta concentração, e usam uma grande de quantidade de milho e arroz no processo de maturação”, completa o especialista. 

Outro "contra" é que o cabelo vai ficar com um cheiro forte de cerveja e um pouco pegajoso. A dica do tricologista para diminuir o cheiro é aplicar uma máscara comum de hidratação, aguardar um tempo e depois lavar e usar o condicionador normalmente.

Leia também: Máscara de café deixa pele jovem e combate olheiras; aprenda a fazer em casa

Cerveja também pode ser usada na pele

Além de benefícios da cerveja no cabelo , também é possível usar a bebida para esfoliação. A dica é usar puro malte ou artesanais pelo menos duas vezes por mês durante o banho e, usando uma esponja ou bucha vegetal  , passar o líquido na pele fazendo movimentos circulares. 

“Essa ação retira a camada morta da pele e forma uma película de proteção hidratante que vai impedir a rápida desidratação, além de ajudar a manter as características da pele”, finaliza.