Tamanho do texto

Apesar da dica ser sempre usar e abusar do protetor soltar, o excesso de sol às vezes pode deixar a pele mais sensível; veja o que fazer se isso acontecer

O verão é aquela época em que muitas pessoas têm a oportunidade de perder um pouco da "cor de escritório" e finalmente  conquistar o bronzeado e a famosa marquinha. Porém, o resultado dessa exposição (muitas vezes exagerada e sem proteção) ao sol pode ser um problema para muita gente, que termina os dias de praia com a pele descascando ou ardendo.

Segundo especialista, as pessoas ficam com a pele descascando porque os raios do Sol deixam as células mais ressecadas
Reprodução/Pixabay
Segundo especialista, as pessoas ficam com a pele descascando porque os raios do Sol deixam as células mais ressecadas





É fato que a vermelhidão e ardência é por tomar muito sol, mas, afinal, porque as pessoas ficam com a pele descascando depois de curtir o verão? Ao Delas  , a dermatologista Karla Assed, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da American Academy of Dermatology, afirma que essa "casquinha" que solta do bronzeado é, basicamente, pele morta.

"Os raios ultravioleta (UV) do Sol estimulam a divisão das células da pele, enquanto o calor faz com que elas ressequem e morram. Assim, forma-se uma camada mais grossa de células mortas que acaba descascando como um processo de renovação", explica a especialista. 

Assim, a principal forma de evitar qualquer um desses problemas é, claro, usar bastante protetor. "Mesmo com o mormaço, o uso do filtro solar é indispensável, até em dias chuvosos. Se há luz, há sol e então há queimadura, sim!"

Outra dica é tomar sol nos horários em que os raios UV estão mais fracos, ou seja, antes das 10 horas da manhã e depois das 16 horas. "Hidratar bastante a pele depois da exposição solar também ajuda a evitar que a pele descasque tanto e é essencial para evitar o aparecimento de câncer de pele, ressecamento e envelhecimento da pele."

Como aplicar o protetor solar de forma correta?

O essencial para não ficar com a pele descascando é sempre reaplicar o protetor solar e, principalmente, hidratar a pele
shutterstock
O essencial para não ficar com a pele descascando é sempre reaplicar o protetor solar e, principalmente, hidratar a pele

Segundo a dermatologista, é indicado escolher um protetor solar que possa ser absorvido pela pele no calor. “Durante os dias quentes a pele produz mais sebo, aumentando a oleosidade, e o calor dilata ainda mais os poros. Minha dica é o uso de produtos em gel, serum, ou loção, e jamais em cremes para não aumentar a oleosidade e causar espinhas", indica Karla.

Mesmo se sua opção for usar aqueles filtros à prova d'água e que têm maior fixação na pele, também é necessário seguir a recomendação médica e reaplicar o produto a cada duas horas, principalmente se você ficou na água por um tempo prolongado ou costuma transpirar muito.

Além disso, nada de usar maquiagem ou perfume antes de ir pra praia ou piscina, viu? Essas práticas não são indicadas por profissionais porque a exposição solar poderá queimar e manchar a pele. Por isso, a melhor coisa é lavar o rosto antes de passar o filtro solar e, claro, sempre  limpar bem a pele depois de um dia de praia para remover todas as impurezas e resíduos de protetor, sem esquecer de hidratar a pele após o banho. 

Também existem receitas caseiras para acalmar a pele e evitar que ela fique descascando, como a máscara caseira com argila branca e chá de camomila geladinho. Quem ensina essa dica é a fisioterapeuta dermato-funcional, Andrea Torres, do W Estética & Spa: “Coloque um pouco da argila em um pote separado e vá pingando o chá com uma pipeta até que a mistura vire uma consistência parecido a uma lama. Aplique no rosto por 20 minutos e retire com água fria."

Já estou com a pele descascando e ardendo; o que fazer agora?

Se você está com a pele descascando ou ardendo depois dos dias de Sol, o Delas tem algumas sugestões para te ajudar
shutterstock
Se você está com a pele descascando ou ardendo depois dos dias de Sol, o Delas tem algumas sugestões para te ajudar

Se mesmo sabendo da impotância do protetor você exagerou re agoraestá com a pele ardendo ou descacascando, ainda há o que fazer. "A recomendação é aplicar óleo de amêndoas doce após o banho com o corpo ainda molhado e secar em seguida sem retirar o excesso e após isso aplicar o creme hidratante", orienta Karla.  

Outra ideia para quem ficou o dia inteiro na praia e está sofrendo com ardência é tomar um banho gelado com um sabonete de formulação hidratante. "Depois aplique compressas de chá de camomila bem gelado sobre a pele para acalmar e hidratar. Isto irá melhorar a ardência e vermelhidão", sugere Andrea Torres. 

Já para aquelas pessoas que estão sofrendo com a pele que começou a descascar depois do bronzeado (mesmo depois de passar protetor solar), a terapeuta floral e aromaterapeuta Marcia Rissato, da Mona’s Flower, tem uma recomendação infalível: rosa mosqueta. "Essa planta é ótima para nutrir a pele. Sua capacidade de estimular a produção de melanina ainda ajuda a  corrigir as manchas solares", afirma. 

"Faça uma mistura com 3 gotas de óleo de rosa mosqueta, 2 gotas de óleo vegetal de buriti, 2 gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta e 5 gotas de óleo essencial de lavanda e aplique no corpo no período da noite. É um santo remédio para a pele descascando ”, garante. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.